Paraibano (MA): Em 10 meses de mandato, prefeito Zé Hélio (PT) já coleciona 9 processos

Prefeito Zé Hélio, pregoeiro Márcio Roberto, secretária de educação Doralina e secretário de administração José Luiz estão na mira da Justiça

Zé Hélio e Doralina Coelho

O prefeito de Paraibano  parece que não gosta muito de cumprir a lei no município. Reflexo disso são as 9 (nove) ações judiciais que já responde no judiciário.

Em menos de um ano à frente da prefeitura de Paraibano, o empresário Zé Hélio (PT) já começa a dar ideia de como sairá ao final desse mandato: cheio de problemas com a justiça.

É que o gestor, conforme consulta ao sistema da justiça estadual (jurisconsult) já acumula uma séria de processos na justiça onde ostenta a condição de réu. Em alguns deles o autor é o próprio Ministério Público, encabeçado pelo Promotor de Justiça da cidade.

São 6 (seis) Mandados de Segurança e 3 (três) Ações  Civis Públicas ajuizados contra Zé Hélio pelo promotor de justiça Gustavo Pereira Silva.

1 – Mandado de Segurança nº. 576-26.2017.8.10.014  : que suspendeu o seletivo realizado no começo de 2017, sob suspeitas de irregularidades e favorecimento de aliados do prefeito;

2 – Ação Civil Pública nº 601-39.2017.8.10.0104: sob suspeitas de ilegalidades em processos e violação a princípios administrativos. Além do Prefeito, também é réu o Pregoeiro Municipal, MARCIO ROBERTO DA SILVA MENDES;

3 – Ação Civil Pública nº 605-76.2017.8.10.0104: também por conta de ilegalidades em processos e violação a princípios administrativos. Mais uma vez o Pregoeiro Municipal também é Réu, juntamente com o Prefeito;

4 – Ação Civil Pública nº 800-61.2017.8.10.0104: igualmente devido a ilegalidades em processos e violação a princípios administrativos. O Pregoeiro Municipal também é réu, juntamente com o Prefeito, além do secretário municipal, JOSÉ LUIZ DA SILVA FILHO;

Além das quatro ações judiciais, o Prefeito Zé Hélio também é apontado como autoridade coatora, por práticas de atos ilegais e abusivos, nos autos dos Mandados de Segurança nº. 602-24.2017.8.10.0104, 24.2017.8.10.0104, 603-09.2017.8.10.0104, 746-95.2017.8.10.0104, 747-80.2017.8.10.0104 e 887-17.2017.8.10.0104 (este último tendo também a Secretária de Educação, DORALINA COELHO DE SOUSA SANTOS, como autora de abusos e ilegalidades).

Se seguir a média de processos judiciais até agora, Zé Hélio sairá campeão, com mais processos que os ex-prefeitos Aparecida Furtado e Sebastião Pitó, que juntos foram ou são réus em aproximadamente 40 (quarenta) processos judiciais por atos praticados enquanto estavam à frente da prefeitura de Paraibano.

Isso se a justiça não cassar seu mandato antes do tempo….mas isso fica para uma outra postagem.