Assembléia do Maranhão deveria apertar o cerco contra faltosos e “turistas”

Hilton Franco

Arnaldo Melo (PMDB),presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão.Foto:Google

Essa sugestão vai para o novo presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão, o deputado Arnaldo Melo (PMDB).

Formalmente, vou chamar de Vossa Excelência, apesar de nem todos merecerem, pois de excelente a maioria deles não tem nada.

Deputado Arnaldo Melo, como prosposta para seu mandato como presidente do Poder Legislativo maranhense sugiro a Vossa Excelência:

  • Que os deputados passem a registrar presenças três vezes durante cada sessão: uma no começo da reunião, outra no início da votação da ordem do dia e a terceira, no final da sessão.

A intenção é ter um registro mais fiel da participação dos parlamentares, já que muitos deputados costumam registrar presença no início da sessão e depois deixam o plenário.

  • Publicação na internet, das justificativas oficiais dos deputados ausentes. “Assim se a justificativa para várias ausências for sempre a mesma, o próprio eleitor vai poder analisar”.

As duas propostas são  do deputado Valdir Rossoni (PSDB) , presidente da Assembléia Legislativa do Paraná.

O Regimento Interno da Assembleia Legislativa do Maranhão no capítulo IV Da Perda do Mandato, no Art.21 inciso III, diz que PERDERÁ O MANDATO o deputado que deixar de comparecer, em uma sessão legislativa, à terça parte  das sessões ordinárias da Assembléia Legislativa, salvo em licença ou missão por esta autorizada

Sabemos que na  prática, porém, essa norma jamais foi cumprida, já que os deputados muitas vezes faltam às sessões sem qualquer punição, ou sequer, desconto nos salários. Além disso, os parlamentares apresentam justificativas sem que haja controle ou verificação da veracidade das mesmas, e têm as faltas abonadas sem discussão.

Que tal a Mesa  Executiva implantar as referidas propostas? O povo maranhense agradece. Quem não vai gostar da idéia é o deputado Carlos Filho (PV), um dos mais faltosos segundo o noticiário local.

Eita Maranhão Pai D` Égua!

Ah, essa idéia também é válida para as Câmaras Municipais do interior do Maranhão, onde os edis se reunem apenas uma vez por semana, isto é, quando se reunem.