Canibalismo em Alagoas

Homem procurado por arrancar órgãos da mulher é preso em Craíbas

José Jorge confessou ter fritado e comido o coração da companheira

Gazeta de Alagoas 

Homem procurado há quase um mês por matar e arrancar as vísceras da companheira foi preso em Craíbas, por policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar, neste sábado (09). José Jorge da Silva, 25, morador de rua, é acusado de matar Patrícia Vicente da Silva, de 24a nos. A polícia chegou até ele por meio de uma denúncia anônima. O acusado foi levado para a Central de Polícia em Arapiraca.

No último dia 20 de setembro José Jorge estava em um galpão, em Arapiraca, quando pegou uma faca e abriu o corpo da companheira. Até o momento, a polícia desconhecia o motivo para tanta violência. Durante a barbárie, ele teria extraído todos os órgãos de Patrícia Vicente e fugido levando o coração dela. Populares chegaram a vê-lo, logo após o assassinaro, tentando embarcar em uma van.

A partir do dia do crime, as polícias se empenharam com o intuito de capturá-lo. Pelo requinte de crueldade, o crime chocou não somente a população local. Após ser preso, José Jorge teria confessado à polícia que comeu o coração de Patrícia frito.

Deputados Estaduais – Suplentes

Hilton Franco

Coligação “O Povo é maior”:

A coligação O Povo é Maior, formada pelo PDT/PTC/PSDB obteve 503.726 votos ,correspondendo a 16,55% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Edivaldo Holanda (PTC) – 27.334 votos;
  2. Pavão Filho (PDT) – 24.702 votos;
  3. João Olympio (PSDB) – 13.055 votos;
  4. Deusilene Barros (PDT) – 12.949 votos;
  5. Erico Carvalho (PSDB) – 12.791 votos;

Partido dos Trabalhadores

O PT obteve 215.452 votos correspondendo a 7,08% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Valdinar Barros – 20.159 votos;
  2. Mauro Jorge – 17.535 votos;
  3. Edmilson Carneiro – 12.185 votos;
  4. Fransuíla – 11.198 votos;
  5. Américo de Sousa – 7.712 votos.

Coligação “Muda Maranhão”:

A coligação Muda Maranhão, formada pelo PPS/PSB/PC do B obteve 359.216 votos ,correspondendo a 11,8% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Othelino Neto (PPS) – 29.701 votos;
  2. Luciano Genésio (PCdoB) – 13.132 votos;
  3. Professor Marco Aurélio (PCdoB) – 12.578 votos;
  4. Fernando Furtado (PCdoB) – 11.434 votos;
  5. Pedro Belo (PCdoB) – 10.249 votos.

Coligação “O Maranhão não pode parar E1”:

A coligação O  Maranhão não pode parar E1, formada pelo PTB/PMDB/DEM/PV  obteve 1.127.857 votos  ,correspondendo a 37,05% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Dr. Magno Bacelar (PV) – 33.550 votos;
  2. Fabio Braga (PMDB) – 32.259 votos;
  3. Chico Gomes (DEM) – 31.626 votos;
  4. Jura Filho (PMDB) – 29.544 votos;
  5. Alberto Franco (PMDB) – 26.407 votos;
  6. Dr. Sérgio Vieira (PTB) – 11.666 votos;
  7. Elias Milhomem (PMDB) – 3.584 votos;
  8. Bemtivi (PTB) – 3.496 votos;
  9. Josimar da Serraria (PMDB) – 2.228 votos;
  10. Dr. Evilásio (PV) – 1.283.

Coligação “O Maranhão não pode parar E2″:

A coligação O  Maranhão não pode parar E2, formada pelo PRB/PSL/PHS/PMN  obteve 373.062 votos  ,correspondendo a 12,25 dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Nonato Aragão (PSL) – 26.552 votos;
  2. Lima Neto (PMN) – 23.833 votos;
  3. Capitão Otsuka (PRB) – 16.153 votos;
  4. Paulo Luiz (PRB) – 15.603 votos;
  5. Canindé (PSL) – 13.113 votos.

Coligação “O Maranhão não pode parar E4″:

A coligação O  Maranhão não pode parar E4, formada pelo PP/PTN/PSC  obteve 257.417 votos  ,correspondendo a 8,46% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. João Batista (PP) – 18.325 votos;
  2. Pastor Pedro Lindoso (PSC) – 15.808 votos;
  3. Isamara Meneses (PP) – 15.467 votos;
  4. Juscelino Oliveira (PP) – 15.008 votos;
  5. Penaldon Jorge (PSC) – 13.555 votos.

Coligação “Unidos Pelo Maranhão”:

A coligação Unidos pelo Maranhão, formada pelo PR/PRTB/PRP/PT do B  obteve 142.328 votos  ,correspondendo a 6,32% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Priscylla Sá (PT do B) – 16.355 votos;
  2. Darci Terceiro (PT do B) – 15.593 votos;
  3. Quininha (PRP) – 13.668 votos;
  4. Silvio Antonio (PT do B) – 12.857 votos;
  5. Araújo Neto (PT do B) – 11.846 votos.

Deputados Federais – Suplentes.

Hilton Franco

Coligação “O Povo é maior”:

A coligação O Povo é Maior, formada pelo PDT/PTC/PSDB obteve 609.020 votos ,correspondendo a 20,01% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Weverton Rocha (PDT) – 47.130 votos;
  2. Telma Pinheiro (PSDB) – 46.620 votos;
  3. Julião Amin (PDT) – 36.891 votos;
  4. Moacir Feitosa (PDT) – 23.993 votos;
  5. Edmilson Sanches (PSDB) – 23.993 votos.

Coligação “Muda Maranhão”:

A coligação Muda Maranhão, formada pelo PPS/PSB/PC do B obteve 291.693 votos ,correspondendo a 9,58% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Simplício Araújo (PPS) – 35.338 votos;
  2. Maurício Almeida (PSB) – 24.675 votos;
  3. Alexandra Tavares (PSB) – 16.240 votos;
  4. Tony Ferreira (PPS) – 16.042 votos;
  5. Altemar Lima (PPS) – 13.963 votos.

Coligação “O Maranhão não pode parar F1”:

A coligação O  Maranhão não pode parar F1, formada pelo PRB/PP/PT/PTB/PMDB/PSC/PR/DEM/PV  obteve 1.930.720 votos votos ,correspondendo a 63,44% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Davi Alves Silva Júnior (PR) – 68.602 votos;
  2. Chiquinho Escórcio (PMDB) – 53.547 votos;
  3. Costa Ferreira (PSC) – 51.414 votos;
  4. Ricardo Archer (PMDB) – 48.794 votos;
  5. Paulo Marinho Jr. (PMDB) – 48.139 votos;
  6. Monteiro (PT) – 42.929 votos;
  7. Antônio Bacelar (PV) – 42.430 votos;
  8. Lúcia (PV) – 31.772 votos;
  9. Terezinha Fernandes (PT) – 24.501 votos;
  10. Rodrigo Comerciário (PT) – 23.231 votos.

Coligação “O Maranhão não pode parar F2”:

A coligação O Maranhão não pode parar F2, formada pelo PSL/PRTB/PHS/PMN/PRP/PT do B  obteve 193.158 votos ,correspondendo a 6,35% dos votos válidos. Os suplentes desta coligação são nessa ordem:

  1. Aparecida (PT do B) – 26.329 votos;
  2. Wellington do Curso (PSL) – 23.623 votos;
  3. Fernando Palácio (PSL) – 16.252 votos;
  4. Jonatas Freitas (PT do B) – 15.999 votos;
  5. Lino (PSL) – 10.776 votos.

Deputados Estaduais eleitos no Maranhão em 2010

Hilton Franco

Gráfico:Hilton Franco

A lista dos 42 deputados estaduais eleitos em 2010 para representar o povo maranhense na Assembléia Legislativa,tem uma série de novidades –   novos deputados, ausência de bons parlamentares que não foram (re)eleitos e extirpação de alguns  trairas que votaram contra o povo.

  

O campeão de votos foi o deputado Ricardo Murad ,com 76.625 votos(2,51%). As candidatas menos votadas foram  Irene Silva (PT) e Raquel Baiano(PRTB),que receberam  apenas  3 votos cada.

 A coligação PTB / PMDB / DEM / PV teve 1.127.857 votos(37,05%), seguida pela coligação PDT/PTC/PSDB com 503.726 votos(16,55%).

A ala ultra-esquerda não se coligou. O PSOL teve 5.996 votos(0,2%), o PCB 4.997 votos(0,16%) e o PSTU 4.435 votos(0,5%).Nenhum candidato destes partidos se elegeu.

 Não se reelegeram os deputados estatuais Alberto Franco (PMDB)26.407 votos, Pavão Filho (PDT)24.707 votos, Nonato Aragão(PSL)26.552 votos, Chico Gomes (DEM)31626 votos, Magno Bacelar (PV)33.550 votos, Jura Filho (PMDB)29.544 votos, Edivaldo Holanda(PTC)27.334 votos, Penaldon Moreira(PSC)13.553 votos  e Valdinar Barros (PT) 20.159 votos.

Deputados Federais eleitos em 2010 no Maranhão

Hilton Franco

Gráfico:Hilton Franco

A lista dos dezoitos deputados federais eleitos em 2010,para representar o Maranhão, na Câmara dos Deputados, traz cinco novidades  – Luciano Moreira (PMDB),Edivaldo Holanda Júnior(PTC),Alberto Filho(PMDB),Hélio Santos(PSDB) e Lourival Mendes(PT do B).

 

O campeão de votos,foi Gastão Vieira com 134.665(4,42%). A última vaga foi preenchida por  Lourival Mendes,que recebeu 30.036 votos.Apesar de ser o 30º colocado,foi eleito pelo coeficiente eleitoral de sua coligação PSL / PRTB / PHS / PMN / PRP / PT do B que atingiu 193.158 votos (6,35%).

Os candidatos da ala ultra-esquerda do PSTU,PCB  e PSOL obitveram juntos  18.761 votos(0,61%) e nao fizeram nenhum deputado.
 
Pelo PSTU Eloy Natan  teve 3.884(0,13%),Biné do PCB teve 3.882 votos(0,13%) e Wilson Leite do PSOL teve1.807 votos(0,06%).
O candidato menos votado para depuatado federal,foi Totó Martins(PHS), que recebeu 53 votos.
Os partidos com a maior votaçao para deputado federal foram o PMDB com 784.941 votos (25,79%) e o PSDB com 334.253 votos (10,99%). Os que tiveram menor votação foram o  PSOL e o PRP, tiveram respectivamente apenas  5.460 votos (0,18%) e 5.331 votos (0,18%).
 

Resultado final para Senador do Maranhão

Hilton Franco

Gráfico:Hilton Franco

O senador Lobão  foi reeleito e  João Alberto eleito,ambos do PMDB,  para representar o Maranhão pelos próximos 8 anos no Congresso Nacional.

Edison Lobão,teve 1.702.085 votos (32,74%) e João Alberto 1.546.298 votos(29,74%). Os candidatos José Reinaldo(PSB),Roberto Rocha(PSDB) e Edson Vidigal(PSDB), juntos totalizaram 1.873.055 votos(36,02%).

Com os votos divididos ,não foi eleito nenhum senador pela oposição maranhense.Os candidatos do PSOL e PSTU  receberam 59.257 votos(1,13%).

O desconhecido Charles Eletricista(PCB),teve 18.654 votos(0,36%). Os professores Adonilson(PC do B) e Socorro(PSOL), tiveram os votos anulados.

Os votos válidos  totalizaram 5.199.349 . Houve 885.178 votos nulos,485.673 votos brancos  . A abstenção foi de  1.035.648(23,97%) eleitores.

Resultado Final para Governador

Hilton Franco

Gráfico:Hilton Franco

Apurados os 100% dos votos, que corresponde a 4.320.748 eleitores, o resultado final para a disputa do Governo do Estado do Maranhão, foi decidido nas últimas urnas e a candidata Roseana Sarney(PMDB),57 anos foi reeleita pela 4ª vez.

Roseana Sarney, obteve 1.459,792 ( 50,08% ) dos votos válidos.Os candidatos Flávio Dino(PC do B),Jackson Lago(PDT)  e a ala ultra-esquerda,juntos somaram  1.446.915 (49,93%)  votos.

A diferença corresponde a  4.877 votos (0,15%) ,o que evitou o temido segundo turno no Maranhão.

Nessa eleição, o Maranhão liderou o número de abstenções no país com 23,97% (1.035.648). Votaram em branco   87.896 eleitores e  282.492 eleitores anularam os votos.O número de votos válidos foi de 2.914.707 votos.

Placar das Eleiçoes 2010 no Maranhão.

Clique Eleições 2010

Cidadania

Hilton Franco

 Hoje mais uma vez estarei diante das urnas para votar.Sou um dos 135,6 milhões de brasileiros que irão às urnas neste 03 de outubro.

Desta vez a votação é para aqueles que pleteiam vaga na Câmara Federal,na Assembleia Legislativa,no Senado, no Palácio dos Leões e no Palácio do Planalto.

Gosto de votar, e mesmo que o voto não fosse obrigatório, participaria das eleições.NUNCA deixei de votar e hoje não será diferentes,pois estou pronto para me deslocar até a minha zona e seção eleitoral.

Talvez seja a minha última votação em São Luís (votei aqui uma única vez em 2008),pois tenho outras pretenções e gosto de votar em Paraibano-MA,minha terrinha natal.Ah que saudades!!

Ja tenho todos os candidatos definidos de forma consciente.Não vendo e nem troco o meu voto.Já votei em candidatos que tem boas propostas,por amizade,por sentimento e por fidelidade partidária – sou filiado ao PTB desde 1992,quando eu tinha  16 anos (sou filiado ao PTB,por ser admirador de Getúlio Vargas).E mais uma vez meu voto segue um dos caminhos descrito.

Muitos gostariam de saber em quem vou votar,mas como o voto é secreto,nao vou dizer.Uma dica:Não voto em ficha suja,nem em filhos de ficha suja,corrupos,traidores,bandidos,compradores de votos,camaleões,sem ideologia…

Abraços e boa votação aos demais brasileiros em especial aos maranhenses.

Grau de instrução dos eleitores Maranhenses

Hilton Franco

 

Com um eleitorado formado predominantemente por analfabetos e pessoas que se declararam que lêem e escrevem ,  correspondendo  a respectivamente  14,68%  e  23,57% do total de  4.324.696  milhões de eleitores,os maranhenses irão às urnas escolher o novo governador do estado,quarenta e dois deputados estaduais,dezoito federais e dois senadores,hoje dia 03 de outubro.

Com um perfil de atraso na educação,é  de se esperar que a escolha favoreça aqueles que estão no poder e querem se perpetuar,pois estes eleitores são facilmente ludibriados através de práticas clientelistas,comum em pleno século XXI,num estado feudal chamado Maranhão.

Aqui, as migalhas são moedas fortes vigentes durante o período eleitoral e desequilibram o pleito, favorecendo os candidatos que dispoem de recursos financeiros.

Enquanto isso, a população pobre,aliás a população miserável que corresponde a 64% do estado continuará na miséria que assola cada família maranhense.

Esperamos que a consciência prevaleça e que os políticos ficha suja(e os filhos dos ficha suja também),corruptos,imorais,sem ética,sem ideologia  e traidores  sejam banidos nesta eleiçao.

Gráfico:Hilton Franco

Dados do grau de instrução TSE