Greve em São José de Ribamar: 18 de abril, se o prefeito não atender a pauta dos educadores

Do site do SINPROESEMMA

Diante da recusa da Prefeitura de São José de Ribamar em não reajustar os salários dos professores da rede municipal de educação, a categoria decidiu, em assembleia, aprovar mais uma paralisação de advertência para dia quatro de abril e indicativo de greve para o dia 18, também de abril.

A decisão é uma resposta à falta de compromisso do prefeito Gil Cutrim com a educação pública e foi tirada no encontro dos trabalhadores, no último sábado, 23, na sede social do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinproesemma), no Laranjal.

Os educadores rejeitaram a proposta da prefeitura em efetuar o pagamento do reajuste do Piso Nacional do Magistério somente na folha de maio.  A proposição foi apresentada pelo Executivo durante a manifestação que ocorreu no dia 21 de março, na primeira paralisação da rede.

Greve

A contraproposta apresentada pelos trabalhadores e aprovada pela assembleia é o imediato pagamento do reajuste, já em abril, e que as diferenças retroativas, de janeiro a março,  sejam depositadas nas contas dos educadores no mês de maio. A Lei do Piso determina o reajuste dos salários dos professores no mês de janeiro de cada ano.

Temendo, mais uma vez, ser enganados, como aconteceu em dezembro do ano passado, os trabalhadores anteciparam a mobilização e decidiram aprovar indicativo de greve para dia 18 de abril. A promessa de atender os direitos dos educadores de Ribamar vem sendo feita pelo prefeito Gil Cutrim desde dezembro, quando os trabalhadores apresentaram a pauta de reivindicação.

Caos na educação

Os trabalhadores também denunciam as péssimas condições físicas das escolas de São José de Ribamar. Segundo eles, há, inclusive, instituições que não reúnem os requisitos básicos de funcionamento, colocando em risco professores e estudantes. Outo problema que vem se agravando no município é a interrupção da oferta de merenda escolar, que está prejudicando a permanência dos alunos na escola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uma Resposta para Greve em São José de Ribamar: 18 de abril, se o prefeito não atender a pauta dos educadores

  1. Macabeu disse:

    Prezado Hilton Franco,
    Uma pergunta que não quer calar!; O que é feito do C E O,(Centro de Especialidade Odontológico), de SJ de Ribamar? Preciso de uma ajuda para resolver um poblema. —Em agosto de 2012, meu cunhado pediu um consulta médica no CEO para somente um mês depois ser atendido, setembro precisamente, depois do atendimento de praxe , fez toda a extração para receber duas prótese total, depois faltou material!, passado 05 mêses até hoje, nunca mais teve material para confecção das prótese, e sempre que ligo pra lá, as atendente dizem que não tem nem previsão. Dezenas de pessoas estão nesta situação pelo descaso da autoridades de Ribamar. por favor, faça um post a esse respeito, eu os agradeço.

    Fone do CEO de SJ de Ribamar — 3224 6258, fico no aguardo desta gentileza1,.

    Resposta:

    Muito bom seu relato. Mande mais detalhes para hilton.franco@yahoo.com.br se possivel coloque foto também do local. aguardo