Genro de ex-prefeito de Paraibano torra dinheiro no litoral da Bahia enquanto funcionários estão sem receber salários

 Funcionários públicos municipais de Paraibano não receberam salários no mês de dezembro

De boné verde, Caio. De blusa preta, Cruz e ao lado, Lêda e Kamenny.

Enquanto os funcionários públicos municipais de Paraibano-MA passaram o Natal e o Reveillon sem dinheiro no bolso, o genro do ex-prefeito Sebastião Pitó,  Osvaldo Coelho de Sousa , o Cruz, ex-secretário de finanças do município e sua esposa Lêda, ex-secretária de Educação, estão torrando dinheiro no litoral da Bahia.

Cruz, responsável pelas finanças do município, juntamente com o ex-prefeito Pitó sumiram da cidade e não pagaram o mês de dezembro dos funcionários públicos municipais.

Na foto, Cruz, Lêda e suas duas filhas desfrutam das benesses da vida na praia do Arraial d´Ajuda, em Porto Seguro-BA, distante cerca de 1.674 Km de Paraibano. A viagem foi realizada na novíssima Hilux SRV, do Cruz, comprada por R$ 144.300. Clique aqui e veja a tabela de preço da Toyota.

Caso tenham se hospedado em algum hotel, no Guia Quatro Rodas, a diária no melhor hotel de Porto Seguro( La Torre Resort), custa entre R$ 450,00 e R$ 850,00. O mais barato (Estalagem Porto Seguro), custa entre R$ 160,00 e R$ 180,00.

Vale ressaltar que na viagem há cinco pessoas curtindo a bela paisagem das praias na terra do axé.

Lêda, Karen, Cruz e Kamenny, em Porto Seguro, litoral da Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Respostas para Genro de ex-prefeito de Paraibano torra dinheiro no litoral da Bahia enquanto funcionários estão sem receber salários

  1. anonimo franco disse:

    Só para que vc fique atualizado,ele viajou de carro viu?Ah e eu acho que as empresas dele fornecem um lucro suficiente para se realizar uma viagem dessas tu não achas naum?A POLÍTICA JÁ ACABOU KRA,CHEGA DE CRITICAR ELES..JÁ TÁ BOM!!!FIQUE BAJULANDO A APARECIDA QUE TALVEZ VC GANHE MAIS!!!

    Resposta:
    Você tá por dentro hein?Obrigado, já fiz a alteração. Mas você acha justo os funcionários não receber salários e passar Natal e Ano Novo sem dinheiro?
    Não bajulo ninguém. Já cansei de dizer que não dependo de política.
    E quanto a criticá-los, vou publicar os desmandos deles que tive acesso, aí sim sendo FRANCO, paro de vez.

  2. anonimo franco disse:

    Ok..de nada..SOU BEM INFORMADO ASSIM COMO O SR….Justo eu não acho, agora também acho que ele pode ter viajado com o seu próprio dinheiro(sem ser o da prefeitura),tu não achas?O pagamento dos funcionários,não ocorreu pela falta do contador da prefeitura..Mas pelo menos o dinheiro ficou em caixa para que a digníssima prefeita faça os pagamentos e comece a se acostumar com o dinheiro da prefeitura…AH O AR

    Resposta:
    Você está bem informado meu caro.Estranho o contador saber que tinha que pagar e não assumir sua responsabilidade. Resultado: Tem uma galera com ódio mortal do Pitó, da Lêda e do Cruz por não terem recebido seus salários.

  3. virginia disse:

    pessoa desocupada vc… toma conta da tua vida… publica o saldo da conta conta isso vc não faz tenho certeza!

    Seu IP já está arquivado. Cuidado você, sua ratazana de esgoto. Manda o saldo que eu publico, puxa-saco.

  4. Amanda disse:

    Olha o que a patrocinadora do Hilton franco andou fazendo:

    “TCE condena ex-gestores a devolver mais de R$ 9 milhões aos cofres públicos
    Qua, 16 de Janeiro de 2013 16:18

    A ex-prefeita de Paraibano, Maria Aparecida Queiroz Furtado, foi condenada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) a devolver um total de R$ 5,2 milhões aos cofres públicos, decorrentes de gastos sem comprovação. Desse total, R$ 919 mil pertencem ao Fundo Municipal de Saúde (FMS), R$ 1,3 milhão saíram da administração direta e R$ 3 milhões são das contas do Fundo de Desenvolvimento do Ensino Básico (Fundeb).

    O TCE reprovou, na sessão do Pleno realizada nesta quarta-feira(17) as contas da gestora relativa ao exercício financeiro de 2008, incluindo contas de governo, gestão, Fundo Municipal de Saúde (FMS), Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) e Fundeb.

    O total das multas decorrentes das irregularidades é de R$ 1,1 milhão. Porém, como se trata de primeiro julgamento, a gestora tem possibilidade de reverter o quadro desde que apresente os documentos comprobatórios das despesas mediante recurso de reconsideração.

    O relator das contas foi o conselheiro-substituto Antonio Blecaute Costa Barbosa.

    Na mesma sessão, o ex-prefeito de Mata Roma, Lauro Pereira Albuquerque, foi condenado a devolver R$ 2,7 milhões aos cofres públicos, valor também decorrente da realização de despesas sem comprovação durante o exercício de 2008. Do total do débito, R$ 1,4 milhão correspondem a recursos do Fundo Municipal de Saúde, R$ 1,3 milhão dizem respeito a despesas da administração direta e R$ 32,8 mil são recursos do Fundeb.

    As irregularidades resultaram em multas no total de R$ 117,2 mil. Cabe recurso de reconsideração, uma vez que se trata de primeiro julgamento.

    Foram ainda reprovadas as contas de Celson César do Nascimento Mendes, relativas ao exercício financeiro de 2009 do município de Porto Rico do Maranhão, com débitos no total de R$ 1,3 milhão e multas no total de R$ 159,6 mil. Foram reprovadas as contas do Fundeb, da administração direta, de governo e do Fundo Municipal de Saúde. Somente as contas do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) foram julgadas regulares. Cabe recurso.

    O Tribunal também julgou irregulares as contas de Josélio Gonçalves Lima (Câmara Municipal de Davinópolis, 2008), com débito de R$ 53 mil e multas no total de R$ 27,5 mil.”

    Fonte: http://site.tce.ma.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=307:tce-condena-ex-gestores-a-devolver-mais-de-r-9-milhoes-aos-cofres-publicos&catid=34:noticias&Itemid=96

  5. thais disse:

    cade hilton, RESPONDA!!!