Vídeo mostra baratas tomando conta do hospital de Imperatriz

O deputado Wellington do Curso (PPS), postou um vídeo no Facebook denunciando o caos no Hospital Municipal de Imperatriz, sob o comando do prefeito Sebastião Madeira (PSDB).

No vídeo, é possível vê as paredes do hospital infestada de baratas. Uma verdadeira imundice.

‘Ė a verdade nua e crua, meu irmão ficou em um leito do hospital onde a sujeira predominava, enfermeiras grossas, que não davam informação de nada , agora para quem não usa o Socorrão está ótimo, e vou dizer mais essa parte da frente do hospital está bem melhor do que lá dentro, comentou a internauta Symonne Rocha, assim que o vídeo foi postado.

Cadê os vereadores de Imperatriz que não veem isso? E os deputados?

Ridículo.

Veja o vídeo que já foi compartilhado por 141 internautas até às 3h destes terça-feira (01/09).

Imagem de Amostra do You Tube

 

Wellington do Curso denuncia precariedade do hospital de Imperatriz (MA)

Em um vídeo gravado por Wellington, por todos os cantos do hospital se vê baratas nas paredes

Wellington em Imperatriz

Durante sua ida a Imperatriz, após cumprir vários compromissos políticos, o deputado Wellington do Curso (PPS) fez uma visita surpresa, na tarde da última sexta-feira (28), ao Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão), onde ficou estarrecido com a situação encontrada.

De acordo com o parlamentar, o Hospital encontra-se em estado de precariedade e desumanidade e, ao falar com pacientes, pôde comprovar as principais problemáticas daqueles que precisam do sistema municipal de saúde.

“Ao conhecer de perto o hospital municipal de Imperatriz, pude comprovar quanto a nossa saúde ainda encontra-se na ‘UTI’. Ao passar por cada parte vemos o caos: super lotação, pessoas atendidas nos corredores (macas nos corredores), pacientes tomando soro nos corredores e segurando as bolsas de soro na mão, baratas por todos os lados, dentre tantas outras mazelas que ferem a dignidade humana. O hospital de Imperatriz está jogado às baratas! Enquanto representante do povo maranhense e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, não me calarei diante de atos desumanos como este”, relatou.

Ao discorrer sobre as problemáticas do Socorrão de Imperatriz, durante seu pronunciamento na sessão desta segunda-feira, Wellington destacou o artigo 196 da Constituição Federal de 1988 que defende a saúde como direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução de risco de doenças.

Na ocasião, o parlamentar encaminhou requerimentos ao Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (CAOp) do MP, solicitando a fiscalização no Hospital Municipal de Imperatriz; e à secretária municipal de saúde, Conceição Madeira, solicitando esclarecimentos sobre a prestação de serviços de saúde no município, a superlotação, atendimento desumano nos corredores do Hospital, dentre outras mazelas que prevalecem no local.

Filiação da prefeita de Paraibano no PDT deixa o deputado Pedro Fernandes irritado

A prefeita Aparecida é mais uma que abandona o barco da oligarquia Sarney onde esteve por várias décadas.

Aparecida

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) não está nem um pingo contente com a prefeita Aparecida Furtado (ex-PV e agora PDT).

Segundo apurou o blog, o deputado não sabia da filiação da prefeita no PDT. Nem sequer foi avisado. O parlamentar soube da filiação através de amigos que estavam na convenção do partido, realizada na sexta-feira (28), em São Luís.

‘Pedro está chateado com ela (Aparecida Furtado). É uma falta de consideração.  A filiação da Aparecida foi uma traição com T bem maiúsculo. Depois de tantos benefícios e dedicação por Paraibano, o deputado federal Pedro Fernandes  é traído pela atual prefeita ao se filiar no PDT, o que consequentemente a levaria para o lado de Weverton Rocha (PDT), presidente da sigla’, revelou um fonte em contato com o blog.

Agora no PDT, a prefeita tem a obrigação de apoiar Weverton Rocha em 2018, caso negue o apoio, estará cometendo infidelidade partidária.

Histórico de filiações

Em 1998 Aparecida foi eleita deputada estadual pelo Partido Liberal (PL), hoje Partido da República (PR). No ano 2000  Aparecida foi eleita prefeita de Paraibano pelo antigo PFL (hoje DEM), em 2004 reeleita  pelo mesmo partido. Em 2012 disputou a eleição pelo PV e foi eleita prefeita pela quarta vez.

Em todos os partidos que esteve filiada, Aparecida sempre foi ferrenha defensora da oligarquia Sarney. Agora filiada no PDT, a prefeita abandona o barco sarneyzista.

Veja como e com que André Fufuca torrou R$ 145.755,00

André Fufuca

O deputado federal André Luiz Carvalho Ribeiro (PEN), vulgo André Fufuca, já torrou R$ 145,755,00 (cento e quarenta e cinco mil e setecentos e cinquenta e cinco reais) desde que assumiu o cargo em fevereiro deste ano. O valor é referente a cota para o exercício da atividade parlamentar.

Deste valor, a empresa ALC Agência Digital, com sede em Brasília-DF, abocanhou R$ 44.037,00, já a empresa Popsicle Digital Flavours Com. 360º Prod. Aud. Ltda ME, com sede em São Paulo-SP, recebeu R$ 27.600,00.

A empresa AMB Sonorizações recebeu R$ 9.500,00 e a Carvalho de Matos Sociedade de Advogados recebeu R$ 9.200,00.

O parlamentar tem ainda o salário de R$ 33.733,00 e conta com 25 assessores com salários que variam entre R$ 1.690,00 e R$ 12.940,00.

Saiba mais

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal André Fufuca

Veja como Fufuca torrou o dinheiro.

André Fufuca – PEN/MA
Classificação da despesa (mês de fevereiro de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.500,00
Emissão de bilhete aéreo R$ 4.937,71
Fornecimento de alimentação do parlamentar R$ 86,40
Serviços postais R$ 128,86
Telefonia R$ 462,04
TOTAL R$ 10.115,01
   
Classificação da despesa (mês de março de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.500,00
Consultoria, Pesquisas e Trabalhos Técnicos R$ 34.037,70
Emissão de bilhete aéreo R$ 13.430,00
Fornecimento de alimentação do parlamentar R$ 134,93
Hospedagem, exceto do parlamentar no Distrito Federal R$ 279,00
Serviços postais R$ 382,02
Telefonia R$ 477,43
TOTAL R$ 53.241,08
   
Classificação da despesa (mês de abril de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.900,00
Divulgação da atividade parlamentar R$ 9.200,00
Emissão de bilhete aéreo R$ 1.570,08
Fornecimento de alimentação do parlamentar R$ 101,90
Manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar R$ 3.010,00
Serviços postais R$ 47,69
Telefonia R$ 281,44
TOTAL R$ 19.111,11
   
Classificação da despesa (mês de maio de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.736,11
Divulgação da atividade parlamentar R$ 9.200,00
Fornecimento de alimentação do parlamentar R$ 148,83
Hospedagem, exceto do parlamentar no Distrito Federal R$ 152,20
Manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar R$ 1.657,98
Telefonia R$ 103,07
TOTAL R$ 15.998,19
   
Classificação da despesa (mês de junho de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.461,06
Consultoria, Pesquisas e Trabalhos Técnicos R$ 9.000,00
Divulgação da atividade parlamentar R$ 11.200,00
Hospedagem, exceto do parlamentar no Distrito Federal R$ 345,70
Locação ou fretamento de veículos automotores R$ 5.000,00
Manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar R$ 509,75
Telefonia R$ 228,28
TOTAL R$ 30.744,79
 
Classificação da despesa (mês de julho de 2015) Valor
Combustíveis e lubrificantes R$ 4.500,00
Divulgação da atividade parlamentar R$ 10.000,00
Manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar R$ 2.045,00
TOTAL R$ 16.545,00
TOTAL GERAL (até julho de 2015) 145,755,00

Prefeita ostentação postava selfies e governava Bom Jardim pelo Whats App

Folha de São Paulo

lidiane-1

Entre festas, eventos sociais e a academia de ginástica, a prefeita Lidiane Leite (PRB), 25, administrava Bom Jardim com os dois polegares e a 275 km de distância, em São Luís.

Era por meio de um grupo no aplicativo de mensagens WhatsApp, batizado de “Força Tarefa”, que a prefeita despachava com secretários, no mesmo celular que usava para tirar fotos de si mesma.

Foragida há uma semana, desde a deflagração da Operação Éden, da Polícia Federal, ela é suspeita de desviar R$ 15 milhões da educação da cidade, onde há escolas funcionando debaixo de árvores.

Lidiane chegou ao cargo por acaso. A dias da eleição de 2012, assumiu a candidatura no lugar do namorado, o pecuarista Beto Rocha, barrado pela Lei da Ficha Limpa.

Eleita prefeita, nomeou o namorado como seu secretário de Assuntos Políticos. Preso na semana passada pela Polícia Federal, Beto é quem tocava o dia a dia da prefeitura, segundo políticos locais.

Antes, Lidiane vendia leite na porta de casa e ajudava a mãe em uma loja de roupas. Deixou a vida de classe média após conhecer Beto, que tem patrimônio pessoal avaliado em quase R$ 14 milhões, segundo a Justiça.

Enquanto tocava a administração da prefeitura, Lidiane passou a enfrentar acusações de corrupção. Foi afastada do cargo três vezes, mas voltou amparada por decisões judiciais provisórias.

Ela responde a ações por cortar salários dos professores, não cumprir o calendário escolar e não regularizar o fornecimento de merenda. Na quinta (27), o Ministério Público do Maranhão pediu o afastamento da prefeita.

Acossada pelas investigações, a prefeita ainda sofreu baixa pessoal e política no início do ano: rompeu o relacionamento com Beto Rocha, que deixou o cargo de secretário.

OUTRO LADO

O advogado Carlos Barros alegou, ao pedir o habeas corpus de Lidiane, que ela assumiu o cargo “em tenra idade” e delegou funções ao namorado “por inexperiência e confiança”. Barros disse que ela “está sofrendo” e fugiu numa decisão “impulsiva”.

A Folha não localizou o advogado do pecuarista Beto Rocha na semana passada.

Bom Jardim escola

Escola de Bom Jardim, onde alunos estudam debaixo de árvore por falta de salas

Roberto Rocha anuncia pré-candidatura a prefeito de São Luís

Devemos dar a atenção que São Luís precisa disse Roberto Rocha

A pré-candidatura do Senador Roberto Rocha à prefeitura de São Luís, anunciada durante o encontro regional do PSB no Maranhão, neste sábado (29), na presença do Governador Flávio Dino (PC do B), do presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, e das maiores lideranças do PSB no Maranhão, deu nova panorâmica à sucessão municipal na capital maranhense.

Roberto Rocha declarou que a sua decisão pela pré-candidatura tem um novo olhar: “não podemos trabalhar por São Luís com obras emergentes, feitas poucos meses antes das eleições. São Luís é uma capital. O que se realiza nela influencia todo o nosso estado. Devemos dar a atenção que a capital precisa. As decisões que se referem às eleições municipais são acordadas pelas executivas municipal e nacional. O PSB é um partido democrático e exerce essa democracia. Algumas lideranças do partido já vinham relacionando meu nome a essa candidatura”, declarou o senador, ao justificar sua decisão de concorrer às eleições.

Rocha lembrou ainda que não é a primeira vez que concorre para a sucessão municipal. “como candidato na chapa do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em uma eleição vitoriosa, fui vice-prefeito de São Luís e tive a oportunidade de andar pela cidade, acompanhar os problemas e sei que esta cidade precisa de um novo olhar”.

O anúncio da pré-candidatura foi feito na presença de centenas de pessoas que participavam da vasta programação do encontro, incluindo o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que veio a São Luís especialmente para o evento. Alguns minutos antes, o Deputado Estadual Bira do Pindaré havia anunciado sua pré-candidatura a prefeito. O Partido Socialista Brasileiro, agora, acumula duas pré-candidaturas à prefeitura de São Luís. Roberto Rocha, por usa vez, garante um feito inédito no Maranhão, que tem pela primeira vez, um senador se lançando a pré-candidatura de prefeito.

Como senador, Roberto Rocha já defendia, desde o início do seu mandato, alguns projetos voltados para a capital maranhense, a exemplo da criação de um Parque Ambiental, o apoio no senado à instalação da segunda esquadra da Marinha do Brasil em São Luís e um projeto de revitalização da Lagoa da Jansen.

Professores de Colinas (MA) vão às ruas reivindicar redução da carga horária

Colinas 1

Colinas 2

Insatisfeitos com a jornada de trabalho acima da lei do piso , o Núcleo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA) em Colinas realizou na manhã de desta sexta – feira (28/08) uma manifestação em favor da implantação das 13 horas semanais . O ato , que também cobrou a nomeação de excedentes do concurso da rede municipal realizado em 2014 , aconteceu na Praça Henrique Leite centro colinense.

Segundo a coordenadora do  Núcleo do SINPROESEMMA de Colinas , Ana Paula , os professores cobram a destinação de um terço da carga horária para o planejamento escolar , como determina  a Lei do Piso , aprovada pelo Congresso Nacional em 2008.

A dirigente ressalta ainda que os profissionais da rede municipal estão cumprindo uma carga horária composta por 15 horas semanais  , a interação entre os docentes e os educandos não deve exceder as 13 horas semanais .

“A grande insatisfação dos professores de Colinas é a jornada de trabalho . A categoria quer cumprimento imediato das 13 horas semanais , como ocorre na rede estadual” destaca Ana Paula.

Excedentes a manifestação também defenderam a importância da convocação dos excedentes do concurso público de 2014. Os dirigentes do sindicato rebatem os argumentos da falta da falta de orçamento , levantados pela Secretaria Municipal de Educação , porque a nomeação dos excedentes , em substituição dos contratos , vai prevenir os cofre da prefeitura do pagamento de mais multas , já que isso vem acontecendo em anos anteriores por diversas irregularidades trabalhistas na contratação de profissionais sem concurso.

Fenômeno da Superlua

DSC_1803

Lua cheia nasce no horizonte da cidade de São Luís, neste sábado, em fenômeno conhecido como “Superlua”. O evento acontece quando ocorre uma lua cheia no período entre 24 horas antes ou depois de a lua atingir o perigeu (ponto mais próximo da Terra).

Foto: Hilton Franco.

Preparem câmeras e celulares: temporada de Superluas começa neste sábado

superlua2

UOL Notícias

Neste sábado (29), a Lua vai parecer maior e mais brilhante. O perigeu, quando o satélite está no ponto mais perto da Terra, coincide com a fase cheia, por isso teremos uma Superlua.

Já reparou como a Lua parece maior e com um colorido mais intenso quando está baixa? É neste momento em que ela surge no céu que podem ser feitas as melhores fotos.

“Com a Lua no horizonte é mais fácil para comparar seu tamanho”, explica o astrônomo Gustavo Lanfranchi.

“Ainda que não seja algo especial do ponto de vista científico, é sem dúvida um fenômeno muito poético e romântico”, afirma Geza Gyuk, astrônomo do Adler Planetarium em Chicago, nos Estados Unidos. “As pessoas não deveriam se preocupar em encontrar o melhor lugar ou hora, apenas olhar para o alto e admirar a lua o quanto puderem.”

A maior aproximação da Terra se repete a cada 29 dias, mas a Superlua só acontece na fase cheia, então neste ano o fenômeno ocorrerá mais duas outras vezes: nos dias 28 de setembro e 27 de outubro.

A órbita do satélite ao redor da Terra é elíptica, portanto há um ponto mais distante (apogeu) e um mais próximo (perigeu), aproximadamente 50 mil km mais perto.

A última vez que pudemos ver a lua gigante foi em setembro de 2014, e a maior Superlua será a de setembro.

Brasil tem mais de 204 milhões de habitantes, segundo o IBGE

G1

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicado nesta sexta-feira (28) no “Diário Oficial da União” aponta que o Brasil tem 204.450.649 habitantes. Os dados se referem a julho de 2015. Em 2014, o IBGE havia estimado a população em 202 milhões.

O estado mais populoso, segundo o levantamento, é São Paulo, com 44.396.484 pessoas. Roraima é onde há menos habitantes, 505,6 mil.

O segundo estado de maior população é Minas Gerais, com 20.869.101. Depois vem o Rio de Janeiro, com 16.550.024.

Veja a população por estado, segundo o IBGE:

Norte
Rondônia: 1.768.204
Acre: 803.513
Amazonas: 3.938.336
Roraima: 505.665
Pará: 8.175.113
Amapá: 766.679
Tocantins:1.515.126

Nordeste
Maranhão: 6.904.241
Piauí: 3.204.028
Ceará: 8.904.459
Rio Grande do Norte: 3.442.175
Paraíba: 3.972.202
Pernambuco: 9.345.173
Alagoas: 3.340.932
Sergipe: 2.242.937
Bahia: 15.203.934

Sudeste
Minas Gerais: 20.869.101
Espírito Santo: 3.929.911
Rio de Janeiro: 16.550.024
São Paulo: 44.396.484

Sul
Paraná: 11.163.018
Santa Catarina: 6.819.190
Rio Grande do Sul: 11.247.972

Centro-Oeste
Mato Grosso do Sul: 2.651.235
Mato Grosso: 3.265.486
Goiás: 6.610.681
Distrito Federal: 2.914.830