Paralisação dos rodoviários provoca congestionamentos e ônibus são depredados nas ruas de São Luís

Ônibus depredados na avenida Gomes de Castro. Foto: Hilton Franco

A paralisação dos motoristas de ônibus e cobradores pegou de surpresa os usuários do transporte coletivo de São Luís na noite desta sexta-feira(6).

Com a paralisação, o trânsito  ficou totalmente congestionado nas ruas do centro da cidade. Muitos usuários tiveram que descer dos ônibus e seguir o percurso a pé. As paradas ficaram lotadas.

‘Cheguei em casa quase 22 horas, fiquei 3h40 minutos dentro do ônibus que ficou totalmente parado no mesmo local, disse  Luzangela Leite, usuário do transporte público.

De acordo com alguns motoristas os empresários não aumentaram o salário dos rodoviários descumprindo os acordos firmados após a última greve da categoria, acontecida no mês de julho. Os empresário do setor de transporte alegam que a prefeitura de São Luís não repassou o reajuste salarial.

‘Eu recebi esse mês só 200 reais, eu fui no supermercado e o ticket não passou. Eu tenho 2 filhos pra criar,e sou separada. Além disso, a gente corre riscos nesses coletivos pra receber essa micharia, isso não é justo. Tem que quebrar mesmo’, disse uma cobradora.

Os mais revoltados com a situação começaram a depredar alguns ônibus mesmo com a presença da Polícia Militar a poucos metros. Mais de 10 ônibus foram depredados. ‘Não vou enfrentar eles sem equipamentos de proteção. Quando a tropa de choque chegar o bicho vai  pegar’, disse um policial.

Alguns vândalos aproveitaram e começaram a tocar fogo em dois ônibus. O fogo foi dominado e por pouco não destruiu o ônibus.

O tumulto terminou por volta das 20h30 e aos poucos os ônibus voltaram a circular.

Vândalos queimam ônibus. Foto:Hilton Franco