O encanto das Chapadas

Diamantina, Guimarães ou Veadeiros? Uma fica na Bahia, outra em Mato Grosso e a terceira em Goiás. Todas, porém, compartilham uma beleza incomum, que cada vez mais atrai visitantes

Do site IG

Leia também

VEJA FOTOS DAS CHAPADAS

Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina-BA

Quem viaja para a Chapada Diamantina, na Bahia, para a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, ou para a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, invariavelmente retorna se achando um grande fotógrafo. Tudo bem, todo mundo tem direito a “15 minutos de Sebastião Salgado”. Mas, sem desmerecer as fotos de ninguém, o grande mérito é o das paisagens. É fácil trazer belas imagens (na câmera e na mente) desses dois recantos que somam milhões de anos e formam uma das belezas naturais de maior importância no Brasil.

Cachoeira Almécegas I, na Chapada dos Veadeiros, é muito procurada por praticantes de rapel

Ambas as chapadas acolhem visitantes que curtem natureza, trilhas e mais trilhas, banho de cachoeira e cenários inspiradores. Também atraem quem dispensa hotel cinco estrelas e ousa experimentar uma acomodação informal na casa de moradores da região. Ou uma barraca e um saco de dormir.

Cachoeira Véu da Noiva, na Chapada dos Guimarães, tem 86 metros de queda livre

Mas isso não significa privação de prazeres. Se viajar para as chapadas sempre soou aventureiro demais para seu gosto, saiba que cada vez mais é possível fazer um longo trekking no meio da mata e, à noite, dormir em uma cama macia e tomar um banho quente. Tudo isso porque os municípios e distritos que cercam as três regiões já perceberam o filão turístico e começaram a oferecer uma infraestrutura apurada. É escolher a sua e boa viagem.

ESCOLHA SUA CHAPADA

Clique Chapada Diamantina-BA

Clique Chapada dos Veadeiros-GO

Clique Chapada dos Guimarães-MT