Confira como votaram os deputados maranhenses na Câmara Federal

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 10, em primeiro turno, a mudança no tempo de mandato dos políticos para cinco anos, mas rejeitou o voto facultativo no País e a coincidência de datas das eleições. As mudanças começam a valer em 2020, mas só serão consolidadas em 2027.

Mandato de 5 anos.

Todos os cargos eletivos no Brasil: vereadores, deputado estadual e federal, senadores, prefeitos, governadores e presidente da República serão de 5 anos.

Se o texto for aprovado em segundo turno na Câmara e também no Senado, o novo tempo de mandato só começa a valer para os senadores em 2027. Isso porque os senadores eleitos em 2018 terão mandatos de nove anos. No caso de deputados estaduais e federais, governadores e presidente, o mandato de cinco anos começa a valer em 2022

O texto foi aprovado por 348 votos contra 110. Houve 3 abstenções.

Voto facultativo

Por 134 votos favoráveis e 311 contrários, os parlamentares decidiram derrubar a proposta de voto facultativo.

Dessa forma, o voto continua facultativo apenas para pessoas com idade entre 16 e 18 anos, analfabetos e maiores de 70 anos.

Eleições coincidentes

Após aprovar o mandato de cinco anos, o Plenário rejeitou, por 225 votos a 220, emenda que previa a coincidência das eleições municipais e gerais. Houve 3 abstenções.

Dessa forma, pelo fato de o mandato passar a ser um número ímpar, haverá pleitos a cada dois ou três anos: em 2016 (municipais), 2018 (gerais), 2020 (municipais), 2022 (gerais), 2025 (municipais), 2027 (gerais), 2030 (municipais) e sucessivamente.

Por se tratar de uma PEC, eram necessários 308 votos favoráveis para aprovar a emenda.

Veja como cada deputado votou.

DEPUTADOS

VOTO FACULTATIVO

COINCIDÊNCIAS DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS E GERAIS

TEMPO DE MANDATO DE 5 ANOS

Alberto Filho (PMDB)

NÃO

SIM

SIM

Aluísio Mendes (PSDC)

NÃO

SIM

NÃO

André Fufuca (PEN)

NÃO

SIM

SIM

Cléber Verde (PRB)

AUSENTE

AUSENTE

AUSENTE

Eliziane Gama (PPS) SIM NÃO NÃO
Hildo Rocha (PMDB) SIM SIM NÃO
João Castelo (PSDB) NÃO NÃO SIM
João Marcelo (PMDB) AUSENTE AUSENTE AUSENTE
José Reinaldo (PSB) NÃO SIM SIM
Júnior Marreca (PEN) SIM SIM SIM
Juscelino Filho (PRP) NÃO SIM SIM
Pedro Fernandes (PTB) SIM NÃO NÃO
Rubens Pereira Junior (PC do B) NÃO NÃO NÃO
Sarney Filho (PV) SIM SIM SIM
Victor Mendes (PV) NÃO NÃO SIM
Waldir Maranhão (PP) AUSENTE AUSENTE AUSENTE
Weverton Rocha (PDT) NÃO SIM SIM
Ze Carlos (PT) NÃO NÃO  SIM

Com informações da Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e Agência Câmara.