Questões sobre Geopolítica Internacional

Dando prosseguimento a bateria de exercícios prometido em sala,hoje publico as questões sobre Geopolítica Internacioanal.

Lembre-se: O gabarito oficial estará disponível um dia após a publicação das questões. O gabarito  estará disponível as 23h de hoje, 10/11/2010.

Bom estudo.

01. 

1. (Uerj 2010)  Quinze anos depois do genocídio que vitimou mais de 800 mil pessoas, visitar Ruanda ainda é uma espécie de jogo de adivinhação – a cada rosto que passa tenta-se descobrir quem foi vítima e quem foi algoz na tragédia de 1994. O governo do país recorre à união do povo. O censo e as carteiras de identidade étnicas não existem mais, todos agora são apenas considerados ruandeses. O esforço do presidente Paul Kagame em evitar um novo conflito é tão grande que chamar alguém de “tutsi” ou “hutu” de maneira ofensiva é crime, com pena que pode chegar a 14 anos.

Marta REIS

 A presença do trauma do genocídio é o principal problema social de Ruanda, maior inclusive que a pobreza. Tratar esse trauma coletivo devia ser prioridade número um, e não transformá-lo num tabu. A política do governo é a do esquecimento por lei, por obrigação. Errada é a vitimização do genocídio, pois existe uma história de conflitos anterior e posterior ao massacre.

Marcio GAGLIATO

 A polêmica sobre os efeitos do genocídio de Ruanda, ocorrido em 1994, aponta para contradições dos processos de constituição de Estados nacionais na África contemporânea.

Com base na análise dos textos, a resolução dessas contradições estaria relacionada à adoção das seguintes medidas:

a) conciliação político-religiosa – afirmação das identidades locais  

b) punição das diferenças culturais – unificação da memória nacional  

c) denúncia da dominação colonial – integração ao mundo globalizado  

d) reforço do pertencimento nacional – revisão das heranças da descolonização  

02. 

2. (Fuvest 2010)  Sobre os muçulmanos que vivem na África e Ásia é correto afirmar:

  África Ásia
a) A grande concentração está no norte do continente, mas tem ocorrido aumento dessa população nos países subsaarianos. No oeste da China, centenas de muçulmanos, da etnia uigur, foram mortos em conflitos ocorridos em julho deste ano.
b) Após a eliminação do apartheid, na África do Sul, os muçulmanos deixaram de ser marginalizados nesse país. As peregrinações anuais a Meca foram suspensas, nos últimos cinco anos, devido a ataques terroristas.
c) A grande concentração está no norte do continente, mas tem ocorrido aumento dessa população nos países subsaarianos. Em agosto deste ano, os muçulmanos do grupo Taleban assumiram o governo no Afeganistão, desestruturando outros grupos políticos, não muçulmanos.
d) Após a eliminação do apartheid, na África do Sul, os muçulmanos deixaram de ser marginalizados nesse país. No oeste da China, centenas de muçulmanos, da etnia uigur, foram mortos em conflitos ocorridos em julho deste ano.
e) Os conflitos de Darfur, no Sudão, com milhares de refugiados, são consequência de embates tribais entre muçulmanos. Em agosto deste ano, os muçulmanos do grupo Taleban assumiram o governo no Afeganistão, desestruturando outros grupos políticos, não muçulmanos.

 03. 

3. (Fuvest 2010)  A Organização dos Estados Americanos (OEA) revogou, por meio da Resolução de 03/06/2009, a decisão, tomada em 1962, que excluía Cuba dessa organização. Em relação a esse tema, é correto afirmar que

a) os países membros impuseram, como condição para a volta de Cuba à OEA, o cumprimento do acordo de fechamento da prisão de Guantánamo.  

b) o retorno de Cuba à OEA deve resultar de um processo de diálogo a pedido do próprio governo cubano.  

c) a atual decisão da OEA foi criticada por países da

América do Sul que não fazem parte dessa organização como, por exemplo, Venezuela e Bolívia.  

d) o Brasil não participou da decisão da OEA, em junho de 2009, mantendo-se alheio ao processo de diálogo e de negociação com Cuba.  

e) os EUA retiraram-se do processo de discussão da referida Resolução por discordarem da readmissão de Cuba à OEA.  

4. (Ufg 2010)  A geopolítica no continente americano sofreu mudanças consideráveis na década atual, modificando projetos institucionais que visavam maior influência econômica dos Estados Unidos. Como contraponto a essas iniciativas, o governo da Venezuela propôs a criação de um novo bloco.

Esse bloco, que conta atualmente com a adesão de vários países, é

a) o Mercosul, que visa estreitar as relações com os países do Cone Sul.  

b) o Nafta, que busca aproximar os países da América do Norte e Central.  

c) o Pacto Andino, que surge do chamado Acordo de Cartagena, com objetivo de integração econômica.  

d) a Unasul, que objetiva criar mecanismos de proteção aos países da América do Sul.  

e) a Alba, que propõe a unificação política e econômica entre os países da América do Sul e da América Central.  

5. (Pucrs 2010)  Para responder à questão, considere a área hachurada no mapa no que se refere às massas de água que a circundam, ao clima e à população nela predominante.

As informações corretas estão reunidas em:

a) Mar da Arábia, Mar Morto e Mar Tirreno; predomínio de clima equatorial e de população de origem árabe.  

b) Oceano Pacífico, Mar da Arábia e Mar Adriático; clima semidesértico; predomínio de população de origem persa.  

c) Mar Vermelho, Mar Negro e Mar Cáspio; ocorrência de clima árido; predomínio de população de religião islâmica.  

d) Mar Mediterrâneo, Mar Vermelho e Mar Aral; ocorrência de clima desértico; predomínio de população de tradição xiita.  

e) Mar Cáspio, Mar de Barents e Mar Báltico; predomínio de clima seco e de população de religião hinduísta.  

06.

e) Mar Cáspio, Mar de Barents e Mar Báltico; predomínio de clima seco e de população de religião hinduísta.  

6. (Ufrgs 2010)  O anunciado acordo militar entre Colômbia e Estados Unidos tem provocado preocupações na região amazônica brasileira em razão dos seus possíveis impactos sobre o

1 – combate ao narcotráfico na Colômbia.

2 – controle do movimento zapatista na região.

3 – desequilíbrio das forças militares na região.

Quais estão corretas?

a) Apenas 1.  

b) Apenas  2.  

c) Apenas  3.  

d) Apenas  1 e 3.  

e) 1, 2 e 3.  

7. (Cesgranrio 2010)  “O antigo presidente da Polônia e Prêmio Nobel da Paz Lech Walesa deu o primeiro empurrão no dominó gigante que simboliza a queda do Muro de Berlim, cujo 20o aniversário se assinala hoje.”

A caricatura publicada no dia seguinte às comemorações pelos 20 anos da queda do Muro de Berlim faz alusão à

a) radicalização dos governos latino-americanos que compõem o MERCOSUL frente ao possível ingresso da Venezuela na organização econômica.  

b) reação do presidente venezuelano Hugo Chávez ao rechaçar a influência norte-americana na ação de Walesa contra a permanência do comunismo na Polônia.  

c) tentativa de manutenção dos princípios da Revolução Bolivariana no governo de Hugo Chávez, com a finalidade de conquistar o apoio popular para a concretização das reformas venezuelanas.  

d) postura centralizadora do presidente venezuelano Hugo Chavez ao tentar conter a onda liberal que caracterizou a derrubada do muro, símbolo do socialismo autoritário do leste europeu no pós-guerra.  

e) postura liberal-democrática do presidente boliviano Evo Morales ao tentar barrar a expansão do socialismo, que foi o grande impulso ideológico na trajetória de Lech Walesa durante a Guerra Fria.  

8. (Unesp 2010)  Leia com atenção os textos

I. “A política internacional do pós-guerra apresenta duas características que a distinguem de todos os períodos anteriores: a universalidade das relações entre Estados e a bipolarização do poder planetário. A universalidade das relações entre Estados é fruto da desagregação definitiva dos impérios coloniais. A descolonização da Ásia e da África, que se iniciara no entre guerras, praticamente se completa na década de 60. O aparecimento de dezenas de novos países independentes cria, pela primeira vez, uma diplomacia efetivamente mundial”.

II. “A bipolarização do poder planetário é resultado do enfraquecimento geopolítico das antigas potências e da emergência de duas superpotências capazes de desencadear a destruição de todo o sistema mundial de Estados”.

III. “Comandando direta ou indiretamente dezenas de Estados abrigados em suas áreas de influência, as superpotências encetam uma disputa pela hegemonia mundial que tem repercussões nos planos político, econômico e propagandístico.

[…] A diplomacia contemporânea se desenvolve em circunstâncias sem precedentes. Raras vezes existiu base menor de entendimento entre as grandes potências, mas tampouco jamais foi tão coibido o uso da força”.

(Demétrio Magnoli, O mundo contemporâneo, Relações Internacionais

1945 a 2000. São Paulo: Moderna, 2002. Adaptado.)

Os textos referem-se, respectivamente, a:

a) I. Organização das Nações Unidas (ONU);
II. Inglaterra e França;
III. Doutrina Monroe.  

b) I. Organização das Nações Unidas (ONU);
II. Estados Unidos e a União Soviética;
III. Guerra Fria.  

c) I. Organização dos Estados Americanos (OEA);
II. Reino Unido e Japão;
III. Plano Marshall.  

d) I. União Europeia;
II. Canadá e EUA;
III. Doutrina Truman.  

e) I. Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN);
II. Alemanha e França;
III. Conferência de Potsdam.  

9. (Unicamp simulado 2011)  A faixa de fronteira brasileira abrange cerca de 27% do território e 5,4% da população nacional.

Observa-se uma maior concentração de cidades gêmeas (cidades contíguas, em dois países) na região transfronteiriça da Bacia do Prata devido

a) a questões climáticas, já que o clima é subtropical.  

b) à maior concentração urbana existente na região.  

c) aos incentivos de políticas governamentais que estimularam o povoamento da região.  

d) à vegetação dos pampas, propícia à ocupação humana.  

10. (Ufu 2010)  As vagas para disputar a Copa do Mundo de Futebol são distribuídas pelas confederações continentais. No entanto, um país que tem seu território totalmente na Ásia é filiado à UEFA (União das Federações Europeias de Futebol) desde 1994, tendo disputado as eliminatórias da Europa.

Assinale a alternativa que indica o nome deste país e a razão geopolítica desta participação em uma confederação de outro continente.

a) Turquia – Relação de belicosidade latente com países próximos em decorrência do fim do Império Otomano.  

b) Israel – Relação de belicosidade latente com países próximos em decorrência dos conflitos árabe-israelenses.  

c) Líbano – Relação de belicosidade latente com países próximos em decorrência de ter sido parte do Império Colonial Francês.  

d) Moldávia – Relação de belicosidade latente com países próximos em decorrência da extinção da União Soviética.  

 Gabarito Oficial sobre as questões de Geopolítica Internacional
 

1 – D; 2 – A; 3 – B; 4 – E; 5- C; 6 -D; 7 – D; 8 – B; 9 – B; 10 -B