Vereador Lisboa desafia Roseana e Aluísio a andarem pela periferia e sujeitarem-se ao risco de assalto nos ônibus

Blog do John Cutrim

O secretário de Segurança do Estado, Aluísio Mendes novamente desrespeitou a Câmara Municipal de São Luís ao não comparecer, mais uma vez, a sessão especial para tratar da problemática da segurança pública na capital, ocorrida na manhã desta segunda-feira (4). Revoltados com a atitude do auxiliar da governadora Roseana Sarney, vereadores fizeram pronunciamentos de revolta perante o descaso do secretário com o parlamento municipal e os moradores da cidade.

Um deles foi o vereador professor Antonio Lisboa (veja no vídeo acima). Indignado, ele, na qualidade de membro da Comissão de Segurança Pública disse que não era nenhuma surpresa a ausência do secretário Aluísio Mendes.

“Até é de se esperar de um governo como esse que vem tratando todos os setores essenciais, inclusive a segurança pública, com descaso. Cada um deles tem 20, 30, 40 seguranças para garantirem sua segurança, enquanto que o homem e a mulher normais, pessoas simples, cidadãos de bem dessa cidade que pagam seus tributos não tem ninguém pra lhes defender. Um absurdo, o secretário achincalha esta Casa”, disparou Lisboa.

Para se ter uma idéia, um total de 108 homicídios foi registrado neste mês de outubro, na Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa). O mês foi o mais violento na Ilha nos últimos quatro anos, com uma média de 3,6 assassinatos por dia.

Pela primeira vez, desde janeiro de 2009, quando o Jornal Pequeno começou a levantar e divulgar as estatísticas mensais de assassinatos na Grande Ilha, o número de mortes violentas alcança três dígitos. Faltando ainda dois meses para terminar o ano, os homicídios em São Luís e região já totalizam 782 – 66 a mais do que em todo o ano passado, que registrou 716 assassinatos.

De acordo com o vereador, falta seriedade na política “dessa turma que o povo está cansado”. “As mensagens são claras, quando o povo foi às ruas reclamar. Eu faço um desafio à governadora. Ela e o secretário de Segurança andem pela periferia dessa cidade, sujeitem-se ao risco de assalto dentro do ônibus”, provocou Lisboa.

O autor do requerimento, o vereador Pavão Filho confirmou que o convite de comparecer à Câmara foi recebido pela SSP e o secretário sequer enviou um comunicado explicando os motivos de sua ausência. Os vereadores Marquinhos Silva (PRB), Estevão Aragão (SDD), Helena Duailibe (PMDB) e Chaguinhas (PSB) também lamentaram a falta de respeito de Aluísio Mendes com a Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Respostas para Vereador Lisboa desafia Roseana e Aluísio a andarem pela periferia e sujeitarem-se ao risco de assalto nos ônibus

  1. Reginaldo disse:

    Pois é gente, apesar do apelo desesperado de um pai de família, o qual inclusive já tive o grande prazer de ser aluno, que em suas aulas sobre a pátria afirma veementemente que AMA o nosso Brasil, o Brasil que tanto falamos mal, que tanto menosprezamos e que só damos valor quando tem seu nome escrito em algum lugar fora daqui, esse Lisboa que aí está, apesar disso ainda há muitos que irão assistir a este vídeo e nada farão, não se indignarão com a ausência do digníssimo senhor secretário de Segurança Pública, porque sequer vão a uma sessão da câmara para saber que rumo toma sua cidade e seu estado. Sequer tais pessoa tem a coragem de se levantarem mais cedo de suas camas, às vezes até trabalham de tarde, para assistirem a cara de pau daqueles que zombam das suas caras. Muitas dessas pessoas agridem ou humilham o seu próximo por serem zombadas em frente a outros que talvez nem conheçam, pois saibam que estão sendo zombados perante toda a sociedade, além de serem motivo de piada em reuniões com outros líderes de governos, que também fazem o mesmo com quem deveriam ajudar. Vejam bem os números, são 108 homicídios somente o mês passado! Meu Deus pensem que isso está pior do que nunca, e que, apesar de você andar de carro, não sair à noite, ter um segurança privado, usar carro blindado e qualquer outra coisa que te faça sentir seguro, VOCÊ também está sujeito a essa violência, SEUS PAIS também estão sujeitos, SEUS FILHOS, que são ou serão seu maior tesouro estão TOTALMENTE SUJEITOS a isso. Espero que, caso alguém tenha paciência de ler esta mensagem, do fundo do meu coração, desperte e vá à luta, não arriscando suas vidas em manifestações, mas em frente à urna no próximo ano, ajudando a LIMPAR este país dessa CORJA DE SERES PÚTRIDOS e DESPREZÍVEIS, PARASITAS SANGUINÁRIOS que hoje riem e zombam das suas caras.

  2. Alex disse:

    Moro em Florianópolis e vejo o quanto o povo preza pela sua cidade e sua cultura. De casas com portas, janelas e até muros de vidro. Sempre penso o que falta para o Maranhão com o grande nome político que é representado se tornar um estado mais limpo, mais educado, mais estruturado com vias de acesso e com uma segurança decente para a população.
    Da última vez que fui em São Luis, vi uma cidade alaranjada de tanto pó de barro e muita poeira pelas ruas, praias lindas contaminadas pela falta de saneamento, sem falar nas mais novas favelas que em tempo irá se tornar um novo bairro ou até mesmo uma nova cidade.É uma decepção e uma tristeza ver tudo isso na minha terra natal. Infelizmente quem tem que resolver tudo isso sequer se emociona. O que move ainda é a fé…tenhamos fé que um dia sai!!!

  3. Edvania Rodrigues disse:

    Graças a Deus eu dou quando um homem de coragem como prof Lisboa´torna-se o porta-voz da nossa indignação!! Muitos vereadores novos e veteranos comportam-se como se vivessem no país das maravilhas, mudos, subservientes,apáticos como se não soubessem de nada !!!! Parabénsss vereador Lisboa pela coragem!!