Prefeitos do interior do Maranhão querem se perpetuar no poder

Hilton Franco

Júnior (PTB), prefeito de Miranda do Norte-MA pensa na reeleição.

Alguns prefeitos maranhenses descobriram o tesouro e não querem largar. Virar prefeito no Maranhão é melhor que ganhar na loteria.

Em pouco tempo tornam-se milionários e com patrimônio avultado composto por  fazendas, carrões e mansões.

Com base nisso, alguns chefes do Executivo já estão de olho nas eleições de 2012. No município de Alto Alegre do Maranhão, distante 182 Km de São Luís, o  atual prefeito – Dr Liorne (PMDB),  reeleito em 2008, já tem candidato para lhe substituir. Trata-se do ex-gari José Garcias (PP), eleito vereador em 2008  em 7º lugar com 436 votos.

O detalhe curioso que o perfil de José Garcias é típico da grande maioria  dos maranhenses, ou seja, possui apenas o ensino fundamental incompleto. Brincadeira hein!

Certamente o Dr Liorne, que ocupa a cadeira do Executivo desde 1º de janeiro de 2005, quer continuar a mandar  em Alto Alegre do Maranhão ao ao escolher um ex-gari para lhe substituir. Se depender dos brincantes do carnaval de 2011, o candidato do prefeito já está eleito.

Em Santa Quitéria, distante 211 Km de São Luís, o atual prefeito Osmar Leal conhecido por Manin(DEM), reeleito em 2008  com 8.046 votos, também não quer largar a prefeitura no leste maranhense.

Os planos já estão armados e Manin vai lançar o seu atual vice – o Dr Sebastião que já foi ex-prefeito e o acompanha desde quando assumiu nos dois mandatos.

A audácia de Osmar Leal extrapola os limites quiteriense e chega a Araioses, de onde é natural. O plano é estender os seus domínios sobre o tesouro (prefeitura). Em Araioses Manin pretende lançar a candidatura sua filha  Valéria Leal (PR) ao cargo de prefeita.

Em Peritoró, que foi emancipado em 1994,  o atual prefeito Dr Agamenon (PDT), eleito em 2008 com 5.719 votos, também não quer largar o tesouro e já definiu que será candidato à reeleição. É hora de mudança.

Na década de  1986, ainda quando Peritoró era povoado de Coroatá, passei pela primeira vez neste lugar. De povoado passou a ser município em 22/11/1994 e desde então nada mudou. A cidade continua uma imundice.

No município de Miranda do Norte, a 127Km de São Luís, o atual prefeito Júnior Lourença (PTB),que vive debaixo de vaias e curtindo as pousadas de Barreirinhas e as noites de São Luís regado a muito uisque é candidato a reeleição.

Apesar do descrédito, o povo de mirandense do norte diz que Júnior tem R$ 6 milhões para gastar na campanha. O detalhe que para a justiça o Júnior declarou possuir apenas R$ 72 mil. Alguém pode explicar? Os eleitores afirmam que Júnior só vai gastar o dinheiro que não é dele, e sim do povo.

Os planos dos prefeitos citados são audaciosos. Falta apenas  falta combinar com o povo.

Se você conhece algum caso parecido de outro município maranhense nos envie que publicaremos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uma Resposta para Prefeitos do interior do Maranhão querem se perpetuar no poder

  1. edu disse:

    o que o manin tá desviando o dinheiro de santa quiteria para entregar nas mãos de cabos eleitorais em araioses passa da casa dos milhoes, espero que o povo não caia na conversa desse corrupto.