Veja o destino e os valores das emendas do deputado federal Aluísio Mendes

Cada parlamentar novato teve direito a R$ 10 milhões para projetos.

Aluisio Mendes

O site do Hilton Franco publica hoje, sexta-feira (16), as emendas do deputado federal Aluísio Mendes (PSDC), eleito em 2014 com 50.658 votos.

As emendas são recursos públicos que os senadores e deputados destinam no Orçamento para projetos e obras em redutos eleitorais nos seus estados e municípios de origem.

Cada parlamentar novato tem R$ 10 milhões para as suas emendas, com a exigência de que 50% sejam destinadas para a área da saúde.

Os municípios contemplados com as emendas de Aluísio são Grajaú, São Bento e Viana. Nesses municípios Aluísio teve expressiva votação em 2014. Em Viana (3.493 votos), Grajaú (2.524 votos) e São Bento (1.205 votos).

Já para os municípios de Carutapera (2.159 votos), Santo Amaro (2.246 votos), São José de Ribamar (3.696 votos) e São Luís (8.530 votos), o parlamentar não destinou nada.

Confira abaixo as emendas do deputado federal Aluísio Mendes.

1. APOIO À POLÍTICA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 2.680.000,00

2. APOIO À ESTRUTURAÇÃO, REAPARELHAMENTO, MODERNIZAÇÃO ORGANIZACIONAL E TECNOLÓGICA DAS INSTITUIÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA – NO MUNICÍPIO DE GRAJAÚ – MA Valor R$  150.000,00

3. APOIO À ESTRUTURAÇÃO, REAPARELHAMENTO, MODERNIZAÇÃO ORGANIZACIONAL E TECNOLÓGICA DAS INSTITUIÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA – NO MUNICÍPIO DE SÃO BENTO – MA Valor R$  150.000,00

4. APOIO À ESTRUTURAÇÃO, REAPARELHAMENTO, MODERNIZAÇÃO ORGANIZACIONAL E TECNOLÓGICA DAS INSTITUIÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA – NO MUNICÍPIO DE VIANA – MA Valor R$  150.000,00

5. APOIO À ESTRUTURAÇÃO, REAPARELHAMENTO, MODERNIZAÇÃO ORGANIZACIONAL E TECNOLÓGICA DAS INSTITUIÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  450.000,00

6. AQUISIÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS PARA ADEQUAÇÃO DE INFRAESTRUTURA PRODUTIVA MUNICIPAL – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  920.000,00

7. ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  4.500.000,00

8. ESTRUTURAÇÃO DE UNIDADES DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 1.000.000,00

Leia também:

Veja o destino e os valores das emendas do deputado federal Rubens Júnior

Publicado em: BRASIL

Veja o destino e os valores das emendas do deputado federal Rubens Júnior

Cada parlamentar novato teve direito a R$ 10 milhões para projetos.

rubens junior

O site do Hilton Franco vai divulgar a partir desta quinta-feira (15), os valores empenhados das emendas dos novos deputados federais eleitos no Maranhão. Também serão publicadas as emendas dos deputados federais reeleitos e não reeleitos.

Pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, cada parlamentar tem R$ 16 milhões para as suas emendas, com a exigência de que 50% sejam destinadas para a área da saúde. Os novatos, porém, terão direito a um valor menor: R$ 10 milhões, com a mesma exigência para a saúde.

As emendas são recursos públicos que os senadores e deputados destinam no Orçamento para projetos e obras em redutos eleitorais nos seus estados e municípios de origem.

Para o município de São Luís, onde Rubens Júnior obteve 9.268 votos, foi destinado R$ 700.000,00. Para o município  de Caxias , onde o deputado obteve 17.232 votos não foi enviada nenhuma emenda.

O município de Matões, comandado por Suely Pereira (mãe do deputado) também não viu a cor das emendas. Por lá, Rubens Júnior obteve 7.793 votos.

Confira abaixo as emendas do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PC do B), eleito em 2014 com 118.115 votos.

1. APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA – NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS – MA Valor R$ 600.000,00

2. APOIO À MANUTENÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 3.200.000,00

3. APOIO À ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA E PROMOÇÃO DA CIDADANIA DE MULHERES RURAIS – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA (CONTAG) – NACIONAL Valor R$  100.000,00

4. DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO À CIDADANIA E À JUSTIÇA – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  200.000,00

5. EXPANSÃO E REESTRUTURAÇÃO DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 100.000,00

6. FUNCIONAMENTO DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  100.000,00

7. ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  1.700.000,00

8. ESTRUTURAÇÃO DE UNIDADES DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM SAÚDE – INSTITUTO MARANHENSE DE ONCOLOGIA ALDENORA BELO (FUNDAÇÃO ANTÔNIO JORGE DINO) – NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS – MA Valor R$ 100.000,00

9. APOIO A PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL LOCAL INTEGRADO – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 3.200.000,00

10. PROMOÇÃO E FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$  700.000,00

Publicado em: BRASIL, MARANHÃO, POLÍTICA

Moto Club vence Boa Esporte nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

O confronto do jogo de volta entre Boa Esporte e Moto Club, realizado no Estádio Melão, nesta quarta-feira (15), em Varginha (MG), terminou empatado em 1 a 1, mesmo resultado do jogo de ida, no estádio Castelão, São Luís.

O Boa Esporte abriu o placar com Pedro Augusto aos 26 minutos do primeiro tempo. O Moto empatou a partida com Henrique aos 25 minutos do segundo tempo. Kléo ainda acertou o travessão aos 29 minutos.

Como o placar ficou igual nas duas partida, o jogo foi decidido nos pênaltis.

Nas cobranças de pênalti, tanto o goleiro Fernando, do Boa Esporte, quanto o goleiro Ranieri, do Moto Club, defenderam duas cobranças. A disputa inicial terminou 3 a 3.

Nas batidas alternadas, Gilson começou batendo para o Boa Esporte e o goleiro do Moto Club fez a defesa. Logo depois, Fágner bateu forte e marcou para colocar o Moto Club na 2ª fase da Copa do Brasil.

Na 2ª de sete fases da Copa do Brasil, o Moto vai enfrentar a Ponte Preta. Na 1ª fase da competição, a Macaca passou pelo Vilhena, ao vencer em Campinas por 3 a 0, depois de ter empatado o primeiro jogo por 1 a 1 no Estádio Portal da Amazônia, em Vilhena (RO).

Publicado em: SUPERESPORTES

87% querem redução da maioridade penal; número é o maior já registrado

Folha de São Paulo

Se houvesse uma consulta nacional à população, 87% dos brasileiros seriam a favor da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, revela pesquisa Datafolha realizada na semana passada.

O percentual é o maior já registrado pelo instituto desde a primeira pesquisa sobre o tema, em 2003. Naquele ano e também em 2006, quando ocorreu um segundo levantamento, 84% disseram ser a favor da redução da idade.

maioridade penalContrários à mudança são 11% (mesmo índice de 2006), indiferentes, 1%, e não souberam responder, 1%.

O tema, objeto de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição), está em discussão em uma comissão especial na Câmara, que tem cerca de três meses para analisá-lo.

Em seguida, será votado na Casa e, se for aprovado, seguirá para o Senado.

Segundo o Datafolha, a maior aprovação à proposta de reduzir a maioridade está nas regiões Centro-Oeste (93%) e Norte (91%) do país.

Já a maior rejeição à mudança está entre os mais escolarizados (23%), que têm ensino superior, e entre os mais ricos (25%), com renda familiar mensal superior a dez salários mínimos –a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O percentual dos favoráveis à redução da maioridade para todos os tipos de crime também é o maior já registrado pelo Datafolha: 74%.

Na comissão da Câmara que analisa o tema, 14 dos 27 deputados defendem a mudança somente para jovens de 16 e 17 anos que cometerem crimes hediondos, como homicídio qualificado, latrocínio, estupro e sequestro.

TEMPO DE INTERNAÇÃO

Uma outra proposta tem sido encabeçada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

O tucano não quer a redução da maioridade penal, mas propõe a ampliação do tempo máximo de internação para os jovens que praticarem crimes hediondos –dos atuais três para oito anos.

A presidente Dilma Rousseff (PT) também já se manifestou contra a redução da idade penal. Mas, nesta semana, afirmou que o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), de 1990, “sempre pode ser aperfeiçoado”.

À Folha, o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) também disse que o governo federal está “aberto” para discutir “alternativas polêmicas” à redução da maioridade, como a proposta paulista.

O tema tem dividido estudiosos, políticos e entidades da sociedade civil.

Em linhas gerais, os contrários à mudança na maioridade dizem que o sistema prisional comum vai ser uma escola do crime para os jovens.

Os que a defendem dizem que jovens de 16 anos já têm discernimento para entender o que é crime e estão sendo aliciados por adultos para praticar delitos, já que sofrem punições mais brandas.

maioridade penal 2

Publicado em: BRASIL

Problema no DNS tira o blog do ar

Por conta de uma alteraçao no DNS, do inglês Domain Name System (Sistema de Nomes de Domínios), ocorrido na madrugada de sexta-feira para sábado o blog ficou fora do ar por cinco dias.

O problema nao afetou os arquivos do blog, apenas o acesso ao domínio hiltonfranco.com.br, sendo normalizado na tarde desta terça-feira(14).

O blog pede desculpas aos leitores e informa que as postagens voltam aos normal hoje.

Publicado em: TECNOLOGIA

Buraco na rua atrapalha o trânsito e pode derrubar poste em cima de uma casa em São Luís

DSC_7495

DSC_7494

Um imenso buraco que se formou na Rua E, no bairro Cohaserma, próximo ao lava jato do Basílio, tem causado perigo no local.

Com as chuvas, o buraco aumentou e já ocupa quase toda a rua. Para desviar do buraco, motoristas precisam passar pela contramão, correndo riscos de acidente.

Por causa do buraco, a estrutura de um poste foi afetada e ameaça cair sobre uma casa.

Por enquanto ninguém da prefeitura de São Luís teve atitude para resolver a situação.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, sob o comando do inoperante Antonio Araújo é responsável pelo descaso.

Fotos: Hilton Franco

Publicado em: MARANHÃO

A lorota de Lula Fylho

No dia que os manifestantes não foram protestar na porta da prefeitura, secretários do prefeito Edivaldo Holanda apareceram. 

lula

DSC_7505

O secretário municipal de governo da prefeitura de São Luís, Lula Fylho, anunciou em rede social  na terça-feira (07/04) que estava esperando os manifestantes para conversar sobre o aumento das passagens de ônibus.

“Ficamos esperando os manifestantes para conversar. Não apareceram. Prefeitura de São Luís quer dialogar sim”, diz Lula.

Por três vezes os manifestantes foram até a sede da prefeitura e nenhum secretário apareceu para conversar com os manifestantes. Sempre as portas estavam fechadas. Ninguém aparecia.

Até a tropa de choque da Guarda Municipal foi colocada de prontidão para impedir a entrada dos manifestantes.

Depois que os manifestantes foram impedidos de chegar até a sede da prefeitura, Lula Fylho posta em rede social que quer diálogo. Uma verdadeira lorota.

Cabe ainda mencionar que durante os protestos o carro de som dos manifestantes foi impedido pela polícia de chegar até a porta da prefeitura.

Publicado em: MARANHÃO

Confira os deputados que votaram pela urgência para tirar direitos dos trabalhadores

Lista mostra quais parlamentares aprovaram a tramitação em regime de urgência do PL 4330, da terceirização total que acabará com a CLT

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8) o texto principal do projeto que regulamenta a terceirização no país. Foram 324 votos a favor, 137 contra e duas abstenções.

Dos 18 parlamentares que compõe a bancada federal, 4 votaram contra o Projeto de Lei 4.330/2004 e 12 votaram a favor. Os deputados Sarney Filho (PV) e Waldir Maranhão não votaram.

De acordo com o projeto, empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, produtor rural pessoa física e profissionais liberais podem terceirizar suas atividades a outras empresas.

ATENÇÃO

Quem votou SIM está contra os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Quem votou NÃO foi contra o rolo compressor do Eduardo Cunha para votar essa PL.

Esta lista foi elaborada com informações da Câmara dos Deputados.

Maranhão (MA)  Partido    Voto
 Aluisio Mendes PSDC Sim
André Fufuca PEN Sim
Cleber Verde PRB Sim
Deoclides Macedo PDT Sim
Eliziane Gama PPS Não
Hildo Rocha PMDB Sim
João Castelo PSDB Sim
João Marcelo Souza PMDB Sim
José Reinaldo PSB Sim
Junior Marreca PEN Sim
Juscelino Filho PRP Sim
Pedro Fernandes PTB Não
Rubens Pereira Júnior PCdoB Não
Sarney Filho PV Ausente
Victor Mendes PV Sim
Waldir Maranhão PP Ausente
Weverton Rocha PDT Sim
Zé Carlos PT Não
Total Maranhão: 16
Publicado em: BRASIL, MARANHÃO

Deputado Wellington critica descaso com a Saúde Pública Municipal

171702707-1512038356noticia

Em discurso feito no tempo dos blocos parlamentares na Sessão Ordinária desta terça-feira (7), o deputado Wellington do Curso (PPS) levou à Assembleia grave denúncia contra o Sistema Municipal de Saúde.

Ao denunciar que no Sistema de Saúde Municipal as pessoas precisam ter “conhecidos” para serem atendidas nos hospitais, Wellington traçou um paralelo entre a saúde da propaganda e a saúde real do dia-a-dia do cidadão e destacou suas visitas, na manhã desta terça-feira, aos hospitais Djalma Marques (Socorrão I) e Clementino Moura (Socorrão II).

“Aqui em São Luís, vemos que existem duas saúdes: a saúde da propaganda enganosa e a saúde da realidade. Existem dois Socorrões II: um que não tem maca nos corredores (segundo propagandas da Prefeitura) e o que tenho nas fotos para disponibilizar à imprensa e demais parlamentares, que é um Socorrão II ‘maquiado’. Por que maquiado? As macas estão nos corredores separadas por divisórias. E, para completar, encontrei, na manhã desta terça-feira, numa visita ‘in loco’, uma senhora de mais de 70 anos sendo atendida no corredor do referido hospital e o mais absurdo: seu filho segurando o soro com a mão acima da cabeça porque não tinha o ferro para poder colocar o soro”, revelou.

O parlamentar destacou, ainda, o plano de governo do atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), elaborado durante a campanha eleitoral, ressaltando o item cinco, que afirmava ser a saúde “um dos principais motivos de insatisfação dos ludovicences”, e defendia a construção de um moderno Hospital da Criança, além da implementação de quatro novos CAPS e a garantia da melhoria do atendimento da rede de saúde pública, e reafirmou também o seu compromisso em representar o povo no Legislativo Estadual.

“Senhoras e senhores, eu tenho me perguntado todos os dias sobre qual o meu papel no parlamento. Sou servidor público estadual, fui servidor público uma vez quando aprovado no concurso para sargento do Exército, onde servi durante 15 anos e saí no comportamento excepcional, e todas as vezes que eu faço o meu pronunciamento, é no plano das ideias, do debate e nunca me referindo ao lado pessoal do prefeito, mas à sua função enquanto gestor. Minha indignação é de um cidadão que testemunhou uma cena aviltante à dignidade humana. Uma cena que se desenvolve bem perto de nós, banalizada pelo tempo e pela frequência da qual ninguém reclama porque já se incorporou à rotina. Quem são os responsáveis por aquilo? E eu digo a todos os senhores: os responsáveis por aquilo são o governo do Estado do Maranhão, a Prefeitura de São Luís e nós enquanto parlamentares e fiscalizadores do Executivo. Não fugirei da minha responsabilidade”, finalizou o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia.

Imagens do caos no Socorrão II 

socorrao 2

socorrao 1

Publicado em: MARANHÃO

Deputado Wellington cobra esclarecimentos ao DNIT sobre a duplicação da BR-135

wellington 2

O deputado Wellington do Curso (PPS) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (6), para solicitar à Mesa Diretora a aprovação de uma moção de repúdio ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) que não prestou os devidos esclarecimentos conforme solicitado no requerimento apresentado no dia 19 de fevereiro de 2015, por meio do qual o deputado cobra informações sobre o andamento das obras de adequação e duplicação da BR-135.

De acordo com o parlamentar, os motivos da moção relacionam-se com a lesão e os transtornos que, segundo ele, os maranhenses sofrem sempre que precisam trafegar pela rodovia.

“Nos feriados prolongados, como aconteceu no Carnaval e no período de Semana Santa, muitos maranhenses perderam longas horas em engarrafamento. Os maranhenses sofrem diariamente na entrada e na saída de São Luís, o que é um total desrespeito. Dei entrada em uma moção de repúdio ao DNIT e reiterei ao presidente da Assembleia o requerimento que solicita informações sobre a obra de adequação da BR-135, que deveria ter sido concluída em outubro de 2014, mas foi prorrogada para agosto de 2015”, destacou.

Na oportunidade, Wellington requereu uma audiência pública com a Comissão de Obras da Assembleia e representantes do DNIT e do Ministério de Transportes para discutir políticas públicas e cobrar esclarecimentos sobre a duplicação e reestruturação da BR- 135.

Publicado em: MARANHÃO