Acidente na BR-135 deixa mãe e filho mortos, em Paraibano (MA)

DSC_5120

DSC_5118

DSC_5152

Uma batida frontal entre um caminhão e um veículo de passeio na BR-135, no povoado Coqueiro, a 12 km de Paraibano (MA),  deixou duas pessoas mortas no final da tarde desta quinta-feira (14).

Segundo a Polícia Militar, Erimilte Pacheco Silva vinha de Fortaleza (CE), com seu filho Lucas Pacheco, de 17 anos, com destino a Porto Franco (MA) em um Hyundai BH20, quando após o veículo cair em um buraco e perder o controle bateu de frente com um caminhão Mercedes Benz, que seguia no sentido contrário. O caminhão carreado de abacaxi tombou após a colisão. O caminhoneiro identificado por Nivaldo Eduardo Vieira, de 51 anos não se feriu.

A mulher morreu no local, o seu filho Lucas Pacheco ainda foi socorrido com vida e levada para a UPA de São João dos Patos (MA) e depois para Presidente Dutra (MA), onde não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Por conta do acidente os moradores do povoado Coqueiro cavaram uma vala na rodovia, incendiaram pneus e colocaram galhos de árvores.  A rodovia está interditada desde as 18h de quinta-feira (14).

A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal estiveram no local, mas não conseguiram liberar a pista. Os moradores garantem que a pista só será liberada com a presença de um representante do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT).

O buraco tem mais de 5 anos e já provocou vários acidentes. Agora são quatro mortes causada por esse buraco.

Fotos: Hilton Franco