Moto Club vence Atlético-AC e volta à Série C após 12 anos

Com gols de Cris e Diego Valderrama, Papão do Norte supera o Galo diante de sete mil pagantes neste domingo. Time acreano chegou a perder pênalti no primeiro tempo

Globoesporte.com

Moto Club 2

Por João Paulo MaiaRio Branco, AC

O Papão do Norte está na Série C do Campeonato Brasileiro de 2017. O Moto Club fez valer a experiência, derrotou o Atlético-AC por 2 a 1, silenciou os sete mil torcedores pagantes no estádio Florestão, em Rio Branco, e se classificou para as semifinais da quarta divisão nacional. O jogo de volta das quartas de final da Série D foi disputado neste domingo (4).

O Moto Club se junta a Volta Redonda, São Bento e CSA nas semifinais da quarta divisão nacional. Os jogos das semifinais estão marcados para os dias 11 e 18 deste mês. A diretoria de competições da CBF deve divulgar os detalhes da reta final durante a semana.

Os 90 minutos

O Atlético-AC entrou em campo classificado, com o 0 a 0. Mas, sentiu a forte presença do torcedor. Nervoso, o jovem time acreano encontrou dificuldade em mostrar o mesmo futebol dos últimos jogos. Os visitantes aproveitaram e balançaram a rede aos 24 minutos. Após cruzamento na área, o goleiro Franco saiu mal e deu rebote nos pés do atacante Kléo. O jogador do Papão não desperdiçou e abriu o marcador na casa adversária: 1 a 0. Não deu nem tempo de comemorar. Três minutos depois, Eduardo, do Atlético-AC, foi derrubado por Felipe Dias na área. Na cobrança do pênalti, o camisa 7 bateu e o goleiro Márcio Arantes defendeu.

Precisando do gol para conseguir a classificação e o acesso, o Galo Carijó se lançou ao ataque na etapa final. Pressionou, fez mudanças, mas de nada adiantou. Com mais erros da zaga atleticana, aos 25, Diego Valderrama aproveitou e ampliou: 2 a 0. Dez minutos depois, Careca diminuiu após cruzamento em escanteio e incendiou o Florestão.

Com uma defesa consistente e mais tranquilo em campo, o time maranhense não deu espaço para o entrosado ataque celeste nos minutos finais. O silêncio da da decepção e as vaias da frustração dos torcedores no estádio após o apito final foram a trilha sonora do acesso do Papão do Norte.

 Veja como foi o Tempo Real da partida