Eliziane Gama tem o apoio do PSDB, PTB e Solidariedade para disputar o governo do Maranhão

Eliziane Gama, João Castelo, Simplício Araújo e Pedro Fernandes juntos.

Com a permanência da governadora Roseana no cargo até o final de seu mandato e a retirada da pré-candidatura de Luís Fernando (PMDB), a pré- candidatura da deputada Eliziane Gama (PPS) ao governo do Maranhão ganhou mais fôlego.

A deputada que estava na busca de um partido para se coligar, agora tem três partidos: PSDB, PTB e Solidariedade.

A decisão dos partidos em apoiar Eliziane aconteceu em Brasília nesta terça-feira (8) e contou com a participação dos deputados federais Pedro Fernandes (PTB), Simplício Araújo (SDD), Carlos Bradão e Pinto da Itamaraty (PSDB) e o ex-prefeito de São Luis, João Castelo.

Na reunião ficou decidido que o PTB indicará o vereador Pedro Lucas para o cargo de vice-governador e o PSBD indicará João Castelo para senador.

A coligação garantirá a reeleição de Pedro Fernandes, Simplício Araújo, Carlos Brandão e Pinto da Itamaraty para deputado federal e eleição Wellington do Curso e a reeleição de Neto Evangelista para deputado estadual. A deputada Gardeninha Castelo não sairá candidata.

Com a indicação de João Castelo para senador, a candidatura de Roberto Rocha (PSB), recebe uma ducha de água fria.

Fechada a aliança, Eliziane entrou de vez no páreo para para enfrentar Flávio Dino (PC do B) e Edinho Lobão ou João Alberto, ambos do PMDB.

Cabe ressaltar que Eliziane tentou se coligar com o PSB, contudo o partido sempre esteve disposto a se coligar ao PC do B, de Flávio Dino, partido que apoia Dilma (PT), mesmo o PSB tendo Eduardo Campos pré-candidato a presidente.