Índios mantêm 6 funcionários da Vale reféns no MA

Jornal O Tempo, de Minas Gerais

Índios Guajajaras da aldeia Maçaranduba da Terra Indígena Caru estão mantendo seis funcionários da empresa Vale reféns em Alto Alegre do Pindaré, no Maranhão. A informação foi confirmada pela Vale, que disse estar preocupada com a integridade física de seus funcionários e que já está tomando medidas necessárias.

Os funcionários da Vale foram feitos reféns após uma manifestação na Estrada de Ferro Carajás, na quarta-feira (9), na qual os índios pediam melhorias no atendimento de saúde de uma aldeia do local.

Em nota, a Vale informou que “nenhuma das reivindicações dos indígenas é direcionada à empresa. Ao contrário, a Vale está em dia com todas as cláusulas do acordo de cooperação firmado com a Funai em 2007 para apoio àquela comunidade”.

Ainda não há informações sobre as condições em que se encontram os reféns.