Veja a entrevista com Ferdinan Júnior, pré-candidato a prefeito de Paraibano (MA)

As eleições de 2016 no município de Paraibano (o município fica localizado a 511Km da capital) pode ser uma das mais concorridas. Dando continuidade à séria de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Paraibano, realizada com exclusividade pelo Blog Maranhão de Verdadeapresentamos a entrevista com o pré-candidato a prefeito do PPS, o advogado Ferdinan Júnior, que prontamente atendeu o pedido de entrevista do blog.

Ferdinan Jr

Ferdinan Jr com o deputado Wellington do Curso e o professor Hilton Franco

 

Confira a íntegra da entrevista:

Ferdinan Júnior, o que te fez entrar na política?

Inicialmente, quero agradecer o convite para esta entrevista. Fico muito honrado em poder mostrar um pouco sore mim neste espaço democrático de amplo acesso Brasil a fora. Bom, dentro da política todos nós estamos inseridos desde quando nascemos, querendo ou não. Sempre soube que somente através da política é que a vida dos cidadãos poderia ser transformada. A ideia de ser pré-candidato foi mais um atendimento a um chamado, uma missão, do que um desejo pessoal. A conjuntura política local e os seus bastidores me indicaram, e acredito que hoje possuo preparo e conhecimento técnicos para levar adiante esse projeto.

E por que você quer ser candidato a prefeito de Paraibano?

Sou Advogado, bacharel em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, Pós-graduando em Direito Administrativo, professor e voluntário em ações sociais diversas. Após o chamado que me foi feito pelos integrantes do grupo da oposição, refleti e descobri que de nada vale nosso conhecimento senão para servir ao próximo. Não adianta acumular informações, conhecimento e experiência se não puderem ser utilizados para o bem de alguém, não apenas o nosso próprio. A partir desta constatação é que coloquei meu nome à disposição da oposição em Paraibano, cujo objetivo maior é fazer o município desenvolver em 4 anos o que não foi desenvolvido em 40 sob a dominação de um mesmo grupo político familiar.

A sua candidatura é irrevogável?

A nossa pré-candidatura sim é irrevogável. Entretanto, integro um grupo de oposição unido, que atualmente fala a mesma linguagem: união na escolha e apoio do melhor pré-candidato, e o que tenha menos rejeição será o candidato do grupo. Esse é o caminho: união!

Você, então, não descarta a possibilidade de uma aliança?

De forma alguma! A nova política, aquela que queremos e vamos praticar, tem uma característica única, que é o constante diálogo e formação de alianças saudáveis. No entanto asseguro que nenhum acordo político escuso ou obscuro será feito pela juventude de Paraibano, hoje encabeçada pelo nosso grupo político. Inclusive, não contamos com apoio de qualquer empresário ou magnata em termos de futuro financiamento de campanha. Se eventualmente formos o nome da oposição para 2016, faremos uma campanha limpa e transparente. A velha política não terá vez em Paraibano neste 2016!

Em caso de não lançar sua candidatura a prefeito, você apoiará qual grupo político?

O grupo político da oposição, sem sombra de dúvidas! E nosso apoio seria para o candidato que mais se aproximasse da nossa linha de atuação e pensamento.

Quais são seus principais projetos para Paraibano?

Especialmente na área de educação.

Um povo com educação de qualidade poderá transformar o município num grande polo de desenvolvimento. Outro ponto sensível, e negligenciado pela atual gestão, é atender com eficiência e qualidade as demandas dos mais carentes, os que vivem na miséria. Não por piedade ou pena, mas por obrigação. Além disso, fomentar a instalação de indústrias no município, incentivar pequenos e micro empresários, financiar bolsas de estudo e esportivas para jovens, investir na construção de logradouros públicos próprios, deixando, assim, de gastar centenas de milhares de reais anuais com alugueis, como hoje acontece, etc. Mas, acima de tudo, fazer o que nunca foi feito: um governo honesto e comprometido com o anseios povo, com maior participação social. Essa é a proposta do PPS em Paraibano.

O PPS de Paraibano vem com força para as próximas eleições?

Contamos com o apoio do Presidente Estadual do PPS, Dr. Paulo Matos, que sabe da situação porque passa o município de Paraibano, e entende como viável nossa pré-candidatura. O Partido Popular Socialista, em 2016, nos dará todo o apoio necessário. Além disso, quero registrar meus agradecimentos, em nome da juventude e do povo de Paraibano ao Deputado Estadual Wellington do Curso (PPS), pelas suas intervenções e indicações em favor do município de Paraibano. Ele também é nosso parceiro fiel nessa jornada.

O governo Flávio Dino (PCdoB) trouxe mudanças positivas para a nossa cidade?

Sim, é evidente que o Governo Flávio Dino mudou em grande escala a realidade do Estado do Maranhão perante o mundo. Tirar o Maranhão do atraso, reduzir as desigualdades sociais, priorizar o atendimento às pessoas. Em paraibano essas mudanças ainda não foram sentidas com intensidade, mas ainda estamos iniciando o segundo ano de mandato do Governador, eu confio na sua liderança e capacidade de governar, e logo logo sentiremos a revolução que tanto almejamos. Exemplo que grande atuação do novo governo estadual é, sem sombra de dúvidas, o “mais IDH”, que priorizou os 30 (trinta) municípios com pior índice de desenvolvimento humano.

E como definir Paraibano?

Paraibano, um município de pouco mais de 20mil habitantes é um lugar de grandes pessoas, humildes, hospitaleiras, pacíficas e, infelizmente, muito massacradas por esses sistema político perverso de quase 40 anos de abandono, nas mãos de um mesmo grupo político familiar. Paraibano merece muito mais, merece ter o “freio de mão” destravado. Merece dias melhores.

Qual a avaliação que você faz desses três anos de administração Aparecida Furtado levando em conta as áreas: Saúde, Educação, Cultura e Infraestrutura?

A Prefeita Aparecida Furtado faz uma administração de pouco ou nenhum avanço. Repete a mesma velha política de sempre. Não há o que se enaltecer de bom na gestão Aparecida Furtado, com exceção de alguns poucos integrantes do governo, que mesmo de “mãos atadas” conseguem atuar na medida do possível e prestar serviço público contínuo e de qualidade, quando não são impedidos. A educação de Paraibano nunca esteve tão ruim. Escolas saqueadas, merenda escolar de péssima qualidade, professores lecionando disciplinas diferentes de sua formação acadêmica. Assim, os estudantes estão ingressando no ensino médio com deficiência no aprendizado.

A saúde de Paraibano resume-se a ambulância para transportar doentes. O hospital geral parece mais um posto básico de saúde, sem estrura física, sendo salvo pelos poucos bons profissionais que ali sofridamente atuam. Ações culturais não existem! Não há preocupação com difusão e valorização de manifestações culturais locais. Carnaval é medíocre, vaquejada está em decadência, esta que era o grande motivo de orgulho para os paraibanenses, e agora envergonha a todos, pois transformou-se em um negócio altamente lucrativo para poucos que se entitulam os “donos” de Paraibano.

Antes de finalizar o nosso bate-papo, eu agradeço novamente pela participação valorosa, que abrilhantou este espaço democrático. Deixe aqui uma mensagem de esperança de dias melhores para a população do nosso querido município.

Eu que agradeço mais um vez o convite. Digo ao povo de Paraibano que tudo tem um tempo certo para acontecer, e acredito que a mudança que tanto nosso município precisa e clama nas últimas décadas virá já neste ano de 2016. Acreditem e apostem no novo, desprendam-se das raízes das “forças do atraso”, percam o medo, utilizem com sabedoria seu voto, não o troque por nada, pois é o bem maior que um cidadão possui numa democracia. Deus abençoe a todos. Grande abraço.