Irmãs gêmeas mais velhas do mundo completam 105 anos em Pernambuco

Diário de Pernambuco

Maria do Carmo e Maria Anunciada têm 105 anos e tentam o título de gêmeas mais velhas do mundo.

As aniversariantes do mês continuam se vestindo com roupas iguais e usando o mesmo penteado. Só os sapatos diferem Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

Nos pés está a diferença. Em meio a tantas semelhanças e uma rara cumplicidade, a única coisa que destoa daquele cenário são os pares de sapatos que calçam Maria do Carmo e Maria Anunciada Santana. O resto é igual: o coque no cabelo, a fivela marrom, o vestido florido, o sorriso no rosto, o afeto que sentem uma pela outra. Gêmeas, as irmãs completaram 105 anos no último dia 1º de novembro. São um caso raro de longevidade e, graças a isso, podem ter os nomes publicados no Livro dos Recordes, o Guinness World Records, com o título de ´as gêmeas mais velhas do mundo`.

Toda essa história começa no Sítio Camará, em Bom Jardim, onde as duas irmãs viveram a infância e a juventude. ´No interior, a gente só brincava. Era no balanço, no pé de jaca, no pé de goiaba`, lembra Anunciada. Naquele tempo, mulher não tinha como prioridade estudar e o casamento era a principal meta na vida. Por isso não passaram pelas bancas escolares, mas casaram, como pregavam as invisíveis regras sociais.

Coincidentemente, escolheram como maridos dois homens que eram primos entre si. Formaram família, criaram filhos. Hoje Maria do Carmo tem sete filhos, 45 netos, 56 bisnetos e cinco trinetos. A conta de Maria Anunciada não vai tão longe quanto a da irmã, mas é tão rica quanto: cinco filhos, 17 netos, 14 bisnetos e quatro trinetos.

Amigas, confidentes, carinhosas. Assim, cresceram e amadureceram para a vida sem nunca brigar, garantem. ´Toda noite lembro dela. Rezo para Santa Luzia porque ela não tem mais a vista por causa da catarata`, confessa a mais carinhosa, Anunciada, enquanto a outra descansa a cabeça no ombro da irmã. E qual o segredo da longevidade? Afeto e cuidado da família, diriam alguns; boa alimentação com frutas, diriam outros; ausência de stress, completam elas. De aparência tranquila, elas parecem ser muito felizes. E querem viver muito mais. ´Para mim, mais dez anos tá bom. Não, cinco anos`, corrige do Anunciada. ´Quero viver mais 50 anos`, completa do Carmo, provocando uma gostosa gargalhada em toda a família.

Depois de passaremsete meses separadas, voltaram a se encontrar para uma grande festa de aniversário, no último dia 5, em Carpina, onde ainda estavam até ontem. Durante muitos anos, Anunciada morou no Recife, enquanto do Carmo morava em Limoeiro. Imprevistos da vida levaram Anunciada para Salvador, onde foi morar com uma das filhas, o que terminou impedindo encontros mais constantes, como aconteciam anteriormente. A irmã continuou em Limoeiro, sendo cuidada pela família do neto.

A ideia de propor o nome das gêmeas no Livro dos Recordes partiu da professora universitária Zélia Santana, que é sobrinha de Anunciada e neta de do Carmo. ´Além de homenagear as duas, quero mostrar que no Nordeste não se vive tão mal como se diz. Na região, também temos casos de longevidade. Basta que a gente cuide bem dos idosos`, justificou. Há cinco anos, quando festejavam o centenário, o Diario contou a história das irmãs que já sonhavam em entrar no Guinness.

Dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) apontam que pessoas como do Carmo e Anunciada não são tão simples assim de encontrar por essas bandas. Isso porque, um total de 10,5% da população nordestina tem mais de 60 anos. Atualmente, o título de gêmeas mais velhas do mundo é das irmãs inglesas Lily Millward e Ena Pugh, que nasceram em 4 de janeiro de 1910 e têm 100 anos. ´Li isso em um jornal e decidi me comunicar com os editores do livro para falar da história delas`, comentou Zélia Santana.

Ao longo de pouco mais de um século, elas contam que estão satisfeitas com o que já fizeram na vida. Mas ainda pretendem viver muito. As duas não têm problemas de saúde, não tomam remédio e não fazem regime. Comem feijão, macarrão, pão com queijo, café com leite# Mais que isso, confessam, quase em segredo, que alimentam-se de afeto. (Marcionila Teixeira

Nota:

No  Guinness World Records atualmente, o recorde é de duas irmãs inglesas, que nasceram em 04 de janeiro de 1910 completaram 100 anos .