Sonda japonesa falha na tentativa de entrar na órbita de Vênus

Agência espacial do Japão pretende tentar novamente quando o artefato estiver em posição adequada, o que só deve ocorrer em 2016

Diário Catarinense

Projeção artística mostra como a sonda entraria na órbita de Vênus.Foto:Akihiko Ikeshita / AFP

A sonda espacial Akatsuki fracassou na tentativa de entrar na órbita de Vênus, informou nesta quarta-feira a Agência de Exploração Espacial Japonesa (Jaxa).

“Tentamos manobrar para colocar a sonda em órbita, mas chegamos à conclusão de que não foi possível”, lamentou um representante da agência em comunicado.

Segundo a agência Jiji Press, a Jaxa planeja tentar novamente a manobra quando a sonda voltar à posição adequada, entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017.

Lançada no dia 20 de maio pelo foguete H-DA, a Akatsuki (“alvorada”, em japonês) percorreu sem problemas o longo trajeto até Vênus, mas fracassou na tentativa de entrar em uma órbita elíptica, o que lhe permitiria se aproximar a 300 km do planeta.

A missão Akatsuki (ou Venus Climate Orbiter PLANET-C), preparada desde 2001, pretende completar as informações obtidas pelo Venus Express, o satélite lançado no fim de 2005 pela Agência Espacial Europeia e que chegou ao destino no primeiro semestre de 2006.