Exclusivo: Tribunal de Justiça do Maranhão mantém suspensão do concurso de Paraibano

pref de paraibano

Em decisão monocrática, na última sexta-feira (07/11), o Tribunal de Justiça do Maranhão, através da Terceira Câmara Cível, negou seguimento a um recurso interposto contra a decisão da justiça local que determinou a suspensão do concurso público de edital 01/2013 em Paraibano.

Com a decisão do relator desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa, está mantida a proibição de nomear e/ou dar posse aos aprovados no concurso em Paraibano/MA, que foi suspenso no mês de abril deste ano por suspeitas de ilegalidades na contratação da empresa organizadora, bem como por suposta fraude relacionada a uma grande quantidade de pessoas com parentesco ou ligadas politicamente à prefeita Aparecida Furtado (PV) que foram aprovadas e classificadas no certame.

A Ação Popular foi ajuizada pelo advogado ludovicense Ricardo Bruno Beckman Soares da Cruz em abril de 2014.

Relembre o caso:

Chamem o Ministério Público! No concurso de Paraibano-MA só passaram os parentes da prefeita

Resultado preliminar do concurso de Paraibano tem indícios de fraude

Justiça suspende concurso público de Paraibano

Exclusivo: Advogado que pediu anulação do concurso de Paraibano concede entrevista ao site do Hilton Franco

Foto/arquivo: Hilton Franco