São Luís, ilha do medo: 98 pessoas foram mortas no mês de abril

Por Oswaldo Viviane do Jornal Pequeno

O mês de abril, recém-terminado, que marcou quatro anos da atual gestão de Roseana Sarney (PMDB) no Palácio dos Leões – ela assumiu o governo do Maranhão em meados de abril de 2009, pela via judicial, e venceu as eleições de 2010 –, marca também o auge da violência na capital do estado: 98 assassinatos nos quatro municípios da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa).

A média é assustadora: mais de 3,2 crimes de morte por dia. É o maior quantitativo de homicídios, ocorridos num só mês, na administração roseanista. Em quatro anos, apenas os 83 assassinatos na Ilha em dezembro do ano passado haviam chegado tão perto dos três dígitos, como agora. Os números são dos registros do Instituto Médico Legal (IML) de São Luís e do portal da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA).

Com os 98 assassinatos de abril, o total de crimes de morte na Grande Ilha, nos primeiros quatro meses do ano, já chega a 291 – em janeiro, foram, 75; em fevereiro, 51; e em março, 67.

As armas de fogo continuam liderando as estatísticas dos meios utilizados para matar na Ilha. Em abril, as mortes a tiros somaram 69 (mais de 70% dos casos). Por arma branca (faca, facões etc.), foram registrados 25 assassinatos, e por outros meios, 4.

Entre os 98 crimes de morte registrados em abril na Ilha, oito aconteceram no complexo carcerário de Pedrinhas – cinco na CCPJ (Central de Custódia de Presos de Justiça), dois na Penitenciária e um no CDP (Centro de Detenção Provisória). Todas as mortes foram causadas por chuçadas.

Um total de 27 homicídios vitimou jovens entre 14 e 22 anos.

Maio – O mês de maio já começou violento na Ilha, com sete assassinatos ocorridos entre quarta-feira (1º) e a madrugada de hoje (2).

ESTATÍSTICAS MENSAIS DE HOMICÍDIOS

(De janeiro de 2009 a abril de 2013)

2009
Janeiro: 39
Fevereiro: 34
Março: 33
Abril: 42
Maio: 62
Junho: 38
Julho: 48
Agosto: 56
Setembro: 55
Outubro: 42
Novembro: 41
Dezembro: 67
Total: 557

2010
Janeiro: 51
Fevereiro: 41
Março: 51
Abril: 41
Maio: 42
Junho: 50
Julho: 39
Agosto: 50
Setembro: 43
Outubro: 58
Novembro: 66
Dezembro: 54
Total: 586

2011
Janeiro: 54
Fevereiro: 38
Março: 51
Abril: 48
Maio: 46
Junho: 45
Julho: 68
Agosto: 45
Setembro: 41
Outubro: 49
Novembro: 55
Dezembro: 63
Total: 603

2012
Janeiro: 59
Fevereiro: 49
Março: 53
Abril: 59
Maio: 44
Junho: 46
Julho: 53
Agosto: 64
Setembro: 73
Outubro: 72
Novembro: 61
Dezembro: 83
Total: 716

2013
Janeiro: 75
Fevereiro: 51
Março: 67
Abril: 98
Total parcial: 291

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uma Resposta para São Luís, ilha do medo: 98 pessoas foram mortas no mês de abril

  1. josafar ferreira lima disse:

    Acho que o grande indíce de crime esta cada vez aumentando por varíos aspectos 1º a falta de policia ostensiva na rua o contigente da Policia Civil e de 2300 homens para todo Estado (217 Municipios) Incluindo Delegados, Investigadores, Peritos, Escrivães,Medicos legistas etc. todos somados da este quantitativo então como pode a policia dar conta de elucidar esta avalanche de crimes isto só na grande metropolitana e impossível. 2º Falta policia meste estado precisa ter um concurso Público para no minimo 3000(Três Mil homens para policia civil e 6000(Seis Mil)para policia Militar no proxímo ano vão aposentar 400 Investigadores da policiais civis 3º A Policia tem um grande trabalho para prender os assassinos e em menos de Três meses os assassinos estão soltos o que esta acontecendo com nossa justiça que não consegue segurar este bandido por mais tempo na cadeia.