Veja as caras mais “estragadas” do MMA

R7

Foi uma pedrada? uma marretada? Não, o que fez um calombo crescer na testa do canadense Mark Hominick foram os duros golpes do brasileiro Jose Aldo, no UFC 129, no Canadá.

O juiz não parou a luta e Hominick não desistiu até o último segundo, apesar da cabeça deformada. Aldo manteve o cinturão de peso-pena.

Marcus Davis não esqueceu tão cedo do seu encontro com Nate Diaz (direita), no ano passado, em Boston (EUA). Toda a região em volta de seu olho direito foi castigada e, como se isso não bastasse, ele foi asfixiado por Diaz até ficar inconsciente no terceiro round.

Clique  caras mais “estragadas” do MMA e veja outras fotos.