Placa em Colinas-MA contém erro de português

Já viu como se escreve as palavras pecuária e desenvolvimento em Colinas-MA na administração do prefeito Antonio Carlos (PSB)? Veja a placa abaixo e note erro.

A imagem da placa foi publicada por Júnior Loureiro, de Colinas e compartilhada por dezenas de internautas que criticaram o erro de português. ‘Educação de qualidade você ver em Colinas’, disse o internauta Albert Malone.

O erro gritante foi observado na palavra pecuária que está escrita com ‘q’. Outro erro observado está na palavra desenvolvimento que está escrita com ‘m’ antes da letra ‘v’.

O erro custou caro para Colinas, que virou chacota entre os internautas.

Que vexame hein.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Respostas para Placa em Colinas-MA contém erro de português

  1. rAIMUNDO AUGUSTO disse:

    isso é o que acontece quando os governantes colocam pessoas sem o mínimo de capacidade educacional para assumirem os cargos públicos de confiança, manchando a imagem da cidade. não é culpa do pobre coitado do pintor que talvez não estudou, mas sim da pessoa responsável talvez o secretario que autorizou é bom estudar meu amigo.

    Resposta:

    O secretário de agricultura de Colinas se chama Antonio do Sindicato e possui o ensino fundamental incompleto. Mesmo com esse nível de instrução já dá para notar os erros de português.

  2. NOTA DE ESCLARECIMENTO

    A Prefeitura Municipal Colinas vem a público esclarecer que, com relação à placa de identificação da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca, Pecuária e Desenvolvimento Econômico, constando erros e equívocos gramaticais, determinou-se a imediata retirada da placa e a confecção de outra, logo que conhecido o fato, mesmo porque ser propósito nosso alterar positivamente os baixos, graves e lamentáveis índices educacionais de Colinas que se arrastam por longos anos.

    Sem nos eximir de culpas, pois que havidas, necessário esclarecer que à empresa contratada entregou-se a logomarca da Secretaria de Agricultura para confecção da placa, tendo sido a própria empresa que a afixou na noite do dia 26/08/2013, sendo do conhecimento do Secretário apenas na manhã do dia seguinte (27/08/13), tempo em que adotadas as providências necessárias. Na própria logomarca constante da placa pode-se verificar a grafia correta do nome da Secretaria de Agricultura, o que traz a convicção tratar-se apenas de um equívoco quando da confecção.

    Oportuno ressaltar, ainda, que, na atual gestão, os secretários têm plena e total autonomia para gerir suas pastas e, ainda que o erro adviesse de inobservância do Secretário Municipal Antônio Vieira Feitosa, Antônio do Sindicato, como popularmente conhecido, o fato, por si só, em nada faria diminuta a história desse lavrador, negro e de origem humilde, que, por méritos próprios, se fez presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Município de Colinas, prestando relevantes serviços à classe trabalhadora rural; elegeu-se presidente do Partido dos Trabalhadores – PT; e, por duas vezes, se elegeu vereador no Município de Colinas, sendo, por tudo isso, e por outros valores e princípios que o fazem um homem reto, de bom caráter e agir irretocável, convidado para assumir a Secretaria de Agricultura, Pesca, Pecuária e Desenvolvimento Econômico, onde, nos últimos sete meses, tem desenvolvido conhecido e reconhecido trabalho, como se pode conferir no Portal da Transparência (www.colinas.ma.gov.br).

    Um bom governo se faz com trabalho, honestidade, boa-fé, justiça social e respeito ao povo, de modo a lhe assegurar a cidadania que lhe é devida e merecida, ações políticas que prescindem de diploma, exigindo, sim, bom caráter e inimizade à corrupção, qualidades que Antônio do Sindicato tem de sobra, não sendo o fato de o Estado lhe ter negado um diploma que o faz menor, pelo contrário, faz pequeno o Estado, omisso em seu poder/dever, e a ele, Antonio do Sindicato, grande, que, não obstante tudo isso, é um vencedor, como provam os seus muitos e relevantes feitos em favor do povo de Colinas.

    Por fim, impende dizer que seguiremos investindo e valorizando os profissionais colinenses, convictos de que mero equívoco gramatical como o que cometido não tem poder lesivo para interferir, ainda que minguamente, no firme propósito nosso de mudar a realidade política, social, econômica e educacional de Colinas, que, por sua gente, nos confiou essa nobre missão.

    Prefeitura Municipal de Colinas