Comerciante cria mais de 100 cobras em casa, em Juazeiro, na Bahia

Do G1 BA, com informações da TV São Francisco

Jiboia da Amazônia está entre as serpentes mais exóticas (Foto: Reprodução/TV São Francisco)

O comerciante José Soares é apaixonado por um animal que muita gente morre de medo. Ele construiu um criadouro de cobras em sua casa, em Juazeiro, a 494 km de Salvador. São 160 serpentes, algumas originárias do Brasil, como a jiboia, a sucuri, a salamanta e a mussurana. Outras foram importadas da Ásia, da África, da Austrália e dos Estados Unidos, como a piton e a corn snake.

Entre as mais exóticas estão a piton albina e a jiboia da amazônia. Todas essas serpentes não são venenosas. Mas na casa de José também tem exemplares de cobras peçonhentas, como a jararaca e a cascavel. Uma paixão que começou a ser cultivada há mais de 20 anos.
“Meu primeiro contato com a serpente foi quando eu estava passando em uma avenida e estavam matando uma cobra, eu interferi e não deixei matarem o animal. Como ela estava muito ferida, eu levei ela para casa e comecei a tratá-la sem ter conhecimento sobre serpentes, mas daí surgiu a minha paixão”, conta José Soares da Silva Neto.

Algumas serpentes que o comerciante possui chegam a seis metros de comprimento.

Para criar qualquer animal silvestre em cativeiro é preciso ter autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais. “É preciso fazer o registro no site do Ibama, para evitar conflitos futuros”, explica Carlos Sampaio, técnico do Ibama.

As cobras só se alimentam de animais vivos. Então, para alimentá-las, José também cria ratos. Por mês, os gastos com os animais chega a R$ 1.500. Mas apesar dos custos elevados, para ele, o mais importante é a preservação das serpentes.

“O trabalho que a gente faz tem uma parceria com o Ibama e nós recebemos animais oriundos da natureza, que vêm debilitados ou de alguma apreensão para cuidar deles”, pontua José.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Respostas para Comerciante cria mais de 100 cobras em casa, em Juazeiro, na Bahia

  1. Paulo Victor Portilho Costa disse:

    Gostei muito da matéria e da iniciativa, queria saber mais informações para que eu possa ser um criador também levando em conta que também sou apaixonado por serpentes.

  2. FÁBIO PONTES disse:

    GOSTARIA DO CONTATO DESSE SENHOR. EXISTE A POSSIBILIDADE DE ME PASSAREM O TELEFONE OU E-MAIL DELE?

    Resposta:
    Entre em contato com a BahiaTV, pelo site do G1.

  3. Lucas Santos disse:

    onde localiza esse serpentário em Juazeiro? Qual o bairro? gostaria de conhecer!!