Edinho Lobão diz que destinou R$ 4 bilhões ao Maranhão, mas valor no site do Senado não passa de R$ 67 milhões

Do Jornal Pequeno

Edinho em Sucupira do Norte, quando superfaturou o valor de suas emendasEm comício na cidade de Sucupira do Norte, realizado no último sábado (19), o candidato Edinho Lobão Filho (PMDB) declarou ter destinado R$ 4 bilhões ao Maranhão,.. No entanto, levantamento feito pela reportagem do Jornal Pequeno apurou que o valor total das emendas de Edinho Lobão de 2009 a 2013 somam apenas R$ 67 milhões, entre verbas destinadas ao Maranhão e outros estados.

Edinho Lobão afirmou, no mesmo discurso, que o Governo do Estado, através da governadora Roseana Sarney (PMDB) – sua aliada política – já teria gastado R$ 780 milhões. No pronunciamento, o candidato do PMDB disse ainda que teriam sobrado mais de R$ 3 bilhões para serem usados num eventual governo do PMDB.

“Eu, quando fui presidente da comissão de orçamento botei quatro bilhões de reais para o Maranhão. Roseana gastou 780 milhões. Eu tenho três bilhões e tanto pra fazer de obras no estado Maranhão. Pois eu vou construir a estrada, porque eu vou ter dinheiro para fazer a estrada. Dinheiro que eu botei lá,” disse o candidato, que ocupa uma cadeira no Senado pela suplência do pai, Edison Lobão.

Porém, o levantamento feito no site oficial do Senado Federal constatou que o valor total das emendas de Edinho Lobão soma R$ 67,1 milhões. Em comparação, o valor de emendas que constam no site do Senado corresponde a apenas 1,67% em relação ao valor que Edinho Lobão afirmou ter encaminhado ao Maranhão em seu discurso.

Consultada pela reportagem do Jornal Pequeno, a assessoria de Edinho Lobão afirmou que somente o Governo do Estado poderia se pronunciar a respeito da aplicação dos R$ 780 milhões narradas pelo candidato em Sucupira do Norte. A assessoria também foi procurada para falar sobre o valor divergente entre as emendas que constam no site do Senado e o valor descrito por Edinho Lobão no discurso, mas, até o fechamento desta edição.

A reportagem do Jornal Pequeno também procurou a Secretaria de Comunicação do Governo do Estado para falar sobre o assunto. Questionada sobre as obras que teriam sido executadas com os R$ 780 milhões e sobre o saldo bancário restante, a Secretaria de Comunicação também não se posicionou sobre o assunto.

Contra prefeitos

O discurso de Edinho Lobão também foi recheado de ataques aos prefeitos que não apoiam a sua candidatura, como é o caso de Edivaldo Holanda Júnior, Sebastião Madeira, Ribamar Alves e Luiz Rocha Filho (São Luís, Imperatriz, Santa Inês e Balsas, respectivamente). Em relação aos gestores públicos que não lhe apoiam, Edinho afirmou que eles podem ser “apedrejados” nas ruas pela população.

Coordenadores da campanha do PCdoB enxergam a atitude como incitação ao ódio entre os maranhenses. No último domingo, o senador José Sarney escreveu artigo em que nomeou lideranças de oposição através de palavras como “pivete” e “boca do inferno”. A postura de José Sarney foi duramente criticada pela imprensa de todo o país, como foi o caso da Revista Veja e do jornal Folha de São Paulo.