Programa Dinheiro Direto na Escola: Veja quanto recebeu cada escola de Paraibano (MA)

As escolas municipais de Paraibano (MA) receberam R$ 57.049,00 do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Governo Federal. Ainda falta a segunda parcela.

Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a escola Adonias Lacerda recebeu R$ 12.010,00. A escola Darcy Furtado recebeu R$ 8.420,00 em duas parcelas, uma dia 11/01 no valor de 6.250,00  e outra no valor de R$ 2.710,00 dia 8/7.

Em 2015, a verba repassada pelo FNDE totalizou R$ 281.250,00.

Os recursos do programa são transferidos de acordo com o número de alunos, com base no censo escolar do ano anterior ao do repasse. A verba é gerida por um conselho escolar, que é presidido pelo diretor da escola, e conta ainda com membros do corpo administrativo, docente e da comunidade, como os pais de alunos.

O objetivo desses recursos é a melhoria da infraestrutura física e pedagógica, o reforço da autogestão escolar e a elevação dos índices de desempenho da educação básica.

Os recursos foram depositados dia 8 de julho de 2016.

Veja a lista das escolas e os valores .

Nome da escola Valor liberado até 08/07/16 Valor liberado em 2015
Maria Madalena R$ 2.730,00 R$ 28.700,00
Adonias Lacerda R$ 12.010,00 R$ 38.950,00
Ana Tereza R$ 2.740,00 R$ 28.820,00
Antonio de Brito R$ 2.030,00 R$ 21.970,00
Darcy Furtado R$ 8.420,00 R$ 35.580,00
Henrique Dias R$ 3.640,00 R$ 9.980,00
Irmã Gema Rover R$ 3.440,00 R$ 28.570,00
Januário Dias R$ 1.249,00 R$ 17.190,00
João Furtado Brito R$ 1.990,00 Não consta
João Paraibano R$ 3.030,00 R$ 9.320,00
Josefina de Castro R$ 1.290,00 R$ 4.160,00
Os Amiguinhos R$ 2.160,00 R$ 8.270,00
Padre Dante R$ 2.560,00 R$ 8.270,00
Sarney Costa R$ 3.550,00 R$ 10.480,00
Zélia Cruz R4 1.510,00 R$ 4.290,16
Constantino Vieira R$ 7.600,00 R$ 26.700,00
TOTAL R$ 57.049,00 R$ 281.250,00

 Para imprimir esta matéria aperte as teclas Ctrl e P.

Câmara de Bom Jardim devolve mandato a Lidiane ‘ostentação’

Estadão

lidiane-620

A Câmara dos Vereadores de Bom Jardim (MA) devolveu o mandato à ‘prefeita ostentação’ Lidiane Leite. A chefe do executivo, acusada de fraudes e desvios da merenda escolar, estava afastada do cargo desde 2015, quando a Justiça decretou sua prisão preventiva.

Lidiane Leite ficou foragida durante semanas e depois se entregou. Após 11 dias presa, o juiz federal José Magno Linhares Moraes mandou soltar Lidiane, com tornozeleira.

A prefeita ganhou notoriedade no meio do ano passado. Vaidosa, Lidiane exibia nas redes sociais imagens de uma vida de alto padrão para uma cidade de 40 mil habitantes, à beira da miséria, com um dos menores IDHs do Brasil. Carros de luxo, festas e preocupação com a beleza, o que inclui até cirurgia plástica, marcam o dia a dia da moça que se candidatou pela coligação “A esperança do povo”.

Lidiane havia sido proibida pela Justiça de frequentar a prefeitura. Nesta semana, por decisão da Justiça Federal, Lidiane foi autorizada a retornar ao executivo municipal.

COM A PALAVRA, A JUSTIÇA FEDERAL

NOTA

O Juiz Magno Linhares da 2ª Vara Federal no Maranhão vem a público dizer o seguinte:

01. As decisões judiciais precisam ser lidas antes de serem divulgadas;

02. Não é verdade que o referido magistrado tenha determinado o retorno da ex-Prefeita do Município de Bom Jardim/MA ao Poder Executivo daquela municipalidade. Trata-se de pura invencionice;

03. Como ficou dito na decisão judicial, a 2ª Vara Federal Criminal não tem competência para decidir sobre matéria cível concernente ao retorno da ex-Prefeita ao cargo;

04. Na realidade, foi a Câmara Municipal de Bom Jardim/MA a responsável pela edição do Decreto Legislativo n. 003/2016, de 05/08/2016, que revogou decreto anterior de nº 006/2015, que havia declarado a perda do cargo da ex-Prefeita Lidiane Leite da Silva;

05. É mentira que a decisão do magistrado seja uma liminar. A ex-Prefeita já havia formulado pedidos anteriormente para ter acesso aos prédios da Prefeitura e das Secretarias Municipais. Vale dizer, a matéria já estava sendo debatida nos autos, inclusive com indeferimento anterior. A decisão divulgada visa apenas ajustar as medidas cautelares a uma nova situação fática e jurídica da ex-Prefeita.

06. Por último, ressalta que mentiras, invencionices ou manipulação da opinião pública desqualificam o honrado papel da verdadeira imprensa, e agridem o Estado Democrático de Direito que, antes de tudo, exige uma convivência pautada na ética e na verdade.

Juiz MAGNO LINHARES

Titular da 2ª Vara Criminal

SJ/MA

Edital de concurso da Secretaria de Meio Ambiente do Maranhão aborda conteúdos de SP e do CE; MA fica fora

GEÓGRAFO

Oceanógrafo

Os candidatos que farão as provas do concurso da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (SEMA) para os cargos de Geógrafo e Oceanógrafo estão reclamando dos conteúdos programáticos que estão no edital publicado pela Fundação Carlos Chagas.

Segundo o edital, página 12, para o cargo de Geógrafo, o conteúdo cobrado é sobre A Região Sudeste e o Território Paulista: a formação territorial. O meio natural (estrutura geológica, relevo, clima, hidrografia e vegetação).  Nada sobre a Região Nordeste e o Território Maranhense.

Já para o cargo de Oceanógrafo, na página 14, o conteúdo cobrado é sobre Os Impactos antrópicos sobre a biodiversidade, habitats ecossistemas marinhos com ênfases em processos que ocorrem no estado do estado do Ceará e em escala regional. Mesmo o Maranhão tendo 640 km de litoral, o estado ficou fora dos conteúdos.

As provas para o concurso da SEMA serão aplicadas dia 19 de setembro. Até lá, os maranhense terão que estudar muito sobre o estado de São Paulo e do Ceará, e nada sobre o estado do Maranhão.

Essa é mais uma trapalhada do Governo Flávio Dino (PC do B).

 Edital do concurso para a Secretaria de Meio Ambiente do Maranhão

Com gol no minuto final, Moto empata com Águia e avança na Série D

Globoesporte.com

Com um gol de Wanderson no minuto final, o Moto garantiu o empate em 1 a 1 com o Águia e a vaga nas oitavas de final da Série D. Ainda no primeiro tempo, os donos da casa saíram na frente, tentaram levar para os pênaltis, mas não conseguiram suportar a pressão do Rubro-Negro maranhense no segundo tempo.

Com a vitória, o Moto enfrentará a Juazeirense-BA, que eliminou o São Raimundo-PA. O jogo de ida será realizado no Castelão e o Rubro-Negro aguarda apenas a confirmação dos jogos pela CBF.

Águia pressiona e sai na frente

O Águia começou pressionando o Moto e logo aos sete minutos, Flamel obrigou o goleiro Márcio Arantes a fazer boa defesa. Na sequência, foi a vez de Léo Rosa chegar em duas oportunidades criando oportunidades perigosas, mas não aproveitadas pelos paraenses. Na primeira boa oportunidade do jogo, Marco Goiano acertou a trave.

Mas logo depois do susto, aos 26 minutos, Léo Roa aproveitou uma bola espalmada e abriu o placar para o Águia. Após o gol dos donos da casa, o Moto até tentou chegar com Marco Goiano, que parou na defesa de Bruno Colaço.

Wanderson garante o Moto no minuto final

Na volta para a etapa final, Léo Rosa criou a primeira boa chance do jogo, mas depois começou a pressão do Moto. Muller Brener tentou em duas ocasiões e parou no goleiro Bruno Colaço. Depois foi a vez de Kléo chegar com perigo e parar novamente na defesa de Bruno Colaço.

Com o passar do tempo, as duas equipes perderam força ofensiva. Com as forças no limite, no minuto final, Wanderson subiu para deixar tudo igual e garantir o Moto nas oitavas de final da Série D.

PC do B oficializa candidatura do professor Jesiel à prefeitura de Monção (MA)

foto

O nome do professor Jesiel Lopes de Araújo foi homologado nessa sexta-feira (5) para concorrer à Prefeitura de Monção (MA) pelo PC do B.

A convenção que aconteceu no Clube Whashington Eventos contou com a presença da ex-prefeita Paulinha (PV) e várias lideranças municipais. A coligação “‘Compromisso Com a Mudança’, encabeçada pelo PC do B, tem ainda PDT e PV.

 A chapa que terá como candidato a vice-prefeito o empresário  Oliveiros (PDT), homologou durante a convenção os nomes de 20 candidatos a vereador.

PP oficializa candidatura de Wellington do Curso à Prefeitura de São Luís

wellington 3

O Partido Progressista (PP), oficializou nessa sexta (5), em convenção partidária na Assembleia Legislativa do Maranhão, a candidatura do deputado estadual Wellington do Curso à Prefeitura de São Luís nas eleições de 2016.

O PP fez coligação com os partidos PSB, PHS e PSD. A chapa ‘Coragem Pra Transformar São Luís’,  tem como candidato a vice o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB).

Uma das propostas do candidato é trabalhar pela educação do município. ‘Precisamos trazer para São Luís o valor de São Luís. É trazer para a população o valor que São Luís tem. O orgulho de São Luís. Precisamos resgatar esse orgulho através da educação’.

Wellington do Curso foi sargento do Exército, é professor de Geografia e empresário, e disputou as primeiras eleições para deputado federal em 2010, mas não se elegeu. Em 2014, elegeu-se deputado estadual pelo PPS.

 

Wellington do Curso recebe apoio de três partidos em corrida por prefeitura de São Luís

wellington do curso

O candidato à Prefeitura de São Luís pelo PP, Wellington do Curso, recebeu hoje o apoio do PSB (Partido Socialista Brasileiro),  PHS (Partido Humanista da Solidariedade) e PSD ( Partido Social Democrático) para a disputa. Com a entrada das quatro siglas, a coalização conta com cinco partidos.

Com  esse apoio, Wellington  aumentará em  1 minuto 1 segundo e 2 décimos de segundos em seu tempo de propaganda eleitoral na televisão. Antes tinha 31, 1 segundos. Ele terá, agora, 1 minuto, 32 segundos e 3 décimos. Um aumento de 296%.

O vice de Wellington também foi definido nesta quinta-feira (4). Será o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB).

A convenção que homologará a candidatura de Wellington à prefeitura de São Luís acontecerá nesta sexta-feira (5), às 16h na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Carro-pipa do PAC 2 é usado para abastecer casa da vice-prefeita de Paraibano (MA)

foto

foto

Enquanto os moradores de Paraibano carregam todos os dias latas de água na cabeça, a casa da vice-prefeita Rejany Gomes (PSC), candidata a prefeita este ano,  é abastecida por um carro-pipa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

O flagrante foi registrado na manhã desta segunda-feira (1), na rua São Francisco. ‘Carro-pipa do município colocando água na casa de Rejany Gomes às 7h40. E o povo querendo água e não tem’, diz o internauta que fez o flagra.

Moradores que não conseguem o carro-pipa do PAC 2 pagam R$ 25,00 por mil litros de água. Já a vice-preita tem o carro-pipa do PAC 2 à sua disposição e não paga nada.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), os equipamentos doados no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2), devem ser utilizados em obras de interesse social para a promoção da agricultura familiar e da reforma agrária, especialmente a recuperação de estradas vicinais e em obras de abastecimento hídrico”. Casa de vice-prefeita , portanto, não está incluso neste rol.

Crimes que a vice-prefeita pode responder segundo o Ministério

O Ministério do Desenvolvimento Agrário alerta que “as irregularidades no uso dos equipamentos máquinas podem configurar atos de improbidade administrativa tipificados na Lei nº 8.429/92, bem como crimes contra a Administração Pública e crimes de responsabilidade, sujeitando aos agentes públicos envolvidos às sanções penais, civis e administrativas previstas na legislação vigente”.

“Em casos de utilização indevida, as denúncias são recepcionadas pela Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA) em seu estado, cuja lista pode ser encontrada no link:http://www.mda.gov.br/sitemda/pagina/delegacias-federais-do-mda.

Orienta-se que as denúncias sejam acompanhadas de um relato o máximo possível pormenorizado sobre o fato irregular, de fotos e/ou filmagens sobre o assunto, que servirão para a instrução do processo apuratório”, destaca o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Convenção confirma Rejany Gomes candidata à prefeitura de Paraibano (MA)

Rejany

Rejany G

O Partido Social Cristão (PSC) oficializou, neste domingo (31), os nomes dos candidatos que vão concorrer às eleições municipais em Paraibano (MA) durante uma convenção do partido, na escola Adonias Lacerda. Na ocasião, foi escolhida a candidatura de Rejany Gomes (PSC) como candidata a prefeita. O candidato a vice-prefeito vai ser Zé do Geraldo (PROS).

Além de PSC, integram a coligação o PROS, PMN, PTB, PDT, PSL, PMDB, PTC, PRTB, PV e Solidariedade. Juntos a coligação ‘O ser humano em primeiro lugar’, homologou a candidatura de 15  pessoas ao legislativo municipal. O candidato a vereador Neurivan Pitó não compareceu ao evento.

‘Eu mereço ser prefeita de Paraibano. Eu tenho uma história, eu não fui criada em dentro de um laboratório, porque tem políticos que se acham que se faz do dia para a noite. Político ele nasce, ele é nato, ele carrega dentro de si o desejo de fazer bem ao próximo, e esse é o verdadeiro objetivo do político, estar a serviço do povo, e eu sempre estive a serviço do povo’, disse Rejany.

A convenção contou com a participação da prefeita Aparecida Furtado (PDT), do ex-prefeito Ari Furtado, dos vereadores Nato (PSDB), Célia (PTB), Socorro do Chuta (PTB), Maria Raimunda, Murilo (PSL), Lucimar Sá (SD), do ex-deputado estadual Arnaldo Melo e várias lideranças municipais.

Veja quem são os 15  candidatos:

Rejany Gomes

Francisco Xavier Costa (PSC) –  ‘Chiquinho Paraibano’

José Vicente Valdivino de Sousa (PSC) 

Rogério da Silva (PROS)

Neurivan Pereira de Sousa (PROS)

Ana Célia de Sousa (PTB)

Erinaldo Brito (PDT)

Raimundo Gonçalves (PV) – ‘ Time’

Francisco Everton (PMDB) – ‘ Chico Everton’

Murilo Ribeiro (PSL)

Olivan Paulo Coelho  Pereira (PMB) – ‘ Olivan’

Francisca Fernandes (SD) – ‘ Cleone’

Denisfran Nascimento (PMN) – ‘Denis’

Lucimar Sá (SD) ‘ – Enfermeira Lucimar’

Maria do Socorro de Lucena Sá (PTB) – ‘Socorro do Chuta’

Maria Raimunda Freitas Teixeira dos Santos – ‘ Professora Maria Raimunda’

Fotos: Hilton Franco

Paraibano-MA: O triste fim político de Aparecida Furtado

aparecida

Aos esquecidos, relembro que a prefeita de Paraibano (MA) Aparecida Furtado (PDT), exerce o quarto mandato no executivo (16 anos), o que a coloca no rol dos políticos profissionais que sobrevive, à custa do dinheiro público, não tendo outra profissão regulamentada. 

 

Teria Aparecida o direito de concorrer a reeleição, não fosse as condenações junto ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, onde foi condenada a devolver mais de 6 milhões de reais, e ainda a tramitação de 17 (dezessete) processos de improbidade administrativa que responde na Justiça comum (não transitado em julgado).

 

Atualmente Aparecida Furtado é “ficha suja”, e por isso não pode concorrer a reeleição, tendo que colocar Rejany Gomes (PSC) para dar continuidade a sua fracassada gestão. 

 

Engana-se quem pensa que a prefeita “não quer” mais concorrer. Na verdade ela está atualmente INELEGÍVEL, FICHA SUJA, impedida pela justiça de ser candidata.

 

Estamos de olho nela, que pensa que enganará seu eleitorado nessas eleições com a mentira deslavada de que “está cansada”, “doente”, e que por isso vai se aposentar da política. 

 

Mentir é feio, prefeita!