Wellington do Curso cobra destino de verba de ponte fantasma de Edivaldo Júnior

Cadê o dinheiro que estava aqui? Cadê o dinheiro que seria empregado na construção dessa ponte em 2013?, detonou Wellington

Wellington 2

Durante seu pronunciamento na sessão desta terça-feira (25), o deputado Wellington do Curso (PPS) utilizou a tribuna para cobrar esclarecimentos sobre a demora na construção da ponte Pai Inácio sobre o rio Gangan, que ligará a avenida General Arthur Carvalho (Turu) à Avenida Nossa Senhora da Vitória  (Parque Vitória).

Com o projeto inicial apresentado e não concluído na gestão do ex-prefeito Tadeu Palácio (2002-2008), a obra, que também foi pauta na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), estende-se até a atual administração, apesar dos trabalhos estarem incluídos nos quase 8 milhões enviados pelo Governo Federal para a Prefeitura, em outubro de 2013.

Na ocasião, Wellington relembrou a visita do atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), ao local da suposta obra, em outubro de 2013, na qual afirmou que concluiria a obra nos primeiros meses de 2014. O parlamentar indagou, ainda, sobre o destino dos recursos da obra.

“Já se passaram 10 anos e a população sente-se enganada com as promessas não cumpridas. O atual prefeito também fez o lançamento da obra em outubro de 2013 e ontem voltou a lançar a construção da ponte. A mesma ponte construída duas vezes? Ou a ponte fantasma agora será de fato construída? E os recursos de 2013 para a construção? Espero que essa obra possa realmente ser concluída e que não fiquemos no plano das ideias e da enganação. A população de São Luís espera uma resposta e que a Ponte seja realmente construída”, pontuou.

DSC_0126

Saiba mais

Fotos: A ponte fantasma da prefeitura de São Luís

Eleitora do prefeito Edivaldo Holanda se revolta e retira placa com propaganda enganosa da prefeitura de São Luís

Obra anunciada em 2013 por Edivaldo Holanda é anunciada de novo em 2015