Confira a bolada que Edivaldo Holanda já recebeu em repasses desde que assumiu o cargo em 2013

Edivaldo Holanda Jr

Não é por falta de dinheiro que a cidade de São Luís está acabada.

Segundo informações do SISBB – Sistema de Informações do Banco do Brasil, a prefeitura de São Luís recebeu R$ 1.147.153.331,80 em 2013 do Governo Federal em repasses.  Em 2014, o valor aumentou para  R$ 1.363.790.339,30.

Já em 2015, até o dia 08 de junho, o repasse acumulado é de R$ 532.333.814,39

Nos 30 meses que Edivaldo Holanda ocupa o cargo de prefeito, foram repassados aos cofres da prefeitura a bagatela de R$ R$ 3.043.276.485,49 (três bilhões, quarenta e três milhões, duzentos e setenta e seis mil, quatrocentos e oitenta e cinco reais e quarenta e nove centavos).

Mesmo com tanto dinheiro, a administração do prefeito é um verdadeiro fiasco.

Veja também

No 3º ano de governo, Edivaldo Holanda continua sem cumprir as promessas de campanha

Ex-prefeito de Pastos Bons segue ficha suja

Eterno aliado do oligarca Sarney, o ex-prefeito Enoque Mota teve 15.772 votos anulados pelo TSE em outubro de 2014 e segue inelegível

Enoque Mota 3

 A situação do ex-prefeito de Pastos Bons – MA, Enoque Mota (PRP) segue complicada no Tribunal Superior Eleitoral. Enoque teve a candidatura de deputado estadual indeferida pelo ministro Luiz Fux em 2014. “Dou provimento ao recurso ordinário e indefiro o registro de candidatura de Enoque Ferreira Mota Neto”, disse o Fux em sua decisão dia 25/10/2014. Com a decisão, os 15.772 votos obtidos por Enoque, foram anulados.

“A candidatura do ex-prefeito Enoque Mota continua indeferida. Tal indeferimento advém da inelegibilidade na qual incorre diante da rejeição de contas julgadas pelo Tribunal de Contas do Maranhão, incidindo de modo direto a Lei da Ficha Limpa, hipótese da alínea “g”, disse um advogado consultado pelo blog.

Entenda o caso

Enoque teve indeferido o registro de sua candidatura ao cargo de Deputado Estadual em 2014, o que o levou a opor embargos de declaração no TRE do Maranhão.

Ao apreciar os Embargos, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu deferir o registro. Do deferimento, o Ministério Público Eleitoral do Maranhão (MPE) recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e este lhe deu provimento para então indeferir o pedido de registro, tornando o ex-Prefeito de Pastos Bons novamente impossibilitado de pleitear a vaga.

 Dessa nova decisão do TSE, Enoque novamente recorreu via Agravo Regimental, já desprovido por unanimidade pelo mesmo Tribunal, ou seja, manteve-se o indeferimento.

Da decisão do regimental, em último suspiro Enoque apresentou Embargos de Declaração no final de 2014, cuja decisão é aguardada desde fevereiro de 2015.

Diante do caso, observa-se que Enoque vem sofrendo várias derrotas e o mesmo deverá levar o caso até o STF. Caso continue inelegível, Enoque não poderá disputar o cargo de prefeito na eleição de 2016.

Veja também

Enoque Mota tem candidatura impugnada pelo MPE

TRE indefere candidatura de Enoque Mota

Inscrições para o Sisu começam nesta segunda-feira e terminam na quarta

Sisu do meio do ano abre inscrições para 55,6 mil vagas

Folha de São Paulo

sisu

As inscrições para a edição do segundo semestre do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) começam nesta segunda (8) e vão até às 23h59 de quarta-feira (10). A inscrição é grátis.

O sistema do Ministério da Educação é usado por instituições públicas de ensino superior para oferecer vagas a estudantes que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2014.

Os interessados devem se inscrever pelo site do sistema.

Serão selecionados alunos para mais de 1.500 cursos de graduação, distribuídos em quase 300 carreiras. Cada estudante pode se inscrever para duas opções de vagas, que podem ser alteradas até o final da noite de quarta.

Quem quiser participar do Sisu não pode ter tirado nota zero na redação do Enem. Para confirmar a inscrição, é necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Quem não se lembrar desses dados pode recuperá-los pelo site do exame.

CONCORRÊNCIA

Os inscritos devem definir se desejam concorrer às vagas de ampla concorrência, as reservadas de acordo com a lei de cotas ou as destinadas às demais políticas afirmativas de cada instituição.

Ao final das inscrições, o sistema seleciona automaticamente os melhores classificados em cada curso, segundo as notas do Enem.

Se a nota permitir a classificação nas duas opções de vaga, ele será selecionado exclusivamente para a primeira alternativa.

Alunos que tentaram vagas pelo Prouni, que concede bolsas em instituições privadas, também podem participar do Sisu.

Júnior Marreca lidera gastos na Câmara dos Deputados entre os maranhenses; veja a lista

Deputados do MA gastam R$ 1.726.707,42 mil com cotas desde início de mandatos.  

MARRECA

Júnior Marreca lidera os gastos

Com base nos dados do Portal da Agência Câmara, o  site do Hilton Franco divulga nesta segunda-feira (08/06) o balanço dos gastos dos deputados federais com a Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap).

Em apenas  quatro  meses de mandato, os dezoito parlamentares do Maranhão gastaram R$ 1.726.707,42 (hum milhão, setecentos e vinte e seis mil, setecentos e sete reais e quarenta e dois centavos), o que corresponde a um gasto diário de R$ 14.633, 11. O valor é referente ao período de fevereiro, mês em que se iniciaram os mandatos, até o dia 06 de junho.

O deputado Júnior Marreca (PEN) foi quem mais gastou os recursos da Ceap até o momento. Segundo dados divulgados no portal da Câmara, o parlamentar utilizou R$ 138.459,011 desde o início de seu mandato. Deste valor, R$ 58.550,00 foram utilizados com “Divulgação da Atividade Parlamentar”.

O deputado que menos gastou o valor da cota foi Alberto Filho (PMDB), que utilizou R$ 19.327,74. No portal Agência Câmara não há registro de gastos de Alberto Filho nos meses de fevereiro e março.  O parlamentar assumiu o cargo dia 13/03/15 depois de uma intensa disputa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra Deoclides Macedo (PDT)

Dentre os itens que consumiram a maior parte da verba destinada aos parlamentares estão “Consultoria, Pesquisa e Trabalho Técnico” (R$ 349.007,70), “Divulgação da Atividade Parlamentar” (R$ 310.460,00 ) e “Locação ou Fretamento de Veículos Automotores” (R$ 105.352,50).

Ceap
A Cota para Exercício de Atividade Parlamentar é destinada a gastos com passagem aérea, combustíveis, locação e fretamento de veículos, telefonemas e serviços postais.

A Ceap unificou a verba indenizatória e as cotas de passagem aérea e postal telefônica em um único valor.

A cota varia de acordo com o estado de origem do deputado. Segundo o portal da Câmara ( ATO DA MESA Nº 4, DE 25/02/2015) o limite de gasto dos representantes do Maranhão atualmente é de R$ 41.779,83.

Veja a lista com o nome dos parlamentares e os gatos de cada um.

1. Júnior Marreca  (PEN) – R$ 138.459,011

2. Hildo Rocha  PMDB – R$ 134.936, 41

3. Pedro Fernandes (PTB) – R$ 134.291,50

4. Juscelino Filho (PRP) – R$ 126.658,71

5. Victor Mendes (PV) – R$ 123.893,95

6. Rubens Pereira Júnior (PCdoB) – R$ 119.905, 17

7. Weverton Rocha (PDT) – R$ 113.759,82

8. Cléber Verde  (PRB) – R$ 108.711,99 

9. Zé Reinaldo Tavares (PSB) – R$ 96.016, 01

10. João Marcelo  (PMDB) – R$ 90.019,16

11. André Fufuca  (PEN) – R$ 83.433,41

12. Aluísio Mendes  (PSDC) – R$ 76.934,48

13. Eliziane Gama (PPS) – R$ 76.902,68

14. Sarney Filho (PV) – R$ 76,384,66

15. Zé Carlos (PT) – R$ 72.181, 17

16. João Castelo  (PSDB) – R$ 69.588,73

17. Waldir Maranhão (PP) R$ 65,302,82

18. Alberto Filho (PMDB) –R$ 19.327,74 

Veja mais detalhes dos gastos:

Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) arquivo em PDF

Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) arquivo em Word

Filme sobre Fifa é fiasco na estreia

Folha de São Paulo

“United Passions” (em tradução literal, “Paixões Unidas”), o filme sobre a Fifa produzido pela própria federação ao custo de R$ 77 milhões, deu uma bola fora nas bilheterias.

A estreia, paralela ao escândalo recém-deslanchado sobre a entidade e limitada a 10 cinemas americanos, arrecadou apenas US$ 607 (R$ 1.922) entre sexta-feira (5) e sábado (6), segundo o site “The Hollywood Reporter”. Num cinema em Phoenix, por exemplo, apenas uma pessoa comprou o ingresso –a US$ 9.

Em Los Angeles, segundo a agência de notícias “Reuters”, só duas pessoas viram o filme na estreia, sexta-feira –um curioso e um fã de futebol.

Dirigido pelo francês Frédéric Auburtin, o filme tem Gérard Depardieu no papel de Jules Rimet, Sam Neill (“Parque dos Dinossauros”) interpretando João Havelange e Tim Roth (“Pulp Fiction”) como Joseph “Sepp” Blatter.

Em sua avaliação, o crítico do “The Hollywood Reporter” afirmou: “Não que o escândalo seja capaz de atrair o público para esta peça de propaganda mal executada, com toda a emoção de uma apresentação do PowerPoint”.

Enem 2015: no último dia, número de inscrições ultrapassa 7 milhões

O Globo

RIO – O prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) encerrou na noite desta sexta-feira com mais de sete milhões candidatos. De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Educação às 20h, o número de inscritos chegava a 7,8 milhões. As provas acontecerão nos dias 24 e 25 de outubro.

Este ano, estiveram isentos da taxa de inscrição os concluintes do ensino médio em 2015 matriculados em escolas da rede pública, além das pessoas que se declararam carentes. Para os demais, o valor foi de R$ 63.O pagamento deve ser feito até as 21h59 (de Brasília) de 10 de junho.

Este ano, também foram 12 dias de inscrições. Desde o início do período, estudantes vinham relatando problemas para se inscrever. Segundo alguns leitores disseram ao GLOBO, foi mais fácil efetuar o registro utilizando o navegador Internet Explorer. Segundo o MEC, no caso de qualquer problema, o estudante deveria ligar para o serviço de atendimento do órgão, no número 0800-616161. Os assistentes estavam disponíveis de 8h desta sexta até o encerramento das inscrições.

Senado aumenta aposentadoria de Roseana Sarney

A ex-governadora do Maranhão ingressou nos quadros da Casa sem prestar concurso nos anos 1980

Revista Época

rosena sarney2

Mal chegou de uma longa temporada na Flórida e a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney já recebeu uma boa notícia: ganhará aumento em sua aposentadoria de servidora do Senado, onde ingressou sem prestar concurso nos anos 1980.

Sua renda de R$ 24 mil será elevada, mas o Senado não quer dizer para quanto. Foi incorporado um bônus pelo período em que trabalhou com o pai no Planalto entre 1985 e 1989.

Saiba como votaram os senadores maranhenses nas MPs 665 e 664

Roberto Rocha (PSB), João Alberto (PMDB) e Lobão (PMDB) votaram para ferrar os trabalhadores e reduzir os direitos sociais

senadoresmaranhenses

Os três senadores do Maranhão (Roberto Rocha, João Alberto e Edison Lobão) votaram contra os trabalhadores, na semana passada, ao se posicionarem a favor da redução dos direitos sociais e trabalhistas das Medidas Provisórias (MPs) 665/2014 e 664/2014 — votadas nos últimos dias 26 e 27 de maio de 2015.

Na votação da  MP 665/2014, foram 39 votos a favor e 32 votos contra. Já na votação da MP 664/2014 foram 50 votos a favor, 18 contra e 3 abstenções.

ATENÇÃO

Quem votou SIM está favor da redução dos direitos sociais e trabalhistas.

Quem votou NÃO está contra redução dos direitos sociais e trabalhistas.

Senadores

MP 665/2014

MP 664/2014

Seguro desemprego e abono Pensão por morte, auxílio doença e fator previdenciário
 Roberto Rocha (PSB) SIM SIM
João Alberto (PMDB) SIM SIM
Edison Lobão (PMDB) SIM SIM

Seguro desemprego

A aprovação da Medida Provisória  665 dificulta a concessão de seguro-desemprego, abono salarial e seguro ao pescador artesanal em tempos de pesca proibida.

Para ter acesso ao seguro-desemprego, será exigido do trabalhador um mínimo de um ano de trabalho. Antes era apenas seis meses.

Já para ter acesso abono salarial, será exigido do trabalhador três meses ininterruptos de atividade. Antes era um mês no ano e receber até dois salários mínimos.

 Pensão por morte

A proposição prevê regras mais duras para a concessão de pensão, determinando que o direito só seja concedido ao cônjuge que comprove, no mínimo, dois anos de casamento ou união estável.

Atualmente, não há exigência de período mínimo de relacionamento.

Apenas o cônjuge com mais de 44 anos terá direito à pensão vitalícia. A intenção é acabar com a vitaliciedade para os viúvos considerados jovens. Para quem tiver menos, o período de recebimento da pensão varia de três a 20 anos.

Veja as novas regras da pensão por morte conforme a MP 664/2014

Auxílio-doença

Foi mantida a regra atual para o pagamento do auxílio-doença. Ou seja, as empresas pagam os primeiros 15 dias de afastamento do trabalhador e o governo federal paga pelo período restante.

Fator Previdenciário

Alternativa ao fator previdenciário, emenda incorporada ao texto-base da MP foi consenso no Plenário e estabelece que o trabalhador receberá seus proventos integrais pela regra do 85/95. No cálculo da aposentadoria, a soma da idade com o tempo de contribuição deve resultar em 85 para a mulher e 95 para o homem.

Veja as novas regras da pensão por morte conforme a MP 664/2014

A tabela abaixo mostra como ficarão as novas regras da pensão por morte aprovada no Senado Federal no dia 27 de maio de 2015. A Medida Provisória 664/2014  teve 50 votos a favor, 18 contra e 3 abstenções.

Os senadores Edison Lobão (PMDB), João Alberto (PMDB) e Roberto Rocha (PSB) votaram a favor da redução dos direitos sociais.

Antes da MP 664/2014 Depois  da MP 664/2014
  Segurado do INSS Servidor Público
após 4/2/2013
 
Carência (tempo de contribuição) Não existe Não existe 18 meses no mínimo
Carência (tempo de casamento ou união) Não existe Não existe 2 anos no mínimo
Duração do benefício Vitalício Vitalício Varia conforme a expectativa de vida: de 3 a 20 anos ou vitalício (ver quadro abaixo)
Valor do benefício 100% até o teto do INSS 100% até o teto do INSS + fundo complementar Valor integral rateado pelos dependentes

 

Idade do cônjuge ou companheiro Até 21 anos 21 a 26 27 a 29 30 a 40 41 a 43 Maior que 44 anos
Duração do benefício 3 anos 6 anos 10 anos 15 anos 20 anos Vitalícia

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Victor Mendes

Victor Mendes

Nesta quarta-feira (02/06), o site do Hilton Franco publica as emendas do deputado federal Victor Mendes (PV),  eleito em 2014 com 85.034 votos.

As emendas são recursos públicos que os senadores e deputados destinam no Orçamento para projetos e obras em redutos eleitorais nos seus estados e municípios de origem.

Cada parlamentar novato tem R$ 10 milhões para as suas emendas, com a exigência de que 50% sejam destinadas para a área da saúde.

O município de Pinheiro, principal reduto do parlamentar foi contemplado com R$ 4 milhões. Em Pinheiro, Victor Mendes obteve 15.962 votos. O município de São Luís foi contemplado com R$ 350 mil. As demais emendas não especifica quais municípios que serão contemplados.

Confira abaixo as emendas do deputado federal Victor Mendes.

1. ESTRUTURAÇÃO DE UNIDADES DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM SAÚDE – INSTITUTO MARANHENSE DE ONCOLOGIA ALDENORA BELO (FUNDAÇÃO ANTÔNIO JORGE DINO) – NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS – MA Valor R$ 350.000,00

2. APOIO A ENTIDADES DE ENSINO SUPERIOR NÃO FEDERAIS – EQUIPAMENTO PARA A UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO – UEMA – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 200.000,00

3. ESTRUTURAÇÃO DE UNIDADES DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 2.900.000,00

4. ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 250.000,00

5. ESTRUTURAÇÃO DE UNIDADES DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 650.000,00

6. ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 850.000,00

7. APOIO AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS RURAIS – NO ESTADO DO MARANHÃO Valor R$ 800.000,00

8. APOIO AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS RURAIS – NO MUNICÍPIO DE PINHEIRO – MA Valor R$  4.000.000,00

Veja também:

Veja os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Aluísio Mendes

Veja os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Rubens Júnior

Veja os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Júnior Marreca

Veja os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal José Reinaldo

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal João Castelo

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Hildo Rocha

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal Juscelino Filho

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal André Fufuca

Confira os destinos e os valores de cada emenda do deputado federal João Marcelo

Veja os destinos e os valores de cada emenda da deputada federal Eliziane Gama