Campeonato Maranhense: Entenda a confusão envolvendo FMF, Moto Club e Sampaio Correa

A confusão envolvendo Federação Maranhense de Futebol, Moto Club e Sampaio Correa se arrasta desde o dia 17 de abril, quando a Federação Maranhense definiu que o Sampaio Correa teria a vantagem de jogar pelo empate contra o Moto Club, na semifinal do segundo turno.

Pelo regulamento, a interpretação era que o primeiro colocado do grupo B jogasse com a vantagem contra o segundo colocado do grupo A  da chave oposta, independente do número de pontos na contagem geral na fase de classificação do segundo turno. O Moto garantiu o primeiro lugar do grupo B com 6 pontos  enquanto que o Sampaio ficou em segundo lugar no grupo A com 8 pontos.

A partida entre Moto Club e Sampaio Correa foi realizada no estádio Castelão dia 20 de abril e terminou empatada em 2 a 2. O Moto chegou a abrir 2 a 0, mas o Sampaio empatou depois que um jogador do Moto foi expulso de campo. Se neste jogo tivesse um vencedor, não haveria toda essa confusão.

Com o resultado, o Sampaio garantiu vaga na final do segundo turno contra o Cordino. O Cordino venceu o Santa Quitéria na outra semifinal por 1 a 0.

O Moto então entra com um Mandado de Garantia junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA). O Papão do Norte alega que terminou em primeiro no grupo B e por isso jogaria pelo empate para ser finalista. 

No dia 21 de abril, a FMF suspende o Campeonato Maranhense de 2017 , até que todas as ações no TJD-MA sejam julgadas. Somente após as decisões do TJD, é que a final do segundo turno será agendada pela FMF.

Na  tarde de quarta-feira, dia 27 de abril,  o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) remarcou o julgamento do recurso do Moto Club que estava previsto para ser realizado na sexta-feira, dia 28 de abril, para a terça-feira, dia 02 de maio. O pedido de adiamento foi feito pelo Moto Club.  Após o TJD-MA anunciar o adiamento do julgamento, a FMF no mesmo dia, decidiu marcar os jogos entre Cordino e Sampaio para sábado, dia 29 de abril para quarta-feira, dia 02 de maio.

Na noite de sexta-feira, dia 28 de abril, o TJD-MA suspendeu o Campeonato Maranhense, após um pedido da defesa do Moto. A decisão foi entregue ao presidente da comissão de arbitragem, Marcelo Filho, que informou a suspensão da partida para os árbitros, que apitariam o jogo. O Sampaio já estava a caminho da cidade de Barra do Corda quando soube da suspensão do campeonato.

As 11h30 de sábado, dia 29 de abril, o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, informou que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concedeu liminar autorizando a realização do jogo entre Cordino e Sampaio válido pela primeira partida da final do segundo turno do Campeonato Maranhense. O pedido da FMF foi feito pela madrugada.

O jogo ente Sampaio e Cordino acontece e termina empatado em 1 a 1, no estádio Leandrão. A partida de volta estava marcada para acontecer na quarta-feira, dia 03 de maio, no estádio Castelão, ás 19h45.

Na noite desta terça-feira (02), o Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA) deferiu o pedido do Moto Club e mandou a Federação Maranhense de Futebol (FMF) mudar a final do segundo turno do Estadual, retirando o Sampaio e marcando os jogos entre Cordino e Moto. Impôs ainda uma multa R$ 10 mil por dia em caso de descumprimento por parte da organizadora da entidade.

Agora a partida da final do segundo turno será entre Moto e Cordino. O primeiro jogo acontecerá sábado, em Barra do Corda. O jogo da volta será na quarta-feira (10), no estádio Castelão. 

O Sampaio anunciou que vai recorrer da decisão junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).