Apenas 2 deputados federais torcem por clubes do Maranhão, diz pesquisa do G1

DSC_0929

Dos 18 deputados federais que vão representar o Maranhão a partir de domingo (01/02), apenas dois torcem para clubes do estado. Um torce pelo Moto Club e outro Sampaio Corrêa.

A pesquisa realizada pelo G1 ouviu os 513 deputados federais. O clube preferido dos parlamentares é o Flamengo que teve 54 votos. Em segundo lugar aparece o Corinthians com 29 votos e em terceiro o Fluminense com 24 votos.

Três deputados torcem pela seleção brasileira, vinte não torce por nenhum clube e cem não responderam.

Os parlamentares não tiveram os nomes divulgados.

TIME DEPUTADOS
Flamengo 54
Corinthians 29
Fluminense 24
Botafogo 22
Vasco 22
Palmeiras 22
Grêmio 17
Cruzeiro 16
Internacional 15
São Paulo 15
Bahia 14
Santos 14
Atlético-MG 12
Vitória 10
Ceará 7
Remo 6
Santa Cruz 6
Sport 6
Goiás 5
Náutico 5
Atlético-PR 4
Vila Nova 4
CSA 3
Londrina 2
Campinense-PB 2
Chapecoense 2
Criciúma 2
Guarany de Sobral-CE 2
Joinvile 2
Paysandu 2
Treze-PB 2
ABC-RN 2
Alecrim-RN 1
América-MG 1
América-RJ 1
Anapolina 1
Atlético-GO 1
Avaí 1
Baraúnas 1
Botafogo 1
Cascavel 1
Clube Esportivo Sergipe 1
Coritiba 1
Coruripe-AL 1
CRB-AL 1
Desportiva Ferroviária-ES 1
Ferroviário -CE 1
Figueirense 1
Fortaleza 1
Funorte-MG  1
Galícia-BA  1
Guarany de Divinópolis-MG  1
Ibiraçu-ES  1
Inter de Lages  1
Ipiranga  1
Ituano  1
Juventude  1
Madureira  1
Maringá  1
Moto Club de São Luís  1
Operário Ferroviário-PR  1
Paraná  1
Paulista  1
Ponte Preta  1
Portuguesa  1
River-PI  1
Sampaio Correa  1
São Paulo do Amapá  1
Trindade-GO  1
Trindade-PR  1
XV de Piracicaba  1
Publicado em: BRASIL, SUPERESPORTES

Governador mais bem pago do Brasil abre mão de salário em janeiro

Beto Richa decidiu não receber R$ 33,7 mil uma semana depois de ter sido noticiado que tucano é o que tem o maior vencimento do País

O Estado de São Paulo

Beto

CURITIBA – Uma semana depois de ter seu vencimento divulgado e considerado o governador com o maior salário do país, R$ 33,7 mil, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), abriu mão de sua remuneração no mês de janeiro.

A medida foi tomada por meio de uma resolução editada na quinta-feira (29)no Diário Oficial do Estado e estende a medida à vice-governadora, Cida Borghetti, aos secretários de estado e os secretários especiais.

O governador justificou a medida como um exemplo para as medidas de austeridade que deverão ser implantadas dentro do programa de ajuste fiscal do estado.  “É uma contribuição da nossa equipe para o ajuste das contas do governo. Este ano de 2015 será muito difícil para o País”, afirmou Richa.

O subsídio pago ao governador do Paraná é o mesmo do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Além disso, a legislação fixa a remuneração para o cargo de vice-governador e secretários de Estado em 95% e 70%, respectivamente, do valor percebido pelo chefe do Executivo.

Entre os secretários atingidos pela medida, a esposa do governador, Fernanda Richa, secretária da Família, e o irmão, Pepe Richa, secretário de Infraestrutura e Logística. Os governadores da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB) já vetaram o aumento dos próprios salários. No Paraná, o governador anunciou no começo de seu segundo mandato um reajuste nos impostos, na alíquota de ICMS da gasolina e também das taxas de serviços de energia.

No mesmo dia  abono de férias do funcionalismo, assim como, a rescisão dos contratos dos professores contratados em regime temporário, sob a alegação de que não há dinheiro em caixa. Nesta semana, policiais que atuam na Operação Verão, nas praias, acusaram o governo de não lhes pagar as diárias e os policiais corriam o risco de morrer.

Publicado em: BRASIL

Gil Cutrim pode perder mandato por direcionar licitação para reforma do Dário Santos

Estádio Dário Santos, com capacidade para 5 mil pessoas levou quase 9 anos para ficar pronto.

Blog Marrapá

GilCutrim2

A contratação da construtora Blume Engenharia LTDA, em dezembro de 2013, para a execução das obras da arquibancada coberta e área de apoio do Estádio Dário Santos, no valor de R$ 1.887.985,86 milhão, motivou a 1ª Promotoria de Justiça Cível de São José de Ribamar a ajuizar, na última segunda-feira, 26, Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa contra o prefeito Gil Cutrim.

A Prefeitura de São José de Ribamar firmou convênio com a Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), em 11 de novembro de 2013, visando à realização da obra. De acordo com a promotora de justiça Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça, a contratação da Blume Engenharia LTDA, em 6 de dezembro, se deu em “tempo agressivamente veloz”.

A titular da 1ª Promotoria de Justiça Cível destaca que o edital da concorrência foi publicado somente no dia 1º de novembro de 2013, por meio de um periódico de baixa circulação, o jornal A Tarde, e em letra com corpo 5, que é bastante reduzida e só pode ser lida com o uso de lupa.

O Ministério Público denuncia, ainda, que o edital não foi publicado no Diário Oficial do Maranhão. Além disso, não existe parecer jurídico sobre a minuta do edital de licitação e procedimentos administrativos adotados. Também foi detectada a ausência de portaria designando os responsáveis pela fiscalização, acompanhamento e gestão dos contratos; inexistência de Relatório Diário de Obra, atestando o acompanhamento dos trabalhos pelo técnico responsável, técnico residente e fiscal de obra; e falta de comunicação sobre o convênio à Câmara Municipal, conforme estabelece a Lei 8.666/93.

“Percebe-se, nitidamente, que os requeridos sequer tiveram o trabalho de disfarçar as fraudes. Ao contrário, fraudaram a licitação, talvez acreditando na certeza da impunidade. Não houve licitação, mas apenas um simulacro para premiar a empresa Blume Engenharia”, denuncia a representante do Ministério Público.

MEDIDAS

Na ação, o Ministério Público requereu do Poder Judiciário que seja decretada liminarmente a indisponibilidade dos bens de todos os acusados e da empresa Blume Engenharia LTDA, no valor de R$ 1.887.985,86 milhão, para cada um, impedindo o desvio do patrimônio no decorrer do processo.

O objetivo é garantir o ressarcimento aos cofres públicos do valor da licitação, com correção monetária, acrescentando, também, multa por dano moral a ser estipulada pela Justiça.

A promotora de justiça pediu, ainda, a perda do cargo público do prefeito, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público.

Publicado em: VIDA URBANA

Após prejuízo de R$ 2,7 bi, Petrobras cancela Refinaria de Bacabeira-MA

Obra inciada em 2010 ficou somente na terraplanagem.

Folha de São Paulo

lula-bacabeira2

Como se não bastassem as perdas prováveis com corrupção que a Petrobras deverá reconhecer com as recém construídas refinarias de Abreu e Lima e Comperj, outros dois projetos em refino que nem saíram do papel já levaram a empresa a perda de R$ 2,7 bilhões.

Os projetos estavam ainda na fase de terraplanagem. Não há previsão de quando serão retomados.

A baixa com as refinarias Premium 1 e 2, que seriam erguidas no Maranhão e no Ceará, foi reconhecida neste trimestre e é, segundo a empresa, um dos principais fatores responsáveis pela queda de 38% no lucro do terceiro trimestre em relação ao segundo, de R$ 5 bilhões para R$ 3,1 bilhões.

Os quatro projetos foram propostos e aprovados na gestão do ex-diretor Paulo Roberto Costa, delator na Operação Lava Jato que cumpre pena domiciliar e responde a ações penais por corrupção na estatal.

O comunicado da Petrobras que acompanha o balanço do trimestre, divulgado nesta madrugada, atribui as perdas a “descontinuidade” dos projetos, indicando que elas foram descartadas do plano de investimento. Não há detalhes adicionais a respeito no documento. A Folha apurou que os dois projetos foram descartados.

“Trata-se de uma nova ‘Pasadena’, disse, nesta madrugada, o gestor de um fundo de investimentos, ao deparar-se com o número. Ele referia-se à compra da refinaria americana pela Petrobras, entre 2006 e 2012, que resultou em perdas à empresa calculadas em US$ 792 milhões, segundo o TCU.

HISTÓRICO

As duas refinarias começaram a ser planejadas em 2008, sob justificativa de aproveitar as margens financeiras do refino, na época mais favoráveis. A pedra fundamental dos projetos foi lançada em 2010, em Bacabeira (MA) e Pecém (CE), pela diretoria da empresa, com a presença do então presidente Lula.

Os investimentos previstos, na época, eram de US$ 30 bilhões nas duas unidades. Premium 1 era prevista para entrar em funcionamento em 2016 e a 2, em 2017.

Desde que a atual presidente, Graça Foster, assumiu, em 2012, a Petrobras vinha levando os projetos em banho maria. No início de 2014, as duas obras ainda estavam no plano de investimento, mas sem indicação de grandes avanços.

Em meados do ano, o conselho de administração da Petrobras começou a estudar a retirada dos dois projetos dos investimentos previstos até 2018, diante do elevado custo para sua construção, da queda nas margens obtidas com o refino e da necessidade de redirecionar recursos para a exploração do pré-sal.

Ao depor à Justiça em outubro, na Operação Lava Jato, Costa revelou que comandava um esquema de desvio de recursos em sua diretoria, ocupada por ele entre 2004 e 2012, que contava com a participação de empreiteiras, para superfaturar contratos.

Os montantes desviados eram repartidos entre funcionários da empresa, lobistas e partidos políticos.

Publicado em: BRASIL, ECONOMIA

Aliada de Ricardo Murad é nomeada no governo Flávio Dino

Rosilene Guerra

Tem gente que tem sorte na vida mesmo. A ex-vereadora de Paraibano por três meses, Rosilene Guerra (PMDB) é uma dessas pessoas.

Eterna aliada de Ricardo Murad, ex-todo poderoso secretário de Saúde do Maranhão, Rosilene foi agraciada com uma nomeação no governo de Flávio Dino. Detalhe: Nas redes sociais Rosilene chegou a compartilhar fotos fazendo campanha contra Flávio Dino e não cansava de elogiar Ricardo.

Atualmente morando em Coroatá-MA, Rosilene Queiroz Guerra de Sá vai ocupar o cargo de Auxiliar Técnico I da Unidade Gestora de Ações e Serviços de Saúde (símbolo DAI 4). O ato de nomeação foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (27), página 06.

Segundo um fonte, a indicação da  sarneysta de carteirinha  foi feita pelo ex-sarneysta Dr Zequinha, ex-prefeito de Paraibano que apoiou Flávio em 2010 e 2014.

Publicado em: MARANHÃO

Pressão sindical faz governo rever novas regras do seguro-desemprego

Folha de São Paulo

O governo já admite reservadamente que vai ceder às centrais sindicais e rever parte das mudanças nas regras do seguro-desemprego que endureceram o acesso ao benefício trabalhista.

Segundo a Folha apurou, a equipe da presidente Dilma chegou à conclusão de que, sem alterações, a medida provisória que restringiu o benefício não será aprovada no Congresso Nacional.

Assessores presidenciais disseram à reportagem que, diante da reação contrária de lideranças sindicais, a estratégia era fazer concessões durante a fase de tramitação da proposta no Legislativo.

Agora, após declarações do ministro Joaquim Levy (Fazenda) avaliadas pelo Palácio do Planalto como infelizes, a equipe de Dilma acredita que pode ser obrigada a sinalizar mais concretamente o que irá mudar na próxima reunião com as centrais sindicais, em 3 de fevereiro.

Na semana passada, em Davos (Suíça), Levy chamou de “ultrapassado” o modelo do seguro-desemprego, o que irritou sindicalistas e até assessores de Dilma.

Seu colega Miguel Rossetto (Secretaria-Geral da Presidência) divulgou nota no sábado (24) classificando o seguro-desemprego como “cláusula pétrea” dos direitos dos trabalhadores.

O próprio Levy reconheceu internamente no governo que não foi feliz em suas declarações. Ele defende mudanças no sistema, mas sem retirar direitos trabalhistas.

seguro desemprego

JOVENS

Segundo a Folha apurou, o governo pode mudar o período de carência para concessão do benefício na primeira solicitação feita pelo trabalhador. As centrais sindicais consideram que essa regra prejudica principalmente jovens num período da economia em que deve haver alta de desemprego nesta faixa.

Pelas regras definidas pela equipe econômica, a carência subiria de 6 para 18 meses nos últimos 24 meses trabalhados na primeira solicitação do benefício. No segundo pedido, o prazo passou de 6 para 12 meses nos últimos 16 meses trabalhados. Na terceira, foi mantida a carência de seis meses.

O governo também propôs mudanças no abono salarial, no seguro-defeso (pago a pescadores no período de proibição da pesca) e na pensão pós-morte.

Lançado no fim de 2014, o pacote de mudanças em benefícios trabalhistas e previdenciários visa economizar R$ 18 bilhões neste ano para reequilibrar as contas públicas. São R$ 9 bilhões apenas com o seguro-desemprego.

Presidente da Força Sindical, Miguel Torres diz que mudar só a carência do seguro-desemprego não é “suficiente”. Ele também defende ajustes no seguro-defeso e na pensão pós-morte.

Presidente da CUT, Vagner Freitas defende mudanças em todas as medidas.

As centrais estão organizando manifestações contra as propostas, classificadas por elas de conservadoras.

Publicado em: BRASIL, ECONOMIA

TJMA condenou 45 gestores públicos nos últimos 36 meses; mas nenhum foi preso

Justiça maranhense acaba convertendo a pena de detenção em prestação de serviços à comunidade

Quarenta e cinco prefeitos e ex-prefeitos de cidades do Maranhão foram condenados pela Justiça nos anos de 2012 a 2014 porque cometeram algum crime no exercício do mandato. As penas impostas pelo Tribunal de Justiça Maranhão (TJMA) aos condenados incluem bloqueios de repasses financeiros, afastamento do cargo, cassação de mandato, pagamento de multa, suspensão dos direitos políticos e até detenção em regime aberto (convertida em prestação de serviços à comunidade).

Os “gestores do mal” foram levados às barras da Justiça por um festival de mal feitos como atraso ou fraude em prestação de contas, fraude em licitações, desvio de verbas, contratação sem concurso público, má aplicação de recursos da educação, dispensa de licitações, fragmentação de despesas etc.

Confira a lista de prefeitos e ex-prefeitos condenados e seus respectivos municípios

2012

1. Raimundo Galdino Leite (São João do Paraíso)

2. Mercial Lima de Arruda (Grajaú)

3. João Batista Freitas (São Vicente Férrer)

4. Agamenon Lima Milhomem (Peritoró)

5. Lenoílson Passos da Silva (Pedreiras)

6. Antonio Marcos de Oliveira (Buriticupu)

7. Lourêncio de Moraes (Governador Edison Lobão)

8. Rivalmar Luís Gonçalves Moraes (Viana)

9. Cleomaltina Moreira (Anapurus)

10. Socorro Waquim (Timon)

11. José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire)

12. Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin (Barra do Corda)

13. João Alberto Martins Silva (Carolina)

14. José Francisco dos Santos (Capinzal do Norte)

15. Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia).

16. Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII)

17. José Reinaldo Calvet (Bacabeira)

18. Francisco Rodrigues de Sousa (Timon)

19. Jomar Fernandes (Imperatriz)

20. Bia Venâncio (Paço do Lumiar)

21. Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)

2013

1. Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)

2. Deusdedith Sampaio (Açailândia)

3. Ademar Alves de Oliveira (Olho D’água das Cunhãs)

4. José Vieira (Bacabal)

5. Chico Leitoa (Timon)

6. Cláudio Vale de Arruda (Formosa de Serra Negra)

7. Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia)

8. Maria José Gama Alhadef (Penalva)

9. Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII)

10. Francisco das Chagas Bezerra Rodrigues (Riachão)

2014

1. Atenir Ribeiro Marques (Alto Alegre do Pindaré)

2. Marcos Robert Silva Costa (Matinha)

3. Antonio Reinaldo Sousa (Passagem Franca)

4. Raimundo Nonato Borba Sales (Cantanhede)

5. Jomar Fernandes (Imperatriz)

6. Manoel Albino Lopes (Altamira do Maranhão)

7. Nerias Teixeira de Sousa (São Pedro da Água Branca)

8. José Miranda Almeida (Brejo de Areia)

9. Alcir Mendonça da Silva (Zé Doca)

10. Adail Albuquerque de Sousa (Montes Altos)

11. Glorismar Rosa Venâncio (Paço do Lumiar)

12. Antonio de Castro Nogueira (São Domingos do Maranhão)

13. Aluísio Holanda Lima (Olho D´Água das Cunhãs)

14. Francisco Alves de Holanda (João Lisboa)

Com informações do TJ

 

Publicado em: POLÍTICA

Flávio Dino corta efetivo dos Leões e coloca 70 novos policiais nas ruas

Dos 120 PMs que Roseana tinha para lhe proteger, Flávio Dino terá 50. Os outros 70 voltarão a trabalhar nas ruas.

Do blog Marrapá

Com 120 PMs para lhe proteger, Roseana dizia não ter medo de bandido.

Depois de anunciar a contratação de 1000 novos policiais ainda neste ano, Flávio Dino (PCdoB) dá mais um sinal de que a segurança pública será uma das prioridades de sua gestão.

O governador diminuiu em mais da metade o efetivo à disposição do Palácio dos Leões, acrescentando 70 policiais militares nas ruas para reforçar as ações de segurança da população e combate à marginalidade.

Antes, 120 oficiais e soldados foram remanejados da corporação para cuidar da segurança de Roseana Sarney (PMDB). Somente na residência dos Sarney, no Calhau, cerca de 25 policiais se revezavam em três turnos na guarda pessoal da ex-governadora e de seus familiares.

Atualmente, um efetivo enxuto de 50 PMs está à disposição do gabinete militar dos Leões, responsável pela segurança do governador, do vice-governador e das dependências da sede do executivo estadual.

 

Publicado em: MARANHÃO

Inscrições para contratação de 1.000 professores da rede estadual de ensino estão abertas no Maranhão

A partir desta segunda-feira (26/01), estão abertas as inscrições para a contratação de professores da rede pública de ensino do Maranhão. Os interessados devem se inscrever no site www.educacao.ma.gov.br até as 23h59 de sexta-feira (29/01).

O seletivo tem objetivo de fazer a contratação de 1.000 professores temporários. Do número total de vagas oferecidas, 20% destinam-se às escolas de São Luís e as outras 80% serão distribuídas para o interior do estado, de acordo com as necessidades regionais.

O processo seletivo será composto pela avaliação curricular de títulos e avaliação da experiência profissional na área de docência. Os interessados devem fazer a entrega de títulos (acompanhados da ficha de inscrição gerada na internet pelo próprio candidato) na Unidade Regional de Ensino (URE), correspondente à localidade escolhida para disputa de vaga.

Os selecionados vão ministrar aulas no Ensino Médio Regular, EJA, Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (Emiep). O regime de trabalho será de 20 horas semanais.

Cronograma

Dia 26/01/15: De 8h às 23h59 do dia 29/01/2015 – Inscrições no Processo Seletivo – via internet

Dia 27/01/15 a 30/01/2015: Entrega de Títulos acompanhados da ficha de inscrição gerada na internet pelo candidato.

De 13/02/15  a 04/03/15: Divulgação das inscrições indeferidas. Homologação do Processo Seletivo e Divulgação do Resultado Fina

Clique nos links abaixo para visualizar os editais e saber mais detalhes.

Edital nº 001-2015 – SEDUC

Edital nº 002-2015 – SEDUC

Publicado em: MARANHÃO

Ampliado limite para saque nos caixas eletrônicos para servidores do Estado

Os servidores do Estado contam com um novo limite máximo diário de saque nos caixas desde sexta-feira (23/01). O Banco do Brasil aumentou para R$ 2 mil o teto de retirada nos terminais eletrônicos. A alteração ocorrerá automaticamente, não havendo necessidade de pedido formal. Antes, o limite variava de R$ 500 a R$ 1.000 por saque.

Veja as novas regras vigentes:

Saque em terminal de auto-atendimento: R$ 2.000
Saque nos Correios: cartão com chip – R$ 2.000 e Cartão sem chip – R$ 1.500
Transferência: R$ 10.000
Pagamentos: R$ 10.000

Fonte: Portal  do governo do Maranhão.

Publicado em: BRASIL