Vila Guilhermino concentra extrema pobreza em Paraibano-MA

Notícias de Paraibano-MA

Vila Guilhermino, um dos bolsões de miséria em Paraibano-MA.Foto:Amaury.

Dados do Censo 2010 divulgados pelo IBGE, que balizaram ações do Brasil sem Miséria, principal programa social da gestão de Dilma Rousseff, detalham onde vivem 8,5% dos brasileiros com renda familiar de até R$ 70.

Clique Estado de São Paulo e veja o mapa da miséria no Brasil

Em Paraibano-MA, o professor Amaury visitou o bairro Vila Guilhermino Brito  e observou o estado de penúria que se encontra alguns dos 5.008 paraibanenses que vivem em extrema pobreza.

No pequeno casebre visitado, moram dona Rita Betânia, o esposo Edilson das Neves, ambos desempregados e os 4 filhos: Jorge (9), Fernanda (5), Nanda (3)  e Luziene (1).

Na visita notou-se que o almoço foi arroz com um pouco de feijão  cozidos num tosco fogão a lenha, no terreiro atrás da casa de pau-a-pique e piso de terra.

Sem saber o que irião jantar, Luziene, de apenas um ano, estava se servindo do peito magro da mãe. “Almoçamo”   arroz e um resto de feijão, pra jantar não tem mais feijão, só um pouco de arroz, e na dispensa não tem nada, contou ela ao Noticias de Paraibano.

Dona Rita, assim como 21% dos maranhenses são analfabetos. Encabulada, não soube  dizer a própria idade.

Rita só  recebe uma pequena quantia do Bolsa Família. “A gente tenta fazer de tudo com essa mixaria. Queria mesmo era um trabalho pro meu marido” disse Rita.

Ainda de acordo com Rita, nenhum político, empresário ou comerciante ajudou a família esse ano. A única ajuda que tive foi aquela bolsa de alimentos que você deu aqui na vila, disse Rita se referindo a Amaury.

Confira na tabela abaixo organizada pelo prof Hilton Franco, a distribuição do número de miseráveis na Microrregião das Chapadas do Alto Itapecuru.

Paraibano-MA

Renda média per capita R$ 304,17
Variação de renda 2000-2010 64%
Quantos vivem na miséria 5.008
Proporção de domicílios na miséria 22%
Desigualdade econômica 35%
População em 2010 20.103

Barão de Grajaú

Renda média per capita R$ 342,19
Variação de renda 2000-2010 174%
Quantos vivem na miséria 3.084
Proporção de domicílios na miséria 15%
Desigualdade econômica 27%
População em 2010 17.841

Colinas

Renda média per capita R$ 288,63
Variação de renda 2000-2010 104%
Quantos vivem na miséria 11.898
Proporção de domicílios na miséria 26%
Desigualdade econômica 43%
População em 2010 39.132

Jatobá

Renda média per capita R$ 222,35
Variação de renda 2000-2010 -25%
Quantos vivem na miséria 2.917
Proporção de domicílios na miséria 30%
Desigualdade econômica 34%
População em 2010 8.526

Lagoa do Mato

Renda média per capita R$ 225,78
Variação de renda 2000-2010 231%
Quantos vivem na miséria 3.667
Proporção de domicílios na miséria 30%
Desigualdade econômica 32%
População em 2010 10.934

Mirador

Renda média per capita R$ 222,84
Variação de renda 2000-2010 74%
Quantos vivem na miséria 7.472
Proporção de domicílios na miséria 31%
Desigualdade econômica 43%
População em 2010 14.218

Nova Iorque

Renda média per capita R$ 320,99
Variação de renda 2000-2010 133%
Quantos vivem na miséria 1.248
Proporção de domicílios na miséria 225
Desigualdade econômica 36%
População em 2010 4.590

Pastos Bons

Renda média per capita R$ 290,44
Variação de renda 2000-2010 165%
Quantos vivem na miséria 4.953
Proporção de domicílios na miséria 235
Desigualdade econômica 41%
População em 2010 18.067

Passagem Franca

Renda média per capita R$ 265,42
Variação de renda 2000-2010 181
Quantos vivem na miséria 5.176
Proporção de domicílios na miséria 25%
Desigualdade econômica 37%
População em 2010 17.562
Sucupira do Riachão
Renda média per capita R$ 264,52
Variação de renda 2000-2010 142%
Quantos vivem na miséria 1.017
Proporção de domicílios na miséria 205
Desigualdade econômica 34%
População em 2010 10.444
São Francisco do Maranhão
Renda média per capita R$ 243,82
Variação de renda 2000-2010 189%
Quantos vivem na miséria 3.688
Proporção de domicílios na miséria 26%
Desigualdade econômica 31%
População em 2010 12.146

São J. dos Patos

Renda média per capita R$ 388,43
Variação de renda 2000-2010 106%
Quantos vivem na miséria 3.959
Proporção de domicílios na miséria 13%
Desigualdade econômica 34%
População em 2010 24.928
Sucupira do Norte
Renda média per capita R$ 256,32
Variação de renda 2000-2010 175%
Quantos vivem na miséria 3.506
Proporção de domicílios na miséria 29%
Desigualdade econômica 39%
População em 2010 10.444

Comentário meu:

O professor Amaury, ao contrário dos políticos de Paraibano, que possuem mandato ajuda algumas famílias através da Fundação Alimentar, criada por ele mesmo e mantida com recursos próprios.

Boa iniciativa Amaury. Parabens. Que isto sirva de exemplo aos vereadores de Paraibano e muitos outros políticos que se beneficiam da miséria de muitos em troca de votos.

O ano de 2012 está chegando e é hora do povo proscrever da sociedade os políticos réprobos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uma Resposta para Vila Guilhermino concentra extrema pobreza em Paraibano-MA

  1. mim chamou atençaõ este documentario pois meu nome é o mesmo nascir em plataforma ccidade baixa nó suburbio rua das perdinhas n 155é salvador bahia hoje autuamente resido em vilas de abrantes porque acompanho um filho que tem uma nesecidade especial é autista aqui é o lugar que ele si adapitor autra ele conheisi tudo aqui melhor aqui naõ em salvador por isto que eu esto aqui guilhermino filho guila um abraço