Congestionamentos em São Luís causam transtornos para os motoristas todos os dias

DSC_0833

Todos os dias os motoristas de São Luís perdem tempo nos congestionamentos em várias avenidas da cidade.

Na avenida Jerônimo de Albuquerque virou moda ficar  mais de uma hora nos congestionamentos entre as 7h e 10h e entre as 13h e 15h no sentido Cohab–Renascença.

Por dia perde-se mais ou menos duas ou três horas dentro do veículo nas ruas e avenidas de São Luís por conta da lentidão no trânsito.

O pior trecho é entre a Cohab e a Cohama. O congestionamento chega a mais de 4 km por conta três semáforos. O vilão maior é o semáforo em frente ao Hospital São Domingos. Após este semáforo o trânsito flui normalmente.

Poucos metros depois, no trecho da Curva do Noventa novo congestionamento por conta de um semáforo próximo ao colégio Upaon-Açu. Após o semáforo o trânsito volta a fluir novamente.

Na volta para casa, nos mesmos trechos a partir das 17h os congestionamentos se repetem.

Cabe mencionar que além dos semáforos, alguns motoristas trapalhões contribuem para a lentidão no trânsito.

‘O semáforo abre o o motorista perde tempo para sair e quando sai é lento.  Ainda há casos que o motorista anda pela faixa da esquerda como se fosse dono da pista’, conta Hilton.

Enquanto o prefeito Edivaldo Holanda (PTC) não cumpre as promessas de campanha voltadas para a mobilidade urbana – Central de Tráfego, BRT’S, Viaduto da Forquilha e do Calhau, os motoristas vão continuar perdendo tempo nos intermináveis congestionamentos.

Alô Edivaldo, cadê a mudança hein?

Foto: Hilton Franco

Saiba mais

Barbeiros trapalhões de São Luís provocam congestionamentos