Veja como os acompanhantes de pacientes são transportados na ambulância de Paraibano (MA)

Acompanhar um paciente na ambulância de Paraibano (MA) tem sido um verdadeiro perigo. Motivo: O veículo não tem banco para acompanhantes de pacientes.

Sem o banco, o jeito foi improvisar uma cadeira de plástico sem o mínimo de conforto e segurança.

Segundo um acompanhante que enviou a foto e que não quis que ser identificado, viajar sentado numa cadeira de plástico tem sido uma verdadeira aventura pelas estradas do Maranhão.

E assim segue a saúde sob o comando da prefeita Aparecida Furtado (PDT).

PS: Durante a administração do ex-prefeito Sebastião Pitó, o grupo Furtado adorava as publicações neste blog mostrando o caos, hoje certamente devem está odiando.

Ambulancia

Veja a situação do lençol usado pelos pacientes do hospital público de Paraibano

Em Paraibano (MA), entra prefeito (a) e sai prefeito (a) e nada muda.

Em janeiro de 2013, assim que a prefeita Aparecida Furtado assumiu o comando do município, este blog publicou a imagem de um lençol usado pelos pacientes do hospital municipal de Paraibano durante a administração do ex-prefeito Sebastião Pitó (2009 a 2012).

Três anos depois, agora na administração da prefeita Aparecida Furtado (PDT), o blog volta a publicar outra imagem de um lençol do mesmo hospital.

No governo Pitó o lençol era de TNT – tecido não tecido e no governo Aparecida é tecido rasgado.

Observe nas imagens que um lençol é pior que o outro.

Lençol do hospital municipal de Paraibano na época do ex-prefeito Sebastião Pitó (2009 a 2012)

Lençol do hospital

Lençol do hospital municipal de Paraibano na administração da prefeita Aparecida Furtado (2013 a 2016)

Lençol do hospital 2

Moto vence o Araioses de goleada

Moto Clube

O Moto venceu o Araioses por 4 a 1 na tarde desta quarta-feira, no estádio Cardosão, em Araioses. Os gols do Papão do Norte no jogo, foram marcados por Marcos Paullo (dois gols), Jefferson e Juninho Pindaré, enquanto Maurício descontou para os donos da casa.

Com a vitória, o Moto chega aos quatro pontos, enquanto o Araioses segue na lanterna do grupo, ainda sem pontuar. O Moto volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Sampaio, enquanto o Araioses enfrenta o São José-MA, no sábado.

No estádio Castelão em São Luís, o Sampaio Corrêa enfrentou o São José e venceu pelo placar de 1×0. O gol da vitória Boliviana, foi marcado pelo jogador Valderrama aos 6 minutos do segundo tempo.

Pelo Grupo B, em Barra do Corda empatou com o Imperatriz em 3 a 3. Com o empate o Cordino segue líder com 4 pontos, seguido pelo MAC com 3 pontos.

Complemento da Rodada

Nesta quinta-feira (28), o Grupo B do Campeonato Maranhense terá sequência com a realização de uma partida. O Maranhão Atlético enfrenta o Santa Quitéria às 20h15 no estádio Castelão em São Luís.

Próximos Jogos

A terceira rodada do Campeonato Maranhense 2016, começa a ser disputada no próximo sábado (30), com o confronto entre São José e Araioses às 16h no estádio Castelão em São Luís. No domingo (31), a bola rola para Santa Quitéria e Imperatriz às 15h45 no estádio Rodrigão, Cordino e Maranhão Atlético às 16h no estádio Leandrão em Barra do Corda e fechando a rodada, o Moto Club enfrenta o Sampaio Corrêa às 17h no estádio Castelão.

Classificação 

Grupo A

1º Sampaio – 6 pontos
2º Moto – 4 pontos
3º São José – 1 ponto
4º Araioses – 0 ponto

Grupo B

1º Cordino – 4 pontos
2º Maranhão – 3 ponto
3º Imperatriz – 1 ponto
4º Santa Quitéria – 0 ponto

Foto: Blog do Day Santos

No mundo, Brasil tem a piora mais acentuada no Índice de Percepção da Corrupção da Transparência Internacional

Dinamarca pelo segundo ano consecutivo é o país menos corrupto do mundo.

Blog do Lauro Jardim

transparencia

O Brasil perdeu cinco pontos e sete posições do Índice de Percepção da Corrupção em 2015, um ranking anual realizado pela ONG Transparência Internacional.

É a maior queda entre os 168 países pesquisados — Lesoto também perdeu cinco pontos, mas teve redução percentual menor na pontuação.

O Brasil ficou em 76º lugar entre os 168 países avaliados — o 1º lugar, considerado o menos corrupto, ficou com a Dinamarca pelo segundo ano consecutivo. Na lanterna, Coreia do Norte e Somália ficaram empatados.

Dois terços dos países têm pontuação abaixo de 50 (sendo 0 o mais corrupto e 100, o menos). É o caso do Brasil, que ficou com 38.

Diz a Transparência Internacional:

— Lidando com questões de corrupção arraigadas, o Brasil foi atingido pelo escândalo da Petrobras, onde há relatos de que políticos tiveram vantagens em troca de contratos públicos rentáveis. Conforme a economia quebra, dezenas de milhares de brasileiros comuns já perderam seus empregos. Eles não tomaram as decisões que levaram ao escândalo. Mas são eles que sofrem as consequências.

O índice agrega dados de onze instituições, que fornecem a percepção de empresários e especialistas sobre o nível de corrupção no setor público.

Professores farão protesto por reajuste salarial em frente ao Palácio dos Leões

Em 2014 os professores da rede municipal ficaram de braços cruzados por 105 dias pois o prefeito Edivaldo não queria reajustar o piso salarial. Na época professores ocuparam a prefeitura por 21 dias.

Flavio e Edivaldo

Flavio e Edivaldo contra a educação

O Movimento de Resistência dos Professores (MRP) está convocando a categoria para reivindicar o reajuste nos salários. O ato acontecerá na sexta-feira (29), às 8h em frente ao Palácio dos Leões,  sede do governo estadual.

A categoria reivindica o reajuste de 11,36%, estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) para o piso nacional do magistério.

Dia 14/1/16 o MEC anunciou o novo piso no valor de 2.135,64 (aumento de 11,36%). Prefeitos e governadores queriam que o reajuste fosse adiado pra agosto e o índice fosse 7,41% e não 11,36% como prêve a lei. O reajuste, concedido anualmente é divulgado em janeiro.

Desde o dia que foi divulgado o percentual de reajuste, o governador Flávio Dino (PC do B), prefeito Edivaldo Holanda (PDT), presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), Júlio Pinheiro (PC do B) e a presidente do Sindieducação, Elizabeth Ribeiro, estão em silêncio sepulcral.

Por conta disso, a categoria está se mobilizando nas redes sociais e fazendo a convocação para protestar contra o governo estadual e municipal.

Veja abaixo a convocação feita pelo professor Antonísio Furtado.

Estamos a 5 dias do término de janeiro e o nosso direito ao reajuste do piso está muito próximo de não ser respeitado pelo governador e o prefeito de São Luis. Esses dois senhores se esquivam da sua responsabilidade e usam de vários subterfúgios para não tocar nesse assunto.

Alguém viu ou ouviu algum deles falar desse assunto recentemente? Como se isso não bastasse, esse ano, há um movimento nacional de prefeitos e governadores defendendo a concessão do reajuste do piso somente em agosto. Estranhamente as posturas dos presidentes e das diretorias do SINPROESEMMA e SINDEDUCAÇÃO são no mínimo suspeitas, pois nesses momentos decisivos essa turma se afasta da categoria e faz de tudo para não deflagrar a luta em defesa dos nossos direitos.

Não precisamos fazer um grande esforço para perceber que isso é intencional e qual lado visa favorecer. Professor/a, nosso contexto é por demais desafiador, estamos não entre governo e direções sindicais, pois eles lutam do mesmo lado e perseguem objetivos semelhantes.

Nosso dilema é escolher entre a indignação ou a resignação e entre fazer ou não a luta. Apesar de todas as dificuldades nós defendemos a luta, pois somente através dela podemos fazer valer nossos direitos. Por ultimo eu ressalto: Todo sindicato é constituído por uma diretoria (minoria) e base ( maioria).

Não faz sentido nossa categoria ficar refém de uma minoria que defende interesses particulares e também de governos. o sindicato somos nós, a nossa luta e a nossa voz. ”

Dia 29/01 (sexta feira) será nosso dia de luta unificada (estado e município). Concentração a partir das 8h, no Palácio dos Leões.

Bandidos explodem caixa eletrônico em Paraibano, MA

paraibano

Uma quadrilha de assaltantes explodiu na madrugada desta terça-feira (26) um caixa eletrônico de uma agência do Banco do Brasil no município de Paraibano (MA), localizado no sudeste do estado.

Segundo informações o assalto foi praticado por quatro homens por volta de 02h30 da manha. Em seguida o bando saiu da cidade em duas motocicletas. Não foi divulgado o valor que os assaltantes levaram.

Esta foi a segunda vez no ano que a cidade foi alvo de assaltante de banco. No dia 19 de janeiro, segundo informações da polícia, cinco homens armados renderam os funcionários e clientes,  e assaltou o cofre da agência do Banco Bradesco. A ação dos criminosos foi facilitada por conta da agência não possuir porta giratória antifurto.  A quantia levada não foi divulgada.

O assalto a agências bancárias e dos Correios em Paraibano tem se tornado fácil devido o baixo efetivo policial. A cidade conta apenas com três policiais.

Com a assalto de hoje, o número de ataques a bancos no Maranhão chega a  12 no mês de janeiro de 2016.

Veja a relação abaixo:

Dia 04 de janeiro – Alto Alegre do Pindaré – Banco Bradesco
Dia 06 de janeiro – Igarapé Grande – Banco do Brasil
Dia 06 de janeiro – Igarapé Grande – Banco Bradesco
Dia 08 de janeiro – Bacuri – Banco do Brasil
Dia 10 de janeiro – Maracaçumé – Banco Bradesco
Dia 11 de janeiro – São Luís – Banco do Brasil (Supermercado Mateus da Cohab)
Dia 12 de janeiro – Grajaú – Banco do Brasil
Dia 12 de janeiro – Icatu – Banco Bradesco
Dia 18 de janeiro – Alcântara – Banco Bradesco
Dia 18 de janeiro – Paulo Ramos – Banco Bradesco
Dia 19 de janeiro – Paraibano – Banco Bradesco
Dia 25 de janeiro – Araguanã – Banco Bradesco
Dia 26 de janeiro – Paraibano – Banco do Brasil

IR: Receita vai exigir CPF de dependentes com mais de 14 anos

O Globo

cpf

BRASÍLIA – A Receita Federal publicou nesta segunda-feira uma instrução normativa que altera a idade obrigatória de inscrição no CPF para quem está inscrito como dependente na declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). A idade obrigatória para se ter o documento passou de 16 anos para 14 anos e já vale para a declaração deste ano.

Segundo o Fisco, a mudança “reduz o risco de fraudes relacionadas a inclusão de dependentes fictícios na DIRPF e, também, a inclusão de um mesmo dependente em mais de uma declaração”.

Ainda conforme dados da Receita, em 2015 890 mil dependentes estavam na faixa etária entre 14 e 15 anos.

Moto Club e São José estreiam com empate sem gols no Maranhense 2016

DSC_3912

Depois de 272 dias sem jogar uma partida oficial, o Moto Club entrou em campo, no estádio Castelão, na tarde deste domingo (24). O jogo contra o São José, válido pela primeira rodada do Maranhense 2016 terminou empatado em 0 a 0.

O jogo foi marcado por muitos erros e poucas oportunidades de gols.

Para a torcida do Moto, o jogo foi decepcionante, pois o time enfrentou uma equipe formada há dez dias e com apenas um jogador no banco de reservas.

Com o empate, Moto e São José dividem a segunda colocação no Grupo A com 1 ponto ganho. O Sampaio Correa é o líder após vencer o Araioses pelo placar de 2 a 0, em Araioses.

O próximo jogo do Moto será quarta-feira (27), contra o Araioses, às 16h na cidade de Araioses. O São José enfrenta o Sampaio, no estádio Castelão, às 20h15.

O público pagante foi de 3.575, que rendeu R$ 67.070. Entre pagantes e não pagantes estiveram no Castelão 4.375.

Pelo grupo B, o Cordino é o lider com 3 pontos. O time de Barra do Corda foi até a cidade de Santa Quitéria e o time do Santa Quitéria não entrou em campo, pois não tinha registrado nenhum jogador na Federação Maranhense de Futebol (FMF). Por conta disso a equipe perdeu por WO e corre sério risco de não ser eliminada da competição se não apresentar uma justificativa concisa junto à FMF.

O próximo adversário do time de Barra do Corda será o Imperatriz, no estádio Frei Epifânio, as 16h de quarta-feira.

O Santa Quitéria tem pela frente o Maranhão Atlético em jogo marcado para quinta-feira, as 20h15, no estádio Castelão.

Classificação 

Grupo A

1º Sampaio – 3 pontos (saldo 2 gols)
2º Moto – 1 ponto
3º São José – 1 ponto
4º Araioses – 0 ponto (saldo -2 gols)

Grupo B

1º Cordino – 3 pontos (saldo 3 gols)
2º Maranhão – 3 ponto (saldo 2 gols)
3º Imperatriz – 0 ponto (saldo -2 gols)
4º Santa Quitéria – 0 ponto (saldo -3 gols)

Foto: Hilton Franco

De virada, Maranhão estreia com vitória diante do Imperatriz

GloboEsporte.com

Maranhao

Na abertura do Campeonato Maranhense de 2016, Imperatriz e Maranhão protagonizaram um jogo movimentado na noite deste sábado, no Frei Epifânio. O Cavalo de Aço saiu na frente logo no primeiro minuto, mas sem forças para manter a vantagem, viu Naoh, Rogério e Maurício garantirem a vitória por 3 a 1 para o MAC.

Com o resultado, o Maranhão lidera o grupo B, enquanto o Imperatriz é o lanterna da chave. O Cavalo de Aço volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Cordino no Leandrão, enquanto o MAC joga somente na quinta-feira contra o Santa Quitéria, no Castelão.

Imperatriz sai na frente, mas MAC vira

Logo no primeiro minuto do jogo, o Imperatriz saiu na frente. Dênis arriscou o chute de longe e, contando com uma falha do goleiro Pablo, abriu o placar no Frei Epifânio. A vantagem dos donos da casa duraria pouco tempo.

O MAC passou a pressionar e aos 18 minutos, Naoh arriscou de longe, contou com um desvio da zaga, e deixou tudo igual. Dênis ainda assutou o goleiro Pablo com um belo chute, mas dessa vez parou no arqueiro atleticano. Até que aos 30 minutos, novamente de longe, Rogério chutou e virou o jogo para o MAC ainda no primeiro tempo.

Maurício garante a vitória atleticana

Na volta para o segundo tempo, o MAC manteve o domínio e aos 17 minutos, Maurício arriscou de longe e marcou o terceiro do time atleticano. Ratinho e Maurício ainda perderam duas boas oportunidades de ampliar a vantagem do Quadricolor fora de casa.

Tentando diminuir o prejuízo, Leonardo tentou o chute de longe, mas Pablo fez boa defesa. Dênis voltou a aparecer, também chutando de longe e novamente parou em Pablo. O MAC ainda buscou o quarto gol, mas o chute de Daylson foi direto pela linha de fundo.

Foto: Antonio Pinheiro

Deputado Wellington solicita informações ao Ministério Público sobre concurso para professor do estado

well

Na tarde desta quarta-feira (20), o vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Wellington do Curso (PPS), protocolou ofício, no Ministério Público, solicitando informações quanto às medidas adotadas pela Promotoria ante as inúmeras denúncias de irregularidades apontadas no concurso público para professor da rede estadual de educação, instrumentalizado pela Fundação Sousândrade.

Ao protocolar o ofício, o parlamentar ressaltou as inúmeras reclamações e denúncias recebidas de candidatos. Dentre elas, destacam-se os casos de questões plagiadas que prejudicaram alguns candidatos; casos de envelopes de provas abertos antes do início do certame, a exemplo do que aconteceu na Escola Pio XII. Além disso, inúmeras são as reclamações quanto à incerteza que caracterizou o gabarito oficial divulgado pela Fundação Sousândrade, já que no dia 14 de janeiro divulgou-se um gabarito e, no dia 18, outro.

“Desde o dia 20 de dezembro de 2015, inúmeros professores nos procuraram com reclamações referentes ao concurso para professor do Estado. As reclamações vão desde o plágio de mais de dez questões no concurso, passando pelo absurdo que é a abertura de envelopes de provas antes de chegarem à sala da aplicação da avaliação em si, chegando à incerteza do que seria o gabarito oficial, já que dois gabaritos ‘oficiais’ foram publicados.

Segundo os professores, nem todas as questões  plagiadas foram anuladas. Além disso, fomos notificados de que em São Luís, por exemplo, o pacote de provas chegou aberto ao local em que seria aplicado, o que fez com que alguns candidatos da Escola Pio XII, no bairro Vila Palmeira, fossem até à delegacia registrar ocorrência. Como se tais fatos não fossem o suficiente, há ainda a incerteza que caracterizou o gabarito que seria oficial, já que, no dia 14 de janeiro, publicou-se determinado gabarito com uma lista de convocados à apresentação de títulos e já no dia 18 do mesmo mês, publicou-se um outro gabarito com uma outra lista, evidenciando a incerteza naquilo que deveria ser oficial”, relatou.

O deputado justificou, ainda, que protocolou o ofício com o objetivo de obter informações sobre as providências que foram tomadas pelo Ministério Público Estadual, além de afirmar não estar apenas em defesa de meros profissionais, mas em defesa daqueles que transmitirão o bem mais precioso que se pode ter: o conhecimento.