Deputado Wellington faz balanço de suas atividades na Assembleia e é parabenizado pelos demais parlamentares

IMG-20150716-WA0071

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou o grande expediente, na manhã hoje (16),  última sessão plenária do 1º semestre, para fazer o balanço das atividades desenvolvidas nos meses iniciais. Na ocasião, o parlamentar fez referência a mais de 150 proposições apresentadas em defesa das minorias, da educação, da segurança pública e, principalmente, às proposições que fazem referência aos anseios do povo maranhense, entre elas 80 Indicações, 12 Projetos de Lei, 3 Propostas de Emenda Constitucional (PECs), 2 Anteprojetos de Lei, 58 Requerimentos e 2 Moções.

Amparado em um mandato participativo e atuante, a atividade parlamentar de Wellington no primeiro semestre traz a sensibilidade ao articular políticas em defesa das minorias, sem se omitir das problemáticas que permeiam a Educação, a Saúde, a Segurança Pública e, assim, os direitos fundamentais de todo cidadão.

O deputado Wellington, que já participa de seis Comissões Temáticas da Assembleia, sendo vice-presidente em duas (Educação e Direitos Humanos),  foi eleito na Convenção Nacional da UNALE como secretário de Direitos Humanos do Parlamento Amazônico. O deputado também é reconhecido por sua assiduidade e interesse em todos os eventos que sejam pertinentes à sociedade, o que concede ao parlamentar o caráter atuante e participativo.

As ações desenvolvidas pelo deputado não se limitam à Assembleia e tampouco às teorias, mas ultrapassam fronteiras e são embasadas na realidade. Nesse sentido, o parlamentar realizou inúmeras visitas de inspeção nos hospitais Socorrão I e Socorrão II, na instalação da Refinaria Premium, na Penitenciária de Pedrinhas, além de outros municípios do Maranhão.

O  deputado participou, ainda, de várias reuniões com autoridades em todo o Brasil, reunindo-se, por exemplo, com a Presidente do INSS,  Elisete Berchiol da Silva, momento no qual o parlamentar enfatizou proposições de sua autoria que solicitam Agências do INSS no Maranhão.

“Temos pautado nossas ações, desde o primeiro dia, em uma atuação ampla e independente, que faça referência aos anseios da população. Já nos meses iniciais, apresentamos mais de 150 proposições, além da realização de 10 audiências públicas, discutindo sobre os direitos dos autistas, dos professores, dos policiais, dos profissionais da Enfermagem, ressaltando também os direitos dos animais, dentre outros. Menciona-se ainda as Propostas de Emenda à Constituição Estadual, apresentadas a esta Casa, dentre elas a que reduz a carga horárias dos servidores públicos que sejam responsáveis por pessoas com deficiência. Em todas as ações, temos colocado a Educação como um dos pontos principais, sem minimizar, no entanto, a Saúde, a Segurança Pública e demais direitos do cidadão.  O objetivo é atenuar as problemáticas e, por isso, temos dado importância à aproximação com a sociedade. É preciso ouvir o povo e, assim, dar voz aos que antes não possuíam. Quanto aos meses futuros, ratifico o meu compromisso, não apenas com esta Casa, mas com cada cidadão maranhense”, declarou o deputado  Wellington.

Ao se pronunciar, o deputado Wellington teve suas atividades reconhecidas e foi parabenizado pelos demais parlamentares.

“A Comissão de Educação desta Casa não tem apenas um presidente, mas dois: eu e Vossa Excelência. São Luís pode ter perdido um vereador, mas o Maranhão ganhou um grande deputado”, afirmou o deputado Roberto Costa  (PMDB) ao destacar as ações de Wellington.

“Ainda nos meses iniciais, a Comissão de Constituição e Justiça desta Casa avaliou projetos de Lei, e muitos de autoria do deputado Wellington. Se mesmo sem experiência e ainda na fase inicial o deputado se mostrou atuante, não há dúvidas de que o mandato será brilhante”, disse o deputado Eduardo Braide (PMN).

Entenda as proposições que foram destaque no primeiro semestre:

I. Emendas à Constituição Estadual:

1 – Redução da carga horária de trabalho em 50% dos servidores públicos que possuem filhos com deficiência;

2 – Torna obrigatório o ensino de literatura maranhense em escolas públicas e privadas;

3 – Traz a nível estadual a obrigatoriedade de que todas as unidades jurisdicionais tenham defensores públicos.

II. Alguns Projetos de Lei:

1 – Institui o projeto Habilitação Gratuita estadual de formação, qualificação e habilitação profissional de condutores de veículos (Carteira de Habilitação Gratuita);

2 – Dispõe sobre a jornada de trabalho de 30h semanais dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

3 – Institui piso salarial, no âmbito do estado do Maranhão para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias;

4 – Dispõe sobre a exibição de filme publicitário de advertência contra a pedofilia, o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes antes de cada sessão nos cinemas do estado;

5 – Institui a Semana Estadual de Orientação e Incentivo à Doação de Sangue nas Escolas do Ensino Médio Das Redes Pública E Privada;

6 – Dispõe Sobre a Obrigatoriedade de Identificação de Passageiros de Táxi, no estado de Maranhão;

7 – Dispõe sobre o tombamento da área em que funciona o Hospital Aquiles Lisboa, antiga Colônia do Bonfim, localizado no município de São Luís.

III. Encaminhamentos de Anteprojetos de Lei à Bancada Federal.

1 – Implantação da Zona Franca de São Luís (destaque na Câmara Federal);

2 – Gratuidade nos estacionamentos de shoppings centers, centros comerciais, supermercados, hipermercados, hospitais, rodoviárias, aeroportos e hospitais.

IV. Outras proposições:

1 – Ampliação dos núcleos regionais da Defensoria Pública;

2 – Criação do curso de medicina na UEMA Campi São Luís e Imperatriz;

3 – Aumento do efetivo de policiais militares, bombeiros e todos os cargos da polícia civil;

4 – Ampliação da redução integral para todo o Maranhão;

5 – Convocação de aprovados em todos os concursos públicos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário;

6 – Implantação da internet gratuita nos logradouros públicos dos 217 municípios do Maranhão;

7 – Criação do Centro de Referência das Pessoas Espectro Autistas;

8 – Construção da ponte de 300 metros sobre o Rio Pericumã e conclusão do trecho de 35 km (trinta e cinco quilômetros) da rodovia estadual (MA 211), que liga os municípios de Bequimão a Central do Maranhão

9 – Ampliação das USC’s (Unidades de Segurança Comunitária).

Deputado Wellington do Curso solicita reforma do ginásio poliesportivo de Paraibano

IMG-20150714-WA0004Na manhã da última terça-feira (14/07), o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) voltou a apresentar proposições em defesa de Paraibano, município localizado a 518 km da capital maranhense.

O parlamentar, que já solicitou a construção do escritório da CAEMA e a reforma e instalação de uma agência de atendimento do INSS, encaminhou expediente ao Governador do Estado e ao Secretário de Esporte do Estado, Márcio Batalha Jardim, solicitando a reforma do ginásio poliesportivo municipal de Paraibano.

O deputado também encaminhou expediente ao Secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, solicitando, em regime de urgência, a pavimentação asfáltica de 28 km da Rodovia MA 271 que liga o município de Paraibano ao município de Sucupira do Norte.

“A Constituição Federal preceitua, ao fazer alusão aos direitos sociais, que é dever do Estado assegurar o lazer. Partindo de uma interpretação extensiva, tem-se que o esporte está em tal termo incluso e é por isso que solicito, na manhã de hoje, a reforma do ginásio poliesportivo municipal de Paraibano. Tal ginásio Poliesportivo foi construído no ano de 2000, sendo palco de grandes eventos esportivos locais. Ao longo desses 15 anos, o ginásio vem se deteriorando e conta com inúmeros problemas. Almejando atenuar tal cenário, torna-se essencial a reforma. Solicito ainda a pavimentação asfáltica de 28 km da rodovia MA-271, que liga o município de Paraibano ao município de Sucupira do Norte. Com o asfaltamento dos 28 km, a referida rodovia irá beneficiar o escoamento da produção, o transporte de mercadorias, de cargas e de passageiros, fomentando assim o desenvolvimento da economia local e regional. Ressalta-se, mais uma vez, o caráter essencial de tais proposições, objetivando assim à concretização dos direitos sociais de todo cidadão”, defendeu o parlamentar.

Veja na íntegra a indicação do deputado Wellington do Curso sobre a agência do INSS de Paraibano

DSC_7098

O site do Hilton Franco disponibiliza na íntegra a proposição do deputado Wellington do Curso que solicita a reforma do prédio do INSS e a instalação de equipamentos para que o mesmo funcione no município de Paraibano. O prédio está abandonado há 25 anos e conta com quatro vigias fazendo a segurança.

INDICAÇÃO Nº     569/2015

Senhor Presidente,

Na forma regimental (Art. 152) requeiro a Vossa Excelência que após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Excelentíssimo Senhor Governador FLÁVIO DINO e ao Exma. Presidenta do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Elisete Berchiol da Silva Iwai, solicitando em caráter de urgência providências no sentido de ser solucionada a reforma e instalação uma Agência de Atendimento do INSS no Município de Paraibano, neste Estado.

A presente indicação visa à reforma e instalação do Posto da Agência de Atendimento do INSS no Município de Paraibano que encontra-se em estado de abandono a mais de 25 anos. Mesmo sem funcionar, o prédio conta com vigilantes pagos pelo Governo Federal. São quatro (4) vigias que tomam conta do prédio.

Por conta do não funcionamento desta Agência do INSS, os paraibanenses que  necessitam se aposentar  tem que se dirigir para a agência do INSS no município de Floriano-PI  ou Presidente Dutra-MA, distante  128 Km e  151 Km de Paraibano, respectivamente .

Com a reforma do Posto de Atendimento do INSS mencionado e a instalação dos equipamentos,  cerca de 185.132 habitantes do Sertão Maranhense serão beneficiados, otimizando a economia local e regional.

Deve ser considerado ainda, que o município de Paraibano está estrategicamente situado, de forma a favorecer o atendimento por parte do INSS a todas as  cidades vizinhas.

Ante o supracitado, e corroborando um dos compromissos centrais do Estado de Direito, assim como o zelo a dignidade humana, perante esta Casa Legislativa, requeiro a Vossa Excelência que após ouvido à Mesa, seja encaminhado expediente ao Governador FLÁVIO DINO e ao Presidenta do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Elisete Berchiol da Silva Iwai, solicitando em caráter de urgência providências no sentido de ser solucionada a reforma e instalação uma Agência de Atendimento do INSS no Município de Paraibano, neste Estado.

Wellington do Curso

Deputado Estadual

Veja as tabelas elaboradas pelo professor Hilton Franco com dados dos municípios que serão beneficiados com o funcionamento da agência do INSS em Paraibano

Distancia em Km entre Paraibano e municípios adjacentes
Municípios Distância em Km
Colinas 65
Jatobá 91
Lagoa do Mato 71
Mirador 33
Nova Iorque 61
Paraibano 0
Passagem Franca 48
Pastos Bons 45
São João dos Patos 37
Sucupira do Riachão 48
Sucupira do Norte 18
Nº de habitantes dos municípios que serão diretamente beneficiados com o funcionamento da Agencia do INSS em Paraibano
Municípios População estimada em 2014
Colinas 40.097
Jatobá 9.596
Lagoa do Mato 11.005
Mirador 20.586
Nova Iorque 4.595
Paraibano 20.768
Passagem Franca 18.387
Pastos Bons 18.848
São João dos Patos 25.287
Sucupira do Riachão 5.519
Sucupira do Norte 10.444
Total 185.132

Veja na íntegra a indicação do deputado Wellington do Curso sobre o prédio da CAEMA e o reestabelecimento de água em Paraibano

DSC_7121

O site do Hilton Franco disponibiliza na íntegra a proposição do deputado Wellington do Curso que solicita o reestabelecimento pleno de água e a construção do escritório da CAEMA no município de Paraibano.

INDICAÇÃO Nº    568 /2015

Senhor Presidente,

Na forma regimental (Art. 152) requeiro a Vossa Excelência que após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Excelentíssimo Senhor Governador FLÁVIO DINO, solicitando em caráter de urgência providências no sentido de ser solucionada o reestabelecimento pleno do fornecimento de água e a construção do Escritório da CAEMA no Município de Paraibano, neste Estado.

A presente indicação visa o reestabelecimento pleno do fornecimento de água e a construção do Escritório da CAEMA, no Município de Paraibano que possui aproximadamente 20.768  habitantes (Projeção estimada do IBGE em 2014).

Por conta da falta de água no município, os moradores tomaram uma atitude radical e resolveram atear fogo no prédio da CAEMA dia 22 de junho de 2013. Diante da situação, Governo do Estado alugou um prédio conforme contrato Nº 077/2013-PRJ publicado no Diário Oficial do Estado dia 06/09/13, no valor de R$ 4.200,00. O contrato foi assinado em 12/08/13 com validade de 12 meses. Após o termino deste contrato, um novo contrato foi realizado com outro contratado, e perdura até a presente data. Enquanto novos contratos são realizados, o prédio da CAEMA contínua em ruínas.

Segundo informações da CAEMA, o município possui 9 poços artesianos,  sendo que alguns estão com a vazão comprometida. Portanto, não supre a necessidade da população. Por conta disso, a falta de água é rotina nas casas dos paraibanenses, acarretando inúmeros transtornos no dia a dia.

Devido a falta de água, muitos moradores acabam comprando água para suprir suas necessidades. Os que não possuem recursos para comprar, são obrigados percorrer longas distancias até o Posto São Francisco e o Posto Balseiro em busca do líquido tão raro nas torneiras do município. São crianças, jovens e idosos que fazem longas caminhadas em busca de água todos os dias.

Cabe ainda destacar que o escritório da CAEMA em Paraibano não dispõe de telefone, computador e outros equipamentos.

Ante o supracitado, e corroborando um dos compromissos centrais do Estado de Direito, assim como o zelo a dignidade humana, perante esta Casa Legislativa, requeiro a Vossa Excelência que após ouvido à Mesa, seja encaminhado expediente ao Governador Excelentíssimo Senhor Governador FLÁVIO DINO, solicitando em caráter de urgência providências no sentido de ser solucionada o reestabelecimento pleno do fornecimento de água e a construção do Escritório da CAEMA no Município de Paraibano, neste Estado.

Assembleia Legislativa do Maranhão, em 19 de maio de 2015.

Wellington do Curso

Deputado Estadual

Wellington do Curso apresenta proposições a favor do povo de Paraibano

Wellington do Curso

Na tarde desta segunda-feira (6), o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) apresentou proposições em defesa de Paraibano, município localizado a 504 km da capital maranhense.

O parlamentar encaminhou expediente ao Governador do Estado e ao Diretor da CAEMA, Davi Telles, solicitando que adotassem medidas no sentido de se concretizar o restabelecimento pleno do fornecimento de água, além de solicitar a construção do escritório da CAEMA no município. Wellington cobrou, também, a reforma e instalação de uma agência de atendimento do INSS em Paraibano.

Na ocasião, o deputado ressaltou a importância desses serviços, além de frisar as consequências da não prestação dos serviços básicos.

“Paraibano, município do Maranhão, ainda enfrenta diversas problemáticas. Almejando atenuar tal cenário, faz-se necessária a implantação do posto da agência de atendimento do INSS, que encontra-se em estado de abandono há mais de 25 anos. Por conta do não funcionamento desta agência do INSS, os paraibanenses que necessitam se aposentar têm que se dirigir à agência do INSS no município de Floriano-PI ou Presidente Dutra-MA, distante 128 Km e  151 Km de Paraibano, respectivamente. Frisa-se, ainda, o restabelecimento pleno do fornecimento de água e a construção do Escritório da CAEMA. Segundo informações da CAEMA, o município possui nove poços artesianos,  sendo que alguns estão com a vazão comprometida, não suprindo assim a necessidade da população. Por conta disso, a falta de água é rotina nas casas dos paraibanenses, acarretando inúmeros transtornos no dia a dia. Ressalta-se aqui, não a simples instalação de um posto do INSS ou implantação de escritório da CAEMA, mas a concessão de serviços básicos e fundamentais a todo cidadão”, declarou.

Imagens do abandono.

DSC_7098

Prédio do INSS construído há mais de 25 anos e nunca funcionou

DSC_7121

Prédio da CAEMA em ruínas desde junho de 2013

Veja a bolada que o prefeito de São João dos Patos já recebeu em repasses desde que assumiu o cargo em 2013

Waldenio 6

Waldênio é só alegria com tanto dinheiro

O prefeito Waldênio Souza (PMDB), de São João dos Patos (MA) está feliz da vida com tanto dinheiro que já caiu no cofre da prefeitura.

De acordo com as informações fornecidas pelo SISBB- Sistema de Informações do Banco do Brasil, a prefeitura de São João dos Patos recebeu R$ 34.809.930,25 em 2013 do Governo Federal em repasses.  Em 2014, a bolada subiu para R$ 39.342.131,61.

Já em 2015, até o dia 03 de julho, o repasse acumulado é de R$ 23.676.043,59.

Nos 31 meses que Waldênio acaba com a cidade, foram repassados aos cofres da prefeitura a bagatela de R$ 97.828.105,59 (noventa e sete milhões, oitocentos e vinte e oito mil, cento e cinco reais e cinquenta e nove centavos).

Apesar de tanto dinheiro, a cidade está sem rumo e abandonada. Por conta disso, o prefeito Waldênio é detonado nas redes sociais todos os dias.

“Péssima administração essa. Ruas emburacadas e um prefeito de merda. Mais perdido que cego em tiroteio. Cambada de incompetentes e sem formação profissional nenhuma na área da educação. Só não vou falar mais senão vou passar o dia inteiro escrevendo aqui”, disse o internauta Piu Ribeiro, na página que a prefeitura mantém no Facebook.

Prefeito de São João dos Patos vai torrar R$ 3.662.800,00 com aluguel de veículos

 Valor do aluguel dá para comprar 21 caminhonetes do modelo Hilux modelo 2015 no valor de R$ 171.600,00 cada uma

wal5

O prefeito Waldênio Souza (PMDB), de São João dos Patos, assinou dois contratos com a mesma empresa, a J. B. Comércio e Serviços Ltda – EPP, no valor total de R$ 3.662.800,00 (três milhões, seiscentos e sessenta e dois mil e oitocentos reais).

Os contratos foram assinados em 12 de março de 2015 e tem vigência até 31 de dezembro de 2015.

Para serviços de transporte escolar o contrato é de R$ R$ 1.150.000,00 (um milhão, cento e cinquenta mil reais). Para o aluguel de veículos valor é  R$ 2.512.800,00 (dois milhões, quinhentos e doze mil e oitocentos reais).

O valor gasto só com aluguel é suficiente para comprar 21 caminhonetes do modelo  Hilux, da marca Toyota, ano 2015, cada uma no valor de R$ 171.600,00. Fica a pergunta: Não seria melhor comprar o veículo ao invés de alugar?

Câmara aprova em 1º turno nova proposta para reduzir maioridade

Aprovação ocorreu um dia após PEC semelhante ser derrubada na Casa.
Idade penal reduz para 16 anos em homicídio, lesão grave e crime hediondo.

Revista Veja

Camara dos Deputados

Em uma decisão histórica, embora reversível, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira uma proposta que permite a punição criminal de adolescentes a partir dos 16 anos em casos de crimes graves. O resultado da votação é uma vitória pessoal do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – que, sob protestos do PT e de outros partidos contrários à medida – reverteu a derrota de uma proposta semelhante ocorrida menos de 24 horas antes. Houve 323 votos favoráveis, 155 contrários e duas abstenções.

O texto aprovado é um pouco mais brando do que o rejeitado na madrugada desta quarta, o que foi suficiente para que alguns parlamentares passassem a apoiar a redução e a emenda apreciada ultrapassasse o mínimo necessário de 308 votos. A proposta mantém a redução da maioridade nos casos de crimes graves contra a vida, como homicídio, estupro, sequestro, lesão corporal seguida de morte e exploração sexual infantil. A mudança em relação ao texto anterior significa que os adolescentes de 16 e 17 anos que praticarem tráfico de drogas, roubo qualificado, tortura, lesão corporal grave e terrorismo não serão mais incluídos no sistema criminal: para eles, valerá a regra atualmente em vigor.

Os adolescentes que se enquadrarem na nova regra não ficarão presos em cadeias comuns; eles terão de ser mantidos em unidades ou alas isoladas, de forma que também não tenham contato com os menores que cumprem medida socioeducativa.

A proposta ainda depende de aprovação em segundo turno na Câmara dos Deputados e do aval do Senado, onde a votação deve ser ainda mais acirrada. Em todos os casos, é preciso ter 60% do total de deputados ou senadores para que a proposta de emenda à Constituição (PEC) avance.

A votação foi precedida de queixas de deputados contrários à mudança na legislação. Eles afirmavam que Eduardo Cunha desrespeitou o regimento ao trazer o tema novamente à pauta horas depois da rejeição de uma proposta semelhante.

Parlamentares do PT e de outras siglas de esquerda afirmaram que houve um”golpe”. O caso deve chegar ao Supremo Tribunal Federal. “Se vossa excelência quer administrar o parlamento brasileiro por decreto ou de ofício vossa excelência tem que apresentar um projeto para que só vossa excelência determine as decisões a serem adotadas”, disse Glauber Braga (PSB-RJ).

Cunha e os defensores da nova emenda argumentaram que o regimento permite que, após a rejeição de um substitutivo, a Câmara aprecie uma proposta alternativa, desde que ela esteja baseada no texto original. No caso, a proposta-base é a que reduz a maioridade para 16 anos em todos os casos. Foi sobre essa proposta que o deputado Laerte Bessa (PR-DF) construiu seu substitutivo derrotado antes.

Na discussão de mérito, o PT e o governo insistiram no argumento de que a redução nada fará para reduzir a criminalidade. O líder do governo, José Guimarães (PT-CE), pediu mais tempo para a construção de um “entendimento”: “O caminho é a reforma do ECA, principalmente naqulo que é fundamental, que é a ressocialização”, afirmou.

Já o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), defendeu a aprovação da medida: “A proposta é equilibrada e restrita. É a resposta pela qual a sociedade anseia porque não aceita mais a impunidade”, afirmou.

Após a sessão, Eduardo Cunha citou o regimento da Casa para afirmar que não há risco de impugnação da votação. “Não há o que contestar. Ninguém é maluco”, dise ele. O peemedebista também ironizou as críticas dos petistas à condução dos trabalhos: “Eles têm dois pesos e duas medidas. Na verdade, eles foram derrotados na sua ideia porque a maioria da população brasileira quer isso”.

Dono da empresa G2 Entretenimento emite nota de esclarecimento

Genilton 3

Genilson 1

Genilson 2

O proprietário da empresa Genilton L. de Carvalho & Cia Ltda – ME (G2 Entretenimento) usou sua página no Facebook para divulgar uma nota de esclarecimento sobre a matéria publicada nesta página dia 28 de junho de 2015.

A matéria com o título Veja a empresa que abocanhou R$ 1.837.700,00 da prefeitura de São João dos Patos mostrou a foto do local onde funciona a sede da empresa e revelou o valor do celebrado entre as partes.

Para gastar toda essa bolada, o prefeito Waldênio Souza (PMDB) teria que realizar todo mês um evento no valor R$ 153.141,66.

Em nenhum momento o editor do blog acusou a empresa de ser de fachada.

O editor do blog não recebeu nenhum e-mail solicitando a publicação da nota, mas publica a integra da nota com o a versão do empresário.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Olá pessoal!

Meu nome é Genilton Lopes de Carvalho, e possuo uma empresa que está sendo caluniada de forma covarde por alguns Blogueiros de São Luís, que certamente não sabem nem onde fica São João dos Patos.

Estou trabalhando no ramo de entretenimento há mais de 3 anos e em nada minha empresa pode ser execrada dessa forma.

Trabalho com varias prefeituras na nossa região, tanto no estado do Maranhão, quanto no estado do Piauí, sempre agindo conforme a lei de licitações e respeitando os contratos que venço.

São as prefeituras: Guadalupe, Pavussú, Marcos Parente, Sebastião Leal entre outras no estado do Piauí. São João dos Patos, Barão de Grajaú, Sucupira do Norte entre outras no Maranhão.

Não possuo ligação política ou partidária com quaisquer desses prefeitos e apenas trabalho de acordo com os contratos que venho ganhando de forma legal, através de licitações, concorrência, prestação de serviços, publicados no diário oficial, no qual eu participo de forma transparente.

Meu único erro foi transferir a minha sede, que era provisória, para a sede própria, mas antes da mudança ela funcionava no endereço publicado pelo blog, que é um endereço que pertence a minha família e o mecânico citado trabalha na empresa de conserto de motos e venda de peças da minha família.

Minha estrutura de trabalho atualmente consiste em grid, palco, som e grupos geradores.

Medidas legais já estão sendo tomadas para limpar o nome da minha empresa e da minha família.

MA-201 segue abandonada pelo governo Dino; veja as imagens do caos

A rodovia MA-201 que foi abandonada por 14 anos pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), também segue abandonada pelo governador Flávio Dino (PC do B). Nada mudou.

Em um trecho de 5 Km entre o retorno da Forquilha e a entrada do bairro Maiobão, a rodovia está tomada por buracos, areia na pista e muito mato no canteiro central.

Veja as imagens do caos.

MA 201 abandonada por Flávio Dino

[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8236.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8293.jpg]50
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8237.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8250.jpg]50
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8280.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8262.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8286.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8285.jpg]50
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8263.jpg]50
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8269.jpg]50
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8271.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8240.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8260.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8259.jpg]70
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8257.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8255.jpg]40
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8267.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8265.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8248.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8294.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8252.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8254.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8241.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8243.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8288.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8290.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8273.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8274.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8277.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8278.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8321.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8322.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8323.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8327.jpg]30
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8330.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8309.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8314.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8318.jpg]20
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8320.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8306.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8298.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8300.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8302.jpg]10
[img src=http://www.hiltonfranco.com.br/wp-content/flagallery/ma-201-abandonada-por-flavio-dino/thumbs/thumbs_dsc_8304.jpg]10