Costa Rica vence Grécia nos pênaltis e enfrentará Holanda nas quartas

Folha de São Paulo

Navas e Gekas Costa Rica x Grécia (Foto: Reuters)

Navas voa para pegar cobrança de pênalti de Gekas, que classificou a Costa Rica para as quartas de final (Foto: Reuters)

Maior surpresa da Copa do Mundo, a Costa Rica se classificou para as quartas de final pela primeira vez, ao derrotar a Grécia por 5 a 3 nos pênaltis, após empate em 1 a 1 neste domingo (29), na Arena Pernambuco, na zona metropolitana do Recife.

A seleção da América Central vai enfrentar a Holanda no próximo sábado (5), na Fonte Nova, em Salvador.

O capitão Bryan Ruiz marcou para os costa-riquenhos, e, no último minuto do segundo tempo, o zagueiro Sokratis Papastathopoulos igualou.

A Costa Rica avançou às oitavas de final como líder do grupo da morte, invicta, à frente de três antigos campeões mundiais: Itália, Uruguai e Inglaterra.

A Grécia, campeã europeia de 2004, passou da fase de grupos de maneira inédita em três participações.

Aos 6 min do segundo tempo, Campbell atacou pela esquerda e tocou para Bolaños, que passou para Ruiz, na meia-lua, acertar o canto esquerdo com um chute fraco e abrir o placar para a Costa Rica.

O cenário era favorável aos costa-riquenhos, mas o zagueiro Duarte deu carrinho no lateral esquerdo Holebas, recebeu segundo cartão amarelo e foi expulso aos 20 min.

Os gregos ensaiaram uma pressão. Até que o goleiro Navas defendeu chute de Gekas na área, e no rebote Sokratis chutou de canela para igualar a contagem aos 45 min.

Na prorrogação, os gregos continuaram pressionando bastante, principalmente com cruzamentos para a área. Navas fez grandes intervenções.

Na disputa de pênaltis, todos os costa-riquenhos balançaram a rede. O atacante Gekas desperdiçou a quarta cobrança grega, com defesa de Navas. O zagueiro Umaña sacramentou a conquista da vaga.