Polícia Federal diz que prefeitos presos desviaram mais de 20 milhões

Do site A Tribuna do Piauí e Jornal Meio-Norte

Prefeito preso na Operação Geleira da PF.

A Polícia Federal iniciou nesta quarta-feira (19) operação de prisão de prefeitos e gestores envolvidos em irregularidades de desvio de recursos públicos federais. A operação é chamada de Geleira que leva essa nome pelo grande volume de notas fiscais usadas nas fraudes. 

Será dado cumprimento a 84 mandados de busca e apreensão e 30 mandados de prisão em várias cidades do Piauí. A operação se concentra em prédios públicos e investiga corrupção e desvio de recursos públicos em prefeituras em várias cidades do Estado.

A investigação apurou que empresários criavam empresas fantasmas para fornecer notas fiscais frias para prefeituras.

De acordo com PF,  aproximadamente R$ 20 milhões em verbas do SUS e do Fundeb foram desviados.

O Polícia Federal divulgou que foram feitas prisões de prefeitos no seguintes municípios:

Uruçuí- Valdir Soares

Landri Sales- Joedison Rodrigues

Caracol- Isael Macedo

Eliseu Martins-Teresinha Dantas

Miguel Leão- Bismark Area Leão

Ribeiro do Piauí- Jorge de Araujo Costa

O delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Janderlyer Gomes confirmou que foram apreendidos documentos em órgãos públicos, empresas e escritórios de contabilidade nos municípios de Landri Sales, Marcos Parente, Uruçuí, São Raimundo Nonato, Várzea Branca, Caracol, Eliseu Martins, Ribeira do Piauí, Porto, Amarante, Miguel Leão, Floriano e Teresina.

Mais informções no site Jornal Meio-Norte e Tribuna do Piauí