Primeiro mineiro chega à superície

Do Correio Braziliense

France Presse

Florencio Ávalos foi resgatado na noite desta terça-feira do fundo de uma mina no norte do Chile, sendo o primeiro a sair do grupo de 33 mineiros que estava preso há mais de dois meses sob a terra.

O mineiro saiu da cápsula em meio a aplausos e aos gritos de “Chi, Chi, Chile, sendo colocado imediatamente em uma maca e levado ao hospital de campanha montado no local.

Ávalos estava com boa aparência e mostrando total tranquilidade.

Um dos mineiros mais experientes do grupo, Ávalos, 31 anos, iniciou a subida de 622 metros após a cápsula ser baixada ao fundo da mina pelo socorrista Manuel González.

Ávalos recebeu instruções de González, se despediu dos companheiros e colocou uma roupa especial, antes de entrar na cápsula e partir para uma viagem de 16 minutos rumo à liberdade.

Capataz, o mineiro é casado e seu irmão Renán, também está preso sob a terra e deverá ser o 25º a subir. Confira ordem de subida dos mineiros:

2- Mario Sepúlveda, 40, eletricista, casado. Foi o apresentador da maioria dos vídeos do grupo.

3- Juan Illanes: 52, mineiro, casado. Veterano do conflito fronteiriço entre Chile e Argentina em 1978.

4- Carlos Mamani: 23, operador de máquinas pesadas, casado. Boliviano e único estrangeiro do grupo.

5- Jimmy Sánchez: 19, mineiro, solteiro e o mais jovem do grupo.

6- Osman Araya: 30, mineiro, casado e trabalhava há apenas quatro meses na mina.

7- José Ojeda: 46, encarregado de perfuração, viúvo, diabético e autor da mensagem de que todos estavam bem no momento do primeiro contato.

8- Claudio Yáñez: 34, operador de máquina, solteiro.

9- Mario Gómez: 63, motorista, casado. É o mais experiente do grupo, filho de mineiro.

10- Alex Vega: 32, mecânico de máquinas pesadas, casado.

11- Jorge Galleguillos: 56, mineiro experiente, casado, sofre de hipertensão.

12- Edison Peña: 34, mineiro, solteiro.

13- Carlos Barrios: 27, mineiro, solteiro.

14- Víctor Zamora: 33, mecânico, casado.

15- Víctor Segovia: 48, eletricista, casado e encarregado de registrar por escrito o que ocorre dentro da mina.

16- Daniel Herrera: 27 anos, motorista de caminhão, casado.

17- Omar Reygadas: 56, eletricista, casado, recém contratado para trabalhar na mina.

18- Esteban Rojas: 44, encarregado de manutenção, casado.

19- Pablo Rojas: 45 anos, encarregado de explosivos, casado. Trabalhava há menos de seis meses na mina.

20- Darío Segovia: 48 anos, operador de máquina, casado.

21- Yonni Barrios: 50, eletricista, casado e encarregado do acompanhamento médico dos mineiros por seus conhecimentos de enfermagem. É aguardado no exterior da mina por duas companheiras, que já brigaram.

22- Samuel Ávalos: 43, mineiro, casado e com antecedentes no uso de entorpecentes.

23- Carlos Bugueño: 27, mineiro, solteiro.

24- José Henríquez: 54, encarregado de perfuração, casado e guia espiritual dos mineiros.

25- Renán Ávalos: 29, mineiro, solteiro, irmão de Florencio Ávalos.

26- Claudio Acuña: 44, operador de perfuradora, solteiro.

27- Franklin Lobos: 53, motorista, solteiro e ex-jogador profissional de futebol.

28- Richard Villarroel: 27, mecânico, solteiro.

29- Juan Aguilar: 49, supervisor, casado.

30- Raúl Bustos: 40, mecânico hidráulico, casado. Trabalhava como mecânico nos estaleiros da Marinha chilena em Talcahuano, porto destruído pelo tsunami de 27 de fevereiro.

31- Pedro Cortez: 24, eletricista, solteiro.

32- Ariel Ticona: 29, motorista de máquina pesada, casado. Sua mulher, Margarita, deu à luz a terceira filha durante o pesadelo dos mineiros e a batizou de Esperanza a pedido do marido.

33- Luis Urzúa: 54, topógrafo e chefe de turno, casado. É o lider do grupo.