Eita Maranhão Pai d´égua.

Impressionante o estado do Maranhão quando refere-se a dados negativos.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou quinta-feira(19), que o Brasil, ultrapassando pela primeira vez a marca de um celular por habitante. Segundo os últimos números do IBGE, a população brasileira é de 193,6 milhões de habitantes.

O índice superior ao de países como a França, os Estados Unidos e o Japão.

Os primeiros são: a Rússia, com 1,62 celular por habitante; a Itália (1,43); o Vietnã (1,38); a Alemanha (1,37); o Reino Unido (1,33); a Espanha (1,21); e a Tailândia (1,07).

No Brasil,  o  maior índice de celulares por habitante são: o Distrito Federal (1,7), São Paulo (1,17), Mato Grosso do Sul (1,14), o Rio de Janeiro (1,11) e o Rio Grande do Sul (1,08).

O Maranhão (0,56), o Piauí (0,74),  o Pará (0,75) e a Bahia (0,79) têm os menores índices.

 Só lembrando,  Maranhão tem:

  •  IDH de 0,683, o segundo pior do país,
  •  a segunda pior expectativa de vida com média de 68,4 anos
  •  a terceira pior renda média com  R$ 699,30
  • 21% da população é analfabeta, o dobro do Brasil.
  • a segunda maior taxa de mortalidade infantil com 39 bebês mortos para cada grupo de mil.

É por isso, que o Maranhão é Pai d` égua!