Professor Hilton Franco protesta contra a Cauê Veículos nas ruas de São Luís

Professor Hilton Franco  comprou um carro 0km e o bloco do motor rachou com 126 dias de uso. Hilton está sem carro há 203 dias. Veículo está pago e o professor anda hoje de carro emprestado.

DSC_0370

Com carro emprestado Hilton protesta contra Cauê que não cumpre a liminar desde o dia 27 de agosto de 2013.

O professor Hilton Franco decidiu protestar contra o desrespeito da Cauê Veículos com o consumidor.

O protesto é pelo fato da Justiça ter concedido uma liminar ao professor obrigando a Cauê a disponibilizar um veículo similar ao seu (Chevrolet Onix 1.4) que teve o bloco do motor rachado em maio e a mesma afronta a decisão do juiz e não cumpre a liminar há 103 dias.

Revoltado com a situação que vem passando, Hilton mandou fazer um perfurado relatando seu caso e colou no vidro traseiro do veículo que está utilizando. O carro foi emprestado por um amigo.

Quem trafega pelas ruas de São Luís se depara com a divulgação do caso que ganhou repercussão nas redes sociais e na blogosfera. O protesto inovador tem apoio dos professores, alunos, amigos, motoristas, moto-taxistas e demais segmentos da sociedade que ficam sabendo do caso.

No Facebook, onde o professor Hilton tem 5.000 amigos no perfil I, a imagem do carro circulando pelas ruas da capital maranhense foi compartilhada por 97 internautas que também estão revoltados com situação vivida pelo professor.

‘Eu agradeço a cada amigo e cada internauta que curte e/ou compartilha as minhas publicações no Facebook relatando meu caso contra a Cauê. Estamos perto da vitória e se for preciso vamos recorrer ao STJ’, diz Hilton em seu perfil.

A ação judicial que tramita perante na 16ª Vara Civel intentada pelo professor Hilton Franco, e patrocinada pelo advogado Ferdinan Vieira Guimarães Júnior pleiteia  a devolução do valor pago pelo veículo, ou substituição por um novo (0km), assim como reparação pelos danos morais.

No domingo, dia 15 de dezembro, a imagem já tinha sido compartilhada por 172 internautas.

Saiba mais

Cauê Veículos afronta a Justiça há 103 dias e não disponibiliza carro ao professor Hilton Franco

Revista Auto Esporte poderá publicar reportagem sobre o caso envolvendo a GM e o professor Hilton Franco

Professor Hilton Franco consegue liminar na Justiça contra a Chevrolet

Caso envolvendo a GM e professor Hilton Franco ainda não foi decidido pela Justiça

Onix 1.4 racha o bloco do motor, cliente espera 48 dias em vão e decide acionar GM na Justiça

Meu presente de aniversário

Clique Antecipação de Tutela a favor do professor Hilton Franco e veja na íntegra a liminar concedida pela Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uma Resposta para Professor Hilton Franco protesta contra a Cauê Veículos nas ruas de São Luís

  1. Soube do caso pela rádio Mirante e publiquei no meu blog. Tomara que mais esse abuso ao direito do consumidor se resolva. Como publiquei no blog, eles se interessam pelo consumidor até o momento da compra. Depois…

    Resposta: Obrigado por ajudar divulgar a falta de respeito da Cauê com o consumidor maranhense. Revoltado é pouco. Divulguei sua matéria no meu Facebook.