PF apreende R$ 5 milhões em bens da familia Teles em Barra do Corda-MA

Hilton Franco

Delegados da PF Eugênio Ricas e Victor Mesquita,durante coletiva

A Polícia Federal, apreendeu R$ 5 milhões em bens da família Teles, em Barra do Corda na Operação Astiages desencandeada quinta-feira(3) no Maranhão.

O chefão da Organização Criminosa(ORCRIM), o prefeito Nenzim (PV) e sua esposa    a primeira-dama de Barra do Corda, Francisca Teles de Sousa, a Santinha (imagine se não fosse santa), e o lobista João Batista Magalhães estão foragidos.

Os demais membros da ORCRIM, já prestaram depoimentos e foram indiciadas pelos crimes de desvio e apropriação de recursos públicos, lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária e formação de quadrilha.

Os presos  serão transferidos para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas e podem pegar até 30 anos de cadeia. Entre os presos estão Sandra Maria Teles de Sousa  e Pedro Alberto Teles, irmãos do deputado estadual Rigo Teles, filhos do prefeito foragido.

De acordo com um dos delegados que participou da Operação, a casa da família Teles “não era uma mansão, era uma casa de cinema” e a simples imagem não daria para mostrar sua beleza.

Ainda o delegado Victor Mesquita e Eugênio Ricas, disse que o  processo tem tantas provas que as buscas e apreensões priorizaram os bens mais valiosos. “A gente não teria onde guardar a frota de carros da quadrilha. Apreendemos apenas 1/10 da frota”, declararam.

Entre os bens destacam-se  duas Pajeros, uma Hilux, dois Honda City, um Honda CRV, seis caminhões baú, 15 relógios de luxo (Rolex, Bvlgari, Tag Hauer, Ferrari etc.) e jóias.

Também a PF apreendeu um helicóptero e um avião, no Aeroporto de Paço do Lumiar-MA. Detalhe: O aeroporto de Paço do Lumiar, denominado Coronel Alexandre Raposo está alugado para o senador Edinho Lobão, filho do ministro Edson Lobão.

O avião de prefixo PT-EYW está no nome do vigia da família Teles, Quintino Gomes da Silva, conhecido pelo cognome de “Peba”. Veja bem! O cara se chama “Peba” e tem avião.Imagine  se não fosse “Peba”.

Veja as imagens similares de alguns bens apreendidos pela PF. A imagens  foram retiradas do Google.