Praça do Viva Jaracati, em São Luís está desprezada

Hilton Franco

Moradores "reformam" a Praça do Viva Jaracati.Foto:Hilton Franco

A praça pode ser definida, de maneira ampla, como qualquer espaço público urbano, livre de edificações que propicie convivência e/ou recreção para os seus usuários.

As imagens captadas mostram que o conceito de praça está totalmente furado. Motivo: Abandono.

E devido o abandono os moradores do bairro Jaracati, em São Luís, cansados da política do Pão e Circo,  resolveram se juntar e reformar a principal praça que se encontra desprezada.

Com um carro de mão, uma pá, uma enxada e  muito suor os três moradores resolveram reformar a praça do Viva Jaracati, construida pelo governo do Maranhão.

Abandonada pelo poder público, a praça está totalmente precária – o capim toma conta das calçadas, bloquetes de cimento deteriorados pela erosão e os postes estão sem iluminação, tornando a área perigosa à noite.

Bloquetes de cimento.Foto:Hilton Franco

Talvez poucos moradores do entorno da praça do Viva Jaracati saibam, mas foram nas praças que muitas revoluções eclodiram.

Na França, o palco foi a Praça da Concórdia, na China, a Praça da Paz Celestial, em Cuba, a Praça da Revolução, na Argentina Praça San Martín entres tantas outras.

Que tal os moradores da praça do Viva Jaracati fazer uma revolução  e exigir do Governo uma ampla reforma?

Espera-se que com a  “reforma” feita pelos moradores, a praça volte a ser um local  onde o povo se reúna para fins comerciais, políticos, sociais ou religiosos ou, ainda, onde se desenvolvem atividades de entretenimento.

Boa Sorte!

Quero lembrar que no interior do Maranhão, a situação é similar ou pior, pois os prefeitos e vereadores  nada fazem.