Bueiros sem tampa da CAEMA viram armadilhas nas ruas de São Luís

Tem bueiro sem tampa há mais de 2 anos e CAEMA não resolve a situação. Professor Hilton Franco foi vítima de um bueiro destampado e perdeu um pneu na noite de sexta-feira(6)

As ruas e avenidas de São Luís estão tomadas por bueiros sem tampa da CAEMA (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão).

Indignado com a situação, o professor Hilton Franco resolveu tirar fotos na segunda-feira (16) para mostrar o perigo que os bueiros sem tampa representam para quem transita pelas ruas e avenidas da capital maranhense.

Tem bueiro que está sem tampa há dois anos. É o caso do bueiro da avenida Jerônimo de Albuquerque, no retorno da Cohama. Em abril deste ano um carro foi flagrado com o pneu dentro do bueiro. Veja aqui.

‘Caí no bueiro e o pneu cortou. Tive um prejuízo de R$ 110,00, pois tive que comprar um novo pneu’, conta Hilton que caiu no bueiro da Estrada de Ribamar, no bairro Planalto Aurora. Veja aqui.

No bairro Cohab, na avenida Jerônimo de Albuquerque as marcas de frenagem no asfalto mostra que vários carros já caíram no bueiro destampado. ‘Todo dia tiro foto de carro nesse buraco’, disse um vendedor.

Os bueiros destampados se tornaram verdadeiras armadilhas e tem causado prejuízos aos motoristas. A CAEMA nada faz para resolver a situação.

Veja cinco bueiros sem tampa da CAEMA que estão causando transtornos aos motoristas.

Bueiro 1
Local: Avenida Jerônimo de Albuquerque, próximo ao retorno da Cohama
Tempo sem tampa: mais de 2 anos

DSC_0954

DSC_0955

Bueiro 2
Local: Avenida Jerônimo de Albuquerque, próximo ao Banco do Brasil
Tempo sem tampa:  5 meses

DSC_1012

DSC_1015

Bueiro 3
Local: Rua do Aririzal, próximo ao Condomínio Residencial Itália
Tempo sem tampa:  2 anos

DSC_1017

DSC_1021

Bueiro 4
Local: Retorno do Mix Mateus, na avenida Guajajara
Tempo sem tampa:  2 meses

DSC_1011

DSC_1009

Bueiro 5
Local: Estrada de Ribamar, no Planalto Aurora, em frente a Escola Cristã Evangélica
Tempo sem tampa:  2 anos

DSC_0999

DSC_1001