Prefeito Edivaldo Holanda ficou mais pobre em 4 anos com salário de R$ 25 mil

edificio-edivaldo

Edifício Cordoba, apartamentos valem mais de R$ 1 milhão

Mesmo recebendo um salário de R$ 25 mil por mês, o prefeito Edivaldo Holanda (PDT) ficou mais pobre em R$ 100.290,45 em quatro anos.

Em 2012, o prefeito Edivaldo Holanda (PDT) declarou para a Justiça Eleitoral ter R$ 293.476,93 em bens. Em 2016, o valor declarado foi de R$ 193.186,48.

Edivaldo declarou possuir dois bens. Um depósito bancário no valor de R$ 3.186,48 e um apartamento no edifício Córdoba, localizado na Avenida dos Holandeses, avaliado pelo prefeito em R$ 190 mil. O mesmo declarado em 2012 e avaliado em R$ 115.235,05. Segundo um corretor de imóveis, um apartamento nesse edifício custa mais de R$ 1.000.000,00.

Em quatro anos, o valor recebido por Edivaldo na prefeitura supera a casa de R$ 1.200.000,00 ( hum milhão e duzentos mil reais). E mesmo com essa bolada, Edivaldo fez foi diminuir o seu patrimônio.

Na maior cara de pau, Edivaldo não declarou para a Justiça Eleitoral a bolada recebida em quatro anos. Mentir é feio, prefeito.

Edivaldo tem 37% e Wellington, 31%, na disputa em São Luís, diz Ibope

Do G1 MA

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (14) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura de São Luís:

–  Edivaldo Holanda (PDT): 37%
–  Wellington do Curso (PP): 31%
–  Eliziane Ganma (PPS): 10%
–  Eduardo Braide (PMN): 3%
– Fábio Câmara (PMDB): 1%
– Rose Sales (PMB): 2%
– Cláudia Durans (PSTU): 1%
– Zéluis Lag0 (PPL): 1%
–  Companheiro Valdeny (PSOL): 1%
– Branco/nulo: 8%
– Não sabe/não respondeu: 3%

No levantamento anterior, realizado pelo instituto, entre os dias 25 e 30 de agosto, Edivaldo Holanda Júnior tinha 29%, seguido por Wellington do Curso (20%), Eliziane Gama(16%), Eduardo Braide (5%), Fábio Câmara (5%), Rose Sales (5%), Cláudia Durans (2%) e Zeluís Lago (1%). Valdeny Barros não tinha pontuado. Brancos e nulos eram 12% e indecisos somavam 5%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante.

O Ibope ouviu  805 eleitores entre os dias 10  e  13  de setembro. A margem de erro é de  3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Maranhão (TRE-MA) sob o número  MA-00239/2016.

Rejeição
O Ibope também perguntou em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum.

– Eliziane Gama (PPS): 27%
– Edivaldo Holanda Júnior (PDT): 26%
– Fábio Câmara (PMDB): 18%
– Zeluís Lago (PPL): 18%
– Rose Sales (PMB): 15%
– Valdeny Barros (PSOL): 15%
– Cláudia Durans (PSTU): 13%
– Eduardo Braide (PMN): 12%
– Wellington do Curso (PP): 8%

Dos entrevistados, 4% não rejeitaram nenhum dos candidatos, e 18% não souberam ou não opinaram.

Segundo Turno
O Ibope também divulgou os cenários num eventual segundo turno.

Cenário entre Edivaldo Holanda Júnior e Wellington do Curso. Veja os números:
– Edivaldo Holanda Júnior (PDT): 42%
– Wellington do Curso (PP): 44%
– Branco/nulo: 10%
– Não sabem/não opinaram: 5%

Cenário entre Edivaldo Holanda Júnior e Eliziane Gama. Veja os números:
– Edivaldo Holanda Júnior (PDT): 51%
– Eliziane Gama (PPS): 29%
– Branco/nulo: 10%
– Não sabem/não opinaram: 5%

Cenário entre Wellington do Curso e Eliziane Gama. Veja os números:
– Wellington do Curso (PP): 56%
– Eliziane Gama (PPS): 25%
– Branco/nulo: 14%
– Não sabem/não opinaram: 5%

Avaliação da administração Edivaldo Holanda Júnior
Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação da administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Veja os números:
– Ótima/boa – 29%
– Regular – 46%
– Ruim/péssima – 22%
– Não sabem avaliar – 2%

Sucupira do Norte-MA : Ministério Público requer nomeação de aprovados em concurso público

Prefeito Marcony tem 30 dias para divulgar a lista dos servidores, cargo ocupado, função desempenhada, data de admissão, forma de provimento e o respectivo salário.

Site do Ministério Público

marconi

Em atendimento a Ação Civil Pública do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou que a Prefeitura de Sucupira do Norte se abstenha de celebrar novos contratos temporários ou de servidores de comissionados, ressalvadas as hipóteses excepcionais, desde que individualizadas e justificadas detalhadamente.

Ajuizada em abril pelo promotor de justiça Thiago de Oliveira Costa Pires, a ação foi motivada pelo grande número de servidores municipais sem concurso público ocupando cargos na Prefeitura de Sucupira do Norte.

Na decisão judicial, publicada em 3 de agosto último, foi fixado o prazo de 30 dias para que o Município faça a substituição dos contratados a título precário, cujas atividades tenham sido objeto do concurso público regido pelo Edital n° 001/2014, mediante convocação e posse dos aprovados, obedecida à ordem de classificação, inclusive de excedentes.

Também foi determinado que a Prefeitura forneça, em 30 dias, à Promotoria de Justiça da Comarca de Sucupira do Norte a lista completa de servidores da administração municipal, indicando o nome, cargo ocupado, função desempenhada, data de admissão, forma de provimento e o respectivo salário.

Em caso de descumprimento, o prefeito deverá pagar multa diária de R$1 mil até o limite de R$100 mil, sem prejuízo da eventual configuração de crime de desobediência ou responsabilização civil por improbidade administrativa.

Na Ação Civil, o Ministério Público solicitou, ainda, que um novo concurso seja realizado, no prazo de um ano.

Irregularidades

Em outubro de 2015, o MPMA abriu investigação para apurar contratações irregulares de pessoal, após denúncia de um aprovado no concurso público referente ao edital nº 01/2014.

Em 19 de janeiro de 2016, diversos aprovados no concurso relataram ao MPMA a contratação de agentes públicos pela Prefeitura de Sucupira do Norte sem concurso público.

Outros depoimentos foram tomados e o próprio prefeito, após diversos pedidos da Promotoria de Justiça para que revelasse a lista de servidores, confirmou a existência de contratados sem concurso público, embora não tenha revelado a quantidade nem a identidade dos funcionários.

O Ministério Público verificou, ainda, a existência de uma Ação Civil Pública, cuja liminar foi deferida em 6 de fevereiro de 2016, obrigando o município a realizar concurso público e de se abster de contratar servidores sem concurso.

Na ação, o promotor de justiça ressaltou que a decisão relativa à ACP não foi cumprida, mesmo com a multa diária arbitrada.

Em março de 2016, o MPMA expediu Recomendação para que, de forma imediata, o Município se abstivesse de contratar e renovar contrato com todos os servidores que ocupassem cargos para os quais já havia aprovados em concurso.

A Prefeitura alegou que não poderia atender a manifestação do Ministério Público porque o concurso tinha sido suspenso pela Justiça. Porém, a suspensão liminar já havia sido revogada, em 16 de abril de 2015, ou seja, quase um ano antes da Recomendação do MPMA.

“Não há limites, portanto, para a administração municipal de Sucupira do Norte. As ilegalidades não cessam. O disparate também não. Todos os meios e modos são utilizados para descumprir as leis e não atender as requisições do Ministério Público”, destacou, na ação, o promotor de justiça Thiago de Oliveira Costa Pires.

O município de Sucupira do Norte fica localizado a 511km de São Luís.

Criminosos explodem agência bancária em Paraibano, MA

Agência do Banco do Brasil já havia sido explodida dia 27/01/2016

Do blog Paraibano News

paraibano-banco-do-brasil-explodido

paraibano-banco-do-brasil

A madrugada desta segunda-feira (12) em Paraibano foi de terror. Bandidos detonaram explosivos e efetuaram disparos durante duas horas. Toda a ação foi ouvida pelos moradores que ficaram acuados em casa sem entender o que se passava. Os explosivos foram detonados em diversos pontos da cidade estrategicamente planejados pelos bandidos. O terminal de caixas e a sala de atendimento da gerência do banco que eram separados por vidros grossos, vieram abaixo com as explosões.

No início da manhã, populares informaram que os bandidos primeiro ficaram em frente ao Comando da Polícia no início da cidade, depois pegaram pessoas que se encontrava nas ruas, fecharam os acessos ao local onde ficam as agências bancárias e dos Correios, fizeram de refém também o segurança do Banco do Brasil e acuaram guardas noturnos de uma empresa de segurança que faziam a ronda.

Informações do comandante da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar em São João dos Patos, major Emerson Bezerra, relata que foram sete homens fortemente armados que realizaram a ação criminosa.

Ação

A ação começou por volta das duas horas e terminou por volta das três e meia da madrugada.

Os elementos explodiram todo o terminal do Banco do Brasil e tentaram explodir a porta de acesso à agência dos Correios, mas a porta é de chapa de aço e só houve ruptura da fechadura. O Banco do Bradesco que fica ao lado não foi atacado pelos bandidos.

Os bandidos também espalharam pregos na BR 230 no povoado Caminho Velho, próximo a São João dos Patos onde fica o 6º Comando da Polícia Militar, com o objetivo de furar pneus das viaturas policiais.

Em Paraibano após o terror, os bandidos seguiram para o bairro Marajá, onde libertaram os reféns e evadiram. O bairro tem várias saídas para diversos municípios.

A Polícia afirma que os bandidos conseguiram fugir em direção à cidade de Passagem Franca. Houve troca de tiros entre bandidos e policiais.

Os elementos estavam em dois veículos, sendo um carro de passeio ainda não identificado e uma Hilux. Já informados da ação dos bandidos, policiais de Passagem Franca e posicionados aguardaram, ao adentraram à cidade, os suspeitos empreenderam nova troca de tiros contra a guarnição.

Novamente os suspeitos conseguiram fugir retornando pela mesma via. No caminho, eles abandonaram os dois veículos e tomaram de assalto um carro modelo D-20 de cor vermelha e fugiram pela BR-135 em direção à Caxias. O major Emerson Bezerra afirmou que as buscas aos suspeitos vão continuar.

Os bandidos não conseguiram levar nenhuma quantia do Banco do Brasil, pois a agência ainda não havia sido abastecida. Porém levaram uma quantia dos Correios.

Em janeiro deste ano, a agência Banco do Brasil sofreu assalto e o mesmo tipo de destruição. A agência ficou parada por oito meses e voltou a funcionar há 20 dias. Informações de clientes afirmam que à noite as portas de vidros que dão acesso ao terminal dos caixas eram trancadas e escoradas com uma viga de madeira. Houve reclamações. Há rumores que a noite o dinheiro era retirado dos caixas pelo banco para evitar exatamente os assaltos.

Há meses as agências de Paraibano e Colinas, não funcionavam e os clientes se deslocavam para as agências de São João dos Patos ou Mirador para retirar dinheiro ou pagar contas.  Com a ação desta segunda-feira (12) novamente a via crucies dos paraibanenses vai se repetir e deve continuar por meses. Em relação a Colinas a informação é de que em outubro a agência volte a funcionar.

Insegurança em Paraibano

Em Paraibano o efetivo é de apenas oito policiais, a delegacia foi interditada pelo Ministério Público desde o ano passado, após um elemento fugir. O município ficou sem um delegado titular por mais de um ano, quando a criminalidade aumentou. Mesmo com a promessa do governo Flávio Dino de resolver a situação, a delegacia permanece no mesmo lugar e com os mesmos problemas de infraestrutura e o delegado titular só chegou à cidade há mais ou menos dois meses.

A insegurança é um dos maiores problemas do município há mais de quatro anos. Os assaltos ao Banco do Brasil e Correios já se tornaram frequentes no município. Em 2014 a agência dos Correios foi assaltada mais de cinco vezes, também houve assaltos ao Banco do Bradesco. Crimes hediondos tem acontecidos no município e a população convive com a fama de que Paraibano é uma cidade violenta desde a década de sessenta.

Fotos: Leo Lasan

Paraibano (MA): Veja quanto a candidata Rejany já embolsou em diárias

rejany-gomes

A candidata Rejany Gomes (PSC), atual vice-prefeita de Paraibano (MA) já embolsou R$ 70.580,00 dos cofres públicos desde que assumiu o cargo.

Segundo Portal da Transparência de Paraibano, os valores recebidos pela candidata da oligarquia Furtado foram os seguintes: R$ R$ 23.680,00 (entre fevereiro e outubro de 2013), R$ 16.100,00 em 2014, R$ 23.800,00 em 2015 e R$ 7.000,00 até junho de 2016.

Mesmo com o bolso cheio de dinheiro público, Rejany declarou para a Justiça Eleitoral não ter nenhum bem. Depois da mancada, Rejany declarou que possui R$ 201.008,06.

Paraibano (MA): Candidata sem bens agora diz ter R$ 201 mil em bens

rejanyA candidata a prefeita de Paraibano, Rejany Gomes (PSC), que declarou à Justiça Eleitoral não ter nenhum bem em seu nome, agora mudou de ideia e declarou ter R$ 201.008,06.

Na nova declaração de bens constam uma casa na rua Santo Antonio, avaliada em R$ 120.000,00, um veículo Ranger ano 2013, avaliado em R$ 80.000,00 e um saldo em conta poupança no valor de R$ 8,06.

Em 2012, a vice-prefeita declarou ter R$ 40.315,48 em bens.

Mesmo sendo vice-prefeita e com um salário que chega a quase R$ 15 mil, Rejany não adquiriu nenhum bem em quatro anos.

Exclusivo: Veja quanto a prefeita de Paraibano já torrou em diárias

prefeitura-de-paraibano

A farra com o dinheiro público em diárias em Paraibano é vergonhoso.

Segundo Portal da Transparência de Paraibano, em 2014 foram gastos R$ 185.304,00 em diárias com 240 pessoas. Em 2015 foram pagas diárias para 230 pessoas e o valor gasto subiu para R$ 207.300,00. Neste ano, até o mês de junho foram gastos R$ 109.750,00 com diárias para 145 pessoas.

Os dados do ano de 2013 não estão mais disponibilizados no Portal da Transparência. Contudo, naquele ano, o editor deste blog arquivou as informações dos gastos entre fevereiro e outubro. Naquele ano, foram gastos R$ 288.715,20 com diárias.

Entre fevereiro de 2013 e junho de 2016, foram gastos R$ 791.069,20 com diárias. Há informações muitas pessoas receberam diárias sem nunca sequer ter saído de Paraibano.

A prefeita Aparecida Furtado (PDT) foi a que mais recebeu diárias desde que assumiu o cargo em janeiro de 2013. Aparecida já embolsou R$ 103.833,00.

A candidata Rejany Gomes (PSC), atual vice-prefeita de Paraibano (MA) já embolsou R$ 70.580,00 dos cofres públicos desde que assumiu o cargo.

Também quem recebeu uma bolada foi a Secretária de Assistência Social, Edivânia Coelho Madeira de Sousa. Em 2013, recebeu R$ 19.662,00. Entre 2014 e junho de 2016, a bolada foi de R$ 28.400,00. Somando tudo, Edivânia embolsou R$ 48.062,00.

Mesmo com tanto dinheiro gasto, a prefeita Aparecida não tem coragem e nem atitude para pintar o prédio onde ficou como inquilina por 4 mandatos. Nem a placa a prefeita trocou, ainda é a mesma desde 2005.

Foto/arquivo: Hilton Franco

Moto Club é recebido com festa após conquista do acesso para a Série C

dsc_5620

dsc_5683

O Moto Club garantiu o acesso para a Série C em 2017 no domingo (4), ao vencer o Atlético-AC por 2 a 1, no estádio Florestão, em Rio Branco (AC).

Na chegada em São Luís, os jogadores foram recebidos no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado por uma multidão. No caminhão do Corpo de Bombeiro os jogadores e comissão técnica percorreram as principais avenidas da capital maranhense.

A carreata seguiu pela Avenida Guajajaras, depois na Avenida Jerônimo de Albuquerque, passando pelos bairros Cohab e Angelim. Em seguida, pela Avenida Daniel de La Touche e Avenida dos Holandeses até chegar na Avenida Litorânea, onde foi encerrado o trajeto.

O Moto volta a campo domingo (11), no Castelão, às 17h, para enfrentar o Volta Redonda-RJ pela semi-final da Série D.

Acesso do Moto Club à Série C abre vaga para Cordino na Série D 2017

cordino

MAC e Cordino estão na Série D em 2017

O Moto Clube conquistou o acesso à Série C em 2017 e abriu vaga para o  Cordino, da cidade de Barra do Corda, disputar a Série D em 2017.  O time ficou em quarto lugar na classificação geral do Maranhense 2016, com 17 pontos.

A outra vaga é do Maranhão Atlético Club, que ficou em terceiro lugar no Maranhense com 21 pontos. O MAC disputou a Série D em 2016 e foi eliminado ainda na fase de grupos.

Caso o Cordino desista da disputa, a vaga ficará para o São José, da cidade de São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís. O clube ficou em quinto lugar com 13 pontos.

O Imperatriz, maior força do interior do Maranhão, com dois títulos estaduais ficou em sexto lugar no Maranhense com 12 pontos. O Cavalo de Aço disputará a competição se Cordino e São José desistirem.

Veja a classificação geral do Maranhense 2016

1º – Moto Club – 44 pontos (Campeão Maranhense)
2º – Sampaio – 32 pontos
3º – Maranhão – 21 pontos
4º – Cordino – 17 pontos
5º – São José – 13 pontos
6º – Imperatriz  – 12 pontos
7º – Santa Quitéria – 5 pontos
8º – Araioses  – 3 pontos (Rebaixado)

Moto Club vence Atlético-AC e volta à Série C após 12 anos

Com gols de Cris e Diego Valderrama, Papão do Norte supera o Galo diante de sete mil pagantes neste domingo. Time acreano chegou a perder pênalti no primeiro tempo

Globoesporte.com

Moto Club 2

Por João Paulo MaiaRio Branco, AC

O Papão do Norte está na Série C do Campeonato Brasileiro de 2017. O Moto Club fez valer a experiência, derrotou o Atlético-AC por 2 a 1, silenciou os sete mil torcedores pagantes no estádio Florestão, em Rio Branco, e se classificou para as semifinais da quarta divisão nacional. O jogo de volta das quartas de final da Série D foi disputado neste domingo (4).

O Moto Club se junta a Volta Redonda, São Bento e CSA nas semifinais da quarta divisão nacional. Os jogos das semifinais estão marcados para os dias 11 e 18 deste mês. A diretoria de competições da CBF deve divulgar os detalhes da reta final durante a semana.

Os 90 minutos

O Atlético-AC entrou em campo classificado, com o 0 a 0. Mas, sentiu a forte presença do torcedor. Nervoso, o jovem time acreano encontrou dificuldade em mostrar o mesmo futebol dos últimos jogos. Os visitantes aproveitaram e balançaram a rede aos 24 minutos. Após cruzamento na área, o goleiro Franco saiu mal e deu rebote nos pés do atacante Kléo. O jogador do Papão não desperdiçou e abriu o marcador na casa adversária: 1 a 0. Não deu nem tempo de comemorar. Três minutos depois, Eduardo, do Atlético-AC, foi derrubado por Felipe Dias na área. Na cobrança do pênalti, o camisa 7 bateu e o goleiro Márcio Arantes defendeu.

Precisando do gol para conseguir a classificação e o acesso, o Galo Carijó se lançou ao ataque na etapa final. Pressionou, fez mudanças, mas de nada adiantou. Com mais erros da zaga atleticana, aos 25, Diego Valderrama aproveitou e ampliou: 2 a 0. Dez minutos depois, Careca diminuiu após cruzamento em escanteio e incendiou o Florestão.

Com uma defesa consistente e mais tranquilo em campo, o time maranhense não deu espaço para o entrosado ataque celeste nos minutos finais. O silêncio da da decepção e as vaias da frustração dos torcedores no estádio após o apito final foram a trilha sonora do acesso do Papão do Norte.

 Veja como foi o Tempo Real da partida